22 de outubro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais

Notícias

As regiões administrativas de São Sebastião e Sobradinho serão as anfitriãs, neste sábado (16), da quarta e da quinta oficinas temáticas da revisão do Plano Diretor de Ordenamento Territorial (Pdot), para debater o futuro do Distrito Federal.

 

A primeira oficina será em São Sebastião, das 8h30 ao meio-dia, no Centro Educacional São Francisco. Mais conhecido como CED Chicão, a unidade escolar fica localizada na quadra 17, lote 100, São Francisco. Já a segunda reunião será das 14h30 às 18h, no Ginásio de Esportes de Sobradinho I, localizado na quadra 2 Área Especial 3.

 

Ao todo, poderão participar moradores de oito regiões administrativas. No Centro Educacional São Francisco são convidados os habitantes do Paranoá, Jardim Botânico, Itapoã e São Sebastião. No Ginásio de Esportes, são esperados os moradores de Planaltina, Fercal, Sobradinho e Sobradinho II.

 

As reuniões vão ocorrer tanto de forma presencial como virtual. As inscrições para participar pessoalmente já estão disponíveis no portal do Pdot, preenchendo o formulário com nome, CPF, e-mail para contato e a cidade onde mora. Devido a pandemia, a quantidade de participantes presenciais será limitada a 100 pessoas para cada oficina, em respeito às regras de distanciamento social.

 

Já o debate virtual será feito pela plataforma Zoom. Ele ocorrerá simultaneamente ao presencial e será transmitido pelo canal no Youtube da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh), chamado Conexão Seduh. O link estará disponível no portal do Pdot no dia do evento.

 

A ideia é a população discutir os principais desafios enfrentados em sua cidade, com atividades e questionamentos que serão propostos aos participantes. O objetivo é ouvir a comunidade de cada local, discutindo as problemáticas, assim como os pontos positivos de cada região, para que possam ser trabalhados pela Seduh na elaboração da revisão do Pdot.

 

Mais de 300 pessoas participaram das três últimas oficinas temáticas, tanto de forma presencial como virtual. As discussões trataram de temas como a pressão da área urbana sobre o setor rural; a potencialidade do Polo de Modas do Guará para a geração de emprego e renda; e a possibilidade de regularização de locais como a Vila dos Carroceiros, em Santa Maria, por exemplo.

 

Regras

 

Os inscritos para a reunião presencial deverão se apresentar no local com seu documento de identificação antes do início da reunião. Faltando 15 minutos para começar o evento, serão liberados os lugares não ocupados pelos inscritos para aqueles que não fizeram inscrição prévia.

 

Não será ultrapassado o número total permitido nas oficinas presenciais, em cumprimento às regras sanitárias contra a Covid-19.

 

Os não inscritos deverão pegar senha no local e se manterem em fila para o caso de serem convidados para preencher uma vaga. Neste caso, será feita uma chamada por senha, que se não for atendida, seguirá para a próxima e, assim, sucessivamente.

 

Oficinas

 

Ao todo, serão sete oficinas temáticas organizadas pela Seduh, sempre aos sábados, nos períodos da manhã e tarde. A primeira já foi realizada em Santa Maria. Elas são promovidas em uma Região Administrativa que representa um grupo de cidades, intitulada Unidade de Planejamento Territorial (UPT).

 

A expectativa é que a Administração Regional de cada UPT também disponibilize uma sala onde será transmitida online a reunião, para aqueles que não puderem ir presencialmente.

 

 

 

A campanha VEM BRINCAR COMIGO 2021 está de volta! 

O objetivo da campanha é fazer o Dia das Crianças mais feliz. Para isso, entre os dias 30 de agosto e 30 de setembro, serão arrecadados brinquedos e livros infantis nas Administrações Regionais, Batalhões do Corpo de Bombeiros, Palácio do Buriti e anexo, Secretarias e órgãos do GDF, bem como na sede da Defesa Civil do DF.

Cada brinquedo ou livro doado cumprirá sua função social levando esperança para as nossas crianças. Faça você também dessa corrente do bem! Importante lembrar que doação não é descarte. Portanto, selecione brinquedos e livros em condições de serem utilizados. Ainda, higienizem os brinquedos e acondicionem em sacolas plásticas transparentes para facilitar a identificação.
 

Cuidar das nossas crianças é cuidar do nosso futuro. Faça você também a diferença!

O Detran-DF apresenta o 2º prêmio Detran de Educação de Trânsito. O prêmio é um concurso cultural que visa incentivar o trânsito seguro e estimular o desenvolvimento de boas práticas nas vias públicas, de forma lúdica e interativa. A segunda edição irá premiar 17 categorias, o que permitirá a participação de toda a comunidade do Distrito Federal, de forma que cada um possa contribuir na promoção da cidadania no trânsito.

Neste sentido, serão avaliados os trabalhos das categorias: Educação Infantil, Ensino Fundamental (1º ao 3º ano), Ensino Fundamental (4º ao 5º ano), Ensino Fundamental (6º ao 7º ano), Ensino Fundamental (8º ao 9º ano), Ensino Médio, Educação de Jovens e Adultos – EJA, Educação Especial, Universitários, Terceira Idade, Educador, Instrutor de Trânsito, Motociclista, Condutor, Ciclista, Jogo Educativo, Animação e Melhor Instituição de Ensino.

Contudo, o Detran-DF irá premiar os selecionados em 1º, 2º e 3º lugar de cada categoria com os valores de R$ 6.000,00, R$ 4.000,00 e R$ 3.000,00, respectivamente. Ainda serão premiadas duas instituições de ensino: uma pública e uma privada, que alcançarem a maior pontuação após o somatório das notas dos trabalhos entregues pelos alunos. Nesta categoria, a premiação será no valor de R$ 10.000,00.

As informações completas podem ser consultadas no edital que está disponível no site do Detran/DF, na aba Educação, ou diretamente clicando aqui.

Cidade é a quarta a receber ação itinerante da Setur-DF.  Inauguração do Centro de Atendimento ao Turista (CAT), fomento à economia criativa e criação do Conselho Regional do Turismo Sustentável estão entre as ações 

Única cidade do Distrito Federal a ser criada sobre uma serra, a 22 quilômetros do centro da capital, Sobradinho é região repleta de opções de turismo rural, de aventura e gastronômico.  Para aperfeiçoar a conexão do turista que visita Brasília com a chamada cidade-arte, além de estimular iniciativas para impulsionar o setor, a Secretaria de Turismo do DF (Setur-DF) promove, nesta quarta-feira (28/4), o Turismo em Ação. A quarta edição do programa será marcada pela inauguração do Centro de Atendimento ao Turista (CAT) e pela criação do Conselho Regional do Turismo Sustentável de Sobradinho. 

De forma pioneira e itinerante, desde o início de abril, a Setur-DF tem levado às regiões administrativas representantes de todas as subsecretarias e coordenações da pasta para realização de um trabalho integrado com as administrações regionais e lideranças locais. Objetivo é evidenciar as vocações de cada cidade por meio de mapeamento, diagnósticos e estruturação de ações. 

 “O DF possui um imenso acervo de riquezas naturais, históricas e culturais guardados em torno da capital. Desde parques ecológicos, feiras populares, monumentos, praças, a outras agradáveis surpresas que representam as tradições e histórias dessas regiões. Uma das missões da Setur-DF é justamente estruturar e qualificar esses destinos. No programa Turismo em Ação revelamos não só os atrativos, mas a capacidade de geração de emprego do setor dentro da cidade. É o novo olhar do turismo que o nosso governo tem, como nenhum outro”, ressalta a secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça. 

A inauguração do CAT Sobradinho dará início a uma série de agendas públicas e visitas técnicas realizadas, na quarta-feira (28/4), pela Setur-DF. Localizado na Administração Regional da cidade, o novo espaço seguirá os padrões dos outros CATs existentes na capital, com atendimento em todos os dias da semana, inclusive feriados e finais de semana, das 9h às 18h.  

Para o administrador regional Eufrásio Pereira da Silva, a criação de um Centro de Atendimento ao Turista (CAT) vai ao encontro do desejo da cidade, que se prepara para ser um polo de desenvolvimento no DF. “Estamos entre as cidades com a melhor qualidade de vida e queremos aliar isso ao crescimento econômico. Os investimentos que estão sendo feitos pelo GDF no setor serão fundamentais para a geração de empregos e renda. E o CAT, além de atrair mais turistas, vai contribuir para o trabalho de todos aqueles que trabalham para o desenvolvimento do turismo na cidade”, disse. 

A segunda parada do Turismo em Ação será no Parque Ecológico dos Jequitibás, ponto de encontro tradicional e muito querido pelos moradores de Sobradinho. Visitas técnicas serão realizadas com objetivo de conhecer potenciais do parque, que conta com 11 hectares e oferece ao público trilha ecológica, anfiteatro, pista de skate, parquinho infantil e teatro de arena para apresentações culturais, além de atribuições ecológicas.

Fomento ao turismo rural 
A Setur-DF também realizará visitas técnicas a pontos turísticos e a propriedades que fazem do turismo rural uma alternativa econômica e de desenvolvimento social, como o Rancho Canabrava, a Chácara AAVESTRUK e o restaurante Trem da Serra, considerado um pedacinho da roça no alto do Cerrado. 

Em Sobradinho, a Setur-DF já desenvolveu a Rota do Cavalo, que visa estimular o potencial turístico do núcleo rural da região. O local abriga haras, ranchos, restaurantes com comidas típicas, lojas de artesanato, fazendas, centros de hipismo distribuídos ao longo da DF-440. “A Rota do Cavalo possui uma enorme vocação turística que eleva o patamar da nossa oferta no segmento rural e pretendemos potencializar a região para se tornar o maior polo de Turismo Rural do DF”, afirma a secretária de Turismo do DF. 

A proposta é continuar impulsionando ainda mais esse segmento turístico no DF. Levantamento divulgado pelo Sindicato do Turismo Rural e Ecológico do DF e Entorno (Ruraltur) aponta que o turismo rural já teve aumento de 50% nos últimos meses na capital e a expectativa é de um crescimento ainda maior em 2021, uma vez que a procura por esse tipo de turismo, que envolve o contato com a natureza, saúde e bem-estar, é uma tendência global. 

Dentre as iniciativas promovidas pelo Turismo em Ação para fomentar o setor na região está o acesso a serviços de fomento como os benefícios do Fundo Geral do Turismo (Fungetur), que estabeleceu uma linha de crédito histórica junto ao Banco de Brasília (BRB), instituição financeira responsável por operar o repasse de R$ 521 milhões feito pelo Ministério do Turismo.

O principal objetivo é injetar dinheiro em empreendimentos do setor e incorporá-los no Sistema de Cadastro de Pessoas Físicas e Jurídicas que atuam no turismo, o Cadastur. A inscrição garante diversas vantagens e oportunidades de negócios aos seus cadastrados como incentivo a participar de programas e projetos do governo federal, participação em programas de qualificação promovidos e apoiados pelo Ministério do Turismo, além de apoio em eventos, feiras e ações.

Carteira Nacional do Artesão
Na ocasião também serão cumpridas agendas públicas na Administração Regional de Sobradinho onde serão entregues 22 primeiras vias e renovações da Carteira Nacional do Artesão. Em Sobradinho, 432 profissionais são credenciados.

O documento habilita o artesão para trabalhar legalmente em todo o Brasil e oferece ainda a possibilidade de participação em eventos locais, nacionais e internacionais. “Entre 2019 e 2020, emitimos 1.466 novas carteiras e renovamos 725 em todo o DF, mas queremos muito mais em 2021. Fizemos um trabalho de reestruturação do artesanato, abrimos lojas em shopping para expor produtos, o que impulsionou vendas e poder econômico de milhares de famílias”, destaca Vanessa Mendonça. 

Conselho do Turismo
A criação do Conselho Regional do Turismo Sustentável da Região Administrativa de Sobradinho será discutida em reunião com representantes da sociedade civil, empresários e representantes do governo. O Conselho, quando instituído por decreto, terá papel de desenvolver ações de conscientização turística e ambiental, contribuir para a formação e capacitação de profissionais que atuam no setor turístico, bem como intervir para captação de investimentos. “A atividade turística deve ser vista como um vetor econômico pela vocação as cidades do DF têm para atrair investimentos e gerar emprego e renda. São mais de 50 atividades que o segmento abarca. O turismo tem o poder, como poucos segmentos da economia, de resolver o problema do desemprego de maneira criativa”, ressalta a secretária de Turismo. 

Parceiro do programa, o deputado distrital João Cardoso acompanhará a secretária Vanessa Mendonça em agendas públicas na cidade. Para o parlamentar, o Turismo em Ação irá promover ações de estruturação e qualificação do turismo na região serrana. “Sobradinho é uma cidade singular, com espaços planejados, inclusive para promoção da cultura e turismo local, como a Rota do Cavalo; restaurantes do circuito do turismo rural e o famoso Polo de Cinema e Vídeo Grande Otelo, que é de desejo de todos que receba investimentos para geração de emprego e fomento da economia local”, avalia Cardoso.

Cidade é a quarta a receber ação itinerante da Setur-DF.  Inauguração do Centro de Atendimento ao Turista (CAT), fomento à economia criativa e criação do Conselho Regional do Turismo Sustentável estão entre as ações 

Única cidade do Distrito Federal a ser criada sobre uma serra, a 22 quilômetros do centro da capital, Sobradinho é região repleta de opções de turismo rural, de aventura e gastronômico.  Para aperfeiçoar a conexão do turista que visita Brasília com a chamada cidade-arte, além de estimular iniciativas para impulsionar o setor, a Secretaria de Turismo do DF (Setur-DF) promove, nesta quarta-feira (28/4), o Turismo em Ação. A quarta edição do programa será marcada pela inauguração do Centro de Atendimento ao Turista (CAT) e pela criação do Conselho Regional do Turismo Sustentável de Sobradinho. 

De forma pioneira e itinerante, desde o início de abril, a Setur-DF tem levado às regiões administrativas representantes de todas as subsecretarias e coordenações da pasta para realização de um trabalho integrado com as administrações regionais e lideranças locais. Objetivo é evidenciar as vocações de cada cidade por meio de mapeamento, diagnósticos e estruturação de ações. 

 “O DF possui um imenso acervo de riquezas naturais, históricas e culturais guardados em torno da capital. Desde parques ecológicos, feiras populares, monumentos, praças, a outras agradáveis surpresas que representam as tradições e histórias dessas regiões. Uma das missões da Setur-DF é justamente estruturar e qualificar esses destinos. No programa Turismo em Ação revelamos não só os atrativos, mas a capacidade de geração de emprego do setor dentro da cidade. É o novo olhar do turismo que o nosso governo tem, como nenhum outro”, ressalta a secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça. 

A inauguração do CAT Sobradinho dará início a uma série de agendas públicas e visitas técnicas realizadas, na quarta-feira (28/4), pela Setur-DF. Localizado na Administração Regional da cidade, o novo espaço seguirá os padrões dos outros CATs existentes na capital, com atendimento em todos os dias da semana, inclusive feriados e finais de semana, das 9h às 18h.  

Para o administrador regional Eufrásio Pereira da Silva, a criação de um Centro de Atendimento ao Turista (CAT) vai ao encontro do desejo da cidade, que se prepara para ser um polo de desenvolvimento no DF. “Estamos entre as cidades com a melhor qualidade de vida e queremos aliar isso ao crescimento econômico. Os investimentos que estão sendo feitos pelo GDF no setor serão fundamentais para a geração de empregos e renda. E o CAT, além de atrair mais turistas, vai contribuir para o trabalho de todos aqueles que trabalham para o desenvolvimento do turismo na cidade”, disse. 

A segunda parada do Turismo em Ação será no Parque Ecológico dos Jequitibás, ponto de encontro tradicional e muito querido pelos moradores de Sobradinho. Visitas técnicas serão realizadas com objetivo de conhecer potenciais do parque, que conta com 11 hectares e oferece ao público trilha ecológica, anfiteatro, pista de skate, parquinho infantil e teatro de arena para apresentações culturais, além de atribuições ecológicas.

Fomento ao turismo rural 
A Setur-DF também realizará visitas técnicas a pontos turísticos e a propriedades que fazem do turismo rural uma alternativa econômica e de desenvolvimento social, como o Rancho Canabrava, a Chácara AAVESTRUK e o restaurante Trem da Serra, considerado um pedacinho da roça no alto do Cerrado. 

Em Sobradinho, a Setur-DF já desenvolveu a Rota do Cavalo, que visa estimular o potencial turístico do núcleo rural da região. O local abriga haras, ranchos, restaurantes com comidas típicas, lojas de artesanato, fazendas, centros de hipismo distribuídos ao longo da DF-440. “A Rota do Cavalo possui uma enorme vocação turística que eleva o patamar da nossa oferta no segmento rural e pretendemos potencializar a região para se tornar o maior polo de Turismo Rural do DF”, afirma a secretária de Turismo do DF. 

A proposta é continuar impulsionando ainda mais esse segmento turístico no DF. Levantamento divulgado pelo Sindicato do Turismo Rural e Ecológico do DF e Entorno (Ruraltur) aponta que o turismo rural já teve aumento de 50% nos últimos meses na capital e a expectativa é de um crescimento ainda maior em 2021, uma vez que a procura por esse tipo de turismo, que envolve o contato com a natureza, saúde e bem-estar, é uma tendência global. 

Dentre as iniciativas promovidas pelo Turismo em Ação para fomentar o setor na região está o acesso a serviços de fomento como os benefícios do Fundo Geral do Turismo (Fungetur), que estabeleceu uma linha de crédito histórica junto ao Banco de Brasília (BRB), instituição financeira responsável por operar o repasse de R$ 521 milhões feito pelo Ministério do Turismo.

O principal objetivo é injetar dinheiro em empreendimentos do setor e incorporá-los no Sistema de Cadastro de Pessoas Físicas e Jurídicas que atuam no turismo, o Cadastur. A inscrição garante diversas vantagens e oportunidades de negócios aos seus cadastrados como incentivo a participar de programas e projetos do governo federal, participação em programas de qualificação promovidos e apoiados pelo Ministério do Turismo, além de apoio em eventos, feiras e ações.

Carteira Nacional do Artesão
Na ocasião também serão cumpridas agendas públicas na Administração Regional de Sobradinho onde serão entregues 22 primeiras vias e renovações da Carteira Nacional do Artesão. Em Sobradinho, 432 profissionais são credenciados.

O documento habilita o artesão para trabalhar legalmente em todo o Brasil e oferece ainda a possibilidade de participação em eventos locais, nacionais e internacionais. “Entre 2019 e 2020, emitimos 1.466 novas carteiras e renovamos 725 em todo o DF, mas queremos muito mais em 2021. Fizemos um trabalho de reestruturação do artesanato, abrimos lojas em shopping para expor produtos, o que impulsionou vendas e poder econômico de milhares de famílias”, destaca Vanessa Mendonça. 

Conselho do Turismo
A criação do Conselho Regional do Turismo Sustentável da Região Administrativa de Sobradinho será discutida em reunião com representantes da sociedade civil, empresários e representantes do governo. O Conselho, quando instituído por decreto, terá papel de desenvolver ações de conscientização turística e ambiental, contribuir para a formação e capacitação de profissionais que atuam no setor turístico, bem como intervir para captação de investimentos. “A atividade turística deve ser vista como um vetor econômico pela vocação as cidades do DF têm para atrair investimentos e gerar emprego e renda. São mais de 50 atividades que o segmento abarca. O turismo tem o poder, como poucos segmentos da economia, de resolver o problema do desemprego de maneira criativa”, ressalta a secretária de Turismo. 

Parceiro do programa, o deputado distrital João Cardoso acompanhará a secretária Vanessa Mendonça em agendas públicas na cidade. Para o parlamentar, o Turismo em Ação irá promover ações de estruturação e qualificação do turismo na região serrana. “Sobradinho é uma cidade singular, com espaços planejados, inclusive para promoção da cultura e turismo local, como a Rota do Cavalo; restaurantes do circuito do turismo rural e o famoso Polo de Cinema e Vídeo Grande Otelo, que é de desejo de todos que receba investimentos para geração de emprego e fomento da economia local”, avalia Cardoso.

Depositar lixo e resto de obras em locais públicos é ilegal e o infrator está sujeito à multa.

Além de causar danos ao meio ambiente e sujar a cidade, esse tipo de ação coloca em risco a saúde dos moradores.

Visto que, no período de chuvas, esses dejetos acumulam água, que colabora com a proliferação do mosquito da Dengue.

Escorpiões, lacraias e outras peçonhas também encontram ambiente favorável. 

A Administração Regional de Sobradinho, em parceria com SLU e Novacap,

tem recolhido toneladas de lixo e entulhos, a fim de minimizar os danos ao meu ambiente e à cidade.

“Quem constrói precisa providenciar a retirada das sobras”, falou o administrador regional, Eufrasio Pereira da Silva”.

Ele propôs uma mudança de mentalidade daqueles que não pensam no bem estar da coletividade.

“Todos ganham com a solidariedade. Além de manter a cidade bonita e segura,

os recursos investidos na retirada de materiais das áreas públicas podem ser empregados em outras obras requeridas pelos moradores”. 

Donativos para atingidos pela pandemia

Administração Regional é premiada por alcançar 100% em transparência. Essa é uma conquista de todos moradores.

Decreto

A gente faz por você

Administrador empossado como presidente

Operação Tapa Buracos

AJUDAH - SISTEMA DE AJUDA HUMANITÁRIA

Donativos para quem precisa.

Cadastre-se na Administração Regional.

Estudantes e professores da escola Sítio das Araucárias terão asfalto até porta da escola

Governo do Distrito Federal, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem (DER/DF), autorizou a pavimentação de 6,1 quilômetros da DF-440, no trecho entre o condomínio RK e a Rota do Cavalo, região rural de Sobradinho. A decisão foi tomada em reunião com o governador Ibaneis Rocha na tarde desta quinta-feira (24/9).

O projeto, que já está em fase de conclusão para ser licitado, faz parte do programa Caminho das Escolas, do GDF. A ação pretende levar asfalto à porta de todas as unidades de ensino da área rural do Distrito Federal. No próximo trecho pavimentado serão beneficiados os alunos da Escola Classe (EC) Santa Helena, em Sobradinho. Fundada em 1964, a unidade de ensino é uma das mais antigas da região.

Por lá, pelo menos 130 crianças, além do corpo docente e do núcleo administrativo, enfrentam problemas diários como a lama no período das chuvas e, na seca, a poeira. Esta, inclusive, é responsável por diversos problemas respiratórios desenvolvidos em alunos e professores.

“É uma reivindicação antiga da população e nossa expectativa é passar por todos os trâmites legais e iniciarmos as obras até o final do ano”, afirma o diretor do DER/DF, Fauzi Nacfur.

Isabel Cristina dos Reis é diretora da EC Santa Helena. Aos 56 anos, a unidade de ensino sempre enfrentou diversos contratempos, principalmente no período de chuvas. Isabel dá seu testemunho.

O ônibus que transporta os alunos da área rural atolava frequentemente. Houve até ocasiões em que o veículo não conseguiu levar as crianças de volta para casa. “Será a concretização de um pedido e de uma espera de muitos anos”, diz a diretora, aliviada.

Condomínios e chácaras

Mas não só a comunidade escolar será beneficiada. Quem também ganha com o asfalto são os donos de chácara da região e os 8 mil moradores do condomínio RK. O trecho de terra começa na porta do residencial.

Depois de asfaltado, o caminho vai garantir comodidade a quem sai e chega em casa. Além disso, servirá como uma alternativa para quem sai de Sobradinho rumo ao Paranoá, até chegar à DF-440.

“Será uma benfeitoria que vai trazer vários ganhos, inclusive na saúde das pessoas e na valorização dos nossos imóveis”, aposta o síndico do RK, Paulo Alves.

Com o objetivo de arrecadar brinquedos e livros infantis para doá-los a crianças em situação de vulnerabilidade, o Governo do Distrito Federal preparou a campanha “Vem Brincar Comigo”.

"A Administração Regional de Sobradinho está engajada neste projeto e é um dos pontos de arrecadação. Tanto que na próxima quarta-feira, dia 30, haverá um drive-thru na própria administração, das 9h às 17h. É rápido e fácil. A pessoa entra com o carro por um lado da administração, entrega a doação a um servidor que estará na porta, e sai pelo outro lado", explica o Administrador de Sobradinho, Coronel Nascimento.

De acordo com o Administrador, "vamos mostrar que Sobradinho tem uma população extremamente solidária neste momento de crise. O Dia das Crianças está chegando e não pode ser deixado de lado de modo algum".

A campanha é uma ação social idealizada pela primeira-dama, Mayara Noronha Rocha e desenvolvida sob a coordenação da Subchefia de Políticas Sociais e Primeira Infância, com apoio da Secretaria de Governo e dos demais órgãos do GDF, e visa a proporcionar momentos marcantes para todas as crianças beneficiadas.

TOME NOTA:

● DRIVE-THRU DA CAMPANHA "VEM BRINCAR COMIGO" NA ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SOBRADINHO

● QUARTA-FEIRA, DIA 30 DE SETEMBRO

● DAS 9H ÀS 17H

Vamos participar e fazer a doação!!!

As primeiras chuvas, conhecidas como as chuvas da primavera, já começaram. Com elas, a preocupação com a dengue aumenta relativamente, pois é no período chuvoso que o mosquito Aedes aegypti se prolifera e os casos da doença sobem.

“Estamos no período interepidêmico, que antecede as chuvas. O período chuvoso contínuo geralmente começa em meados de outubro. Por isso, faz-se necessário que a população redobre a atenção e os cuidados com suas propriedades e com a vizinhança. Não jogue lixo, entulhos ou inservíveis na rua, em terrenos baldios, esquinas ou áreas verdes. É necessário eliminar qualquer local que possa acumular água”, alerta o gerente de campo de vetores e animais peçonhentos, da Vigilância Ambiental, Reginaldo Braga.

De acordo com ele, a fêmea do mosquito Aedes aegypti, que é vetor, coloca seus ovos até um ano antes do início das chuvas, e esses ovos podem durar cerca de 575 dias esperando água, para assim, iniciar o ciclo de vida aquática e gerar os futuros mosquitos.

“Cada um deve dedicar pelo menos uns dez minutos por semana para inspecionar seu quintal, retirar lixo, entulho ou qualquer material que possa acumular água e se tornar um criadouro do mosquito da dengue. É bom redobrar a atenção observando calhas, garagens, sótãos e jardins”, reitera.

Reginaldo informa também que é de extrema importância que os moradores recebam os agentes da Vigilância Ambiental nas visitas e inspeções domiciliares, para ouvir as orientações específicas a cada imóvel e situação encontrada.

LIXO E ENTULHO – A população também deve evitar o despejo de lixo e entulhos em locais impróprios, pois esses podem se tornar depósitos de água – ambiente ideal para as fêmeas do Aedes depositarem ovos no ciclo reprodutivo.

O mosquito Aedes aegypti pode transmitir as seguintes arboviroses: zika, febre chikungunya e a principal delas, a dengue, que em casos mais graves pode matar.

De acordo com o último boletim epidemiológico, o DF registrou 44.685 casos de dengue em 2020. Já as outras doenças causadas pelo mosquito Aedes aegypti, o informativo mensal aponta que o DF registrou 184 casos prováveis de chikungunya, 37 de Zika e nenhum caso de febre amarela.

*Com informações da Secretaria de Saúde

Evento será na próxima quarta-feira (23 de setembro), a partir das 15h no canal do Youtube da Controladoria-Geral do DF

Na próxima quarta-feira (23 de setembro) ocorrerá a segunda edição da Live “Café com Governança e Compliance”, que discutirá o tema “Governança pública: avanços e perspectivas para o GDF”. O evento organizado pela Controladoria-Geral do Distrito Federal (CGDF) conta com o apoio da Escola de Governo do DF e será transmitido às 15h, ao vivo, pelo Youtube da CGDF (TV Controladoria DF).

O evento virtual que fez sucesso na primeira edição, contará com as contribuições da subcontroladora de Governança e Compliance, Joyce de Oliveira e será mediado pela coordenadora de Governança da CGDF, Grice Araújo. Para o debate, a Controladoria convidou Humberto Falcão Martins que é doutor em Administração pela FGV e professor de dedicação exclusiva da Fundação Dom Cabral na área de gestão pública. É autor de mais de 130 publicações, incluindo 20 livros, além de ser palestrante, conselheiro de empresas e ONGs e consultor de organismos internacionais.

O Distrito Federal foi um dos primeiros entes da federação a implementar a política de governança, publicada no Diário Oficial logo no início da gestão do atual governo (confira aqui). Por isso, os participantes do “Café com Governança e Compliance” farão uma breve análise sobre as transformações da administração pública e os avanços aguardados para o futuro.

Para a subcontroladora de Governança e Compliance da CGDF, Joyce de Oliveira, “a live é um espaço democrático para falar sobre temas que muitas vezes ficam restritos a profissionais que atuam na área”. Ela destaca a importância de deixar a sociedade consciente de que os mecanismos de governança são reais e aplicados. “No fim das contas, a governança gera resultado na entrega que a administração pública faz à sociedade”, complementa.

Serão discutidos na live os impactos da implementação da governança, que cuida diretamente de transformações nos processos da administração pública, programas estratégicos e de integridade, o monitoramento da performance e na gestão de riscos. “A governança tem essa conotação norteadora, que aponta para um caminho a ser seguido para garantir a efetividade nas entregas da gestão e constante melhoria no desenvolvimento institucional do órgão. É um caminho de transformação, que exige de toda a administração pública a reflexão sobre o que precisa ser melhorado junto as ações estratégicas que garantam além da integridade a construção de boas práticas de governança”, complementa a coordenadora de Governança, Grice Araújo.

Vice-diretora da Escola de Governo, Juliana Tolentino destacou a importância do evento e complementou afirmando que “a Escola de Governo é uma entusiasta de projetos como este, é muito gratificante apoiar e fazer parte dessa iniciativa”.

SERVIÇO

Live “Café com Governança e Compliance”

Tema: “Governança pública: avanços e perspectivas para o GDF”

Data: 23/09/2020

Horário: 15h

Transmissão: Youtube da CGDF – TV CONTROLADORIA DF

 

Participantes:

Joyce Chagas de Oliveira – Subcontroladora de Governança e Compliance da CGDF

Convidado:

Humberto Falcão Martins é doutor em Administração pela FGV e professor de dedicação exclusiva da Fundação Dom Cabral na área de gestão pública. É autor de mais de 130 publicações, incluindo 20 livros, além de ser palestrante, conselheiro de empresas e ONGs e consultor de organismos internacionais.

Mediação – Grice Araújo – Coordenadora de Governança da CGDF

Em 240 dias, programa reuniu números grandiosos de ações nas 33 regiões administrativas. Confira o que foi feito. Vem muito mais por aí

Problemas rapidamente resolvidos, comunidade satisfeita e cidades bem-cuidadas se tornaram marca do governo local desde que o GDF Presente começou a funcionar. Com ações diárias, o programa acumula números grandiosos. Apenas em 2020, nos 240 dias transcorridos entre 1º de janeiro e 18 de agosto, as equipes recolheram 49.501 toneladas de entulho das ruas – o equivalente ao peso de 8.250 elefantes.

Além disso, os serviços avançaram pelas 33 regiões administrativas (RAs) tapando 71% dos buracos identificados. Com apoio da Companhia Energética de Brasília (CEB), mais de 5,126 lâmpadas convencionais foram trocadas pelas de LED. Graças ao programa, 14.146 metros de redes de águas pluviais foram desobstruídos, construídos ou reconstruídos, enquanto 4.095 bocas de lobo passaram por limpeza ou reparos. Quer mais? Tem muito mais. O GDF Presente, nesse período, também foi o responsável pela poda de 31.554 árvores.

Envolvendo o trabalho de 13  órgãos do governo, o programa tem como diferencial descentralizar trabalhos para agilizar soluções de demandas das administrações regionais. “[O GDF Presente] já se consolidou como um instrumento de atendimento às demandas emergenciais do cidadão”, avalia o secretário de Governo, José Humberto Pires, responsável pela coordenação dos serviços. “Não adianta o governo trabalhar se não tiver a visão de atender o morador lá na cidade dele”.

Para o secretário, três características garantem o sucesso da iniciativa. A primeira é a oitiva da comunidade, para entender o que precisa ser feito em cada cidade. A seguir, vem o envolvimento de órgãos que prestam serviços diferentes para a comunidade, pois se trata de um trabalho conjunto. A outra especificidade é o reforço nos equipamentos que executam os serviços demandados – o GDF Presente conta com 112 caminhões e máquinas.

“Nós criamos o e-cidades, um aplicativo que o cidadão pode acessar e fazer a demanda dele; fazemos o monitoramento de todas as ouvidorias das RAs e da central do governo e temos uma resolutividade que passa dos 75%”, ressalta José Humberto.

Buracos em extinção

Uma das ações prioritárias são as operações tapa-buracos. Dos 13.861 buracos identificados em todas as cidades do DF, 9.891 foram tapados pelas equipes do GDF Presente. Só neste ano, foram 35.442 toneladas de massa asfáltica para a atuação dos sete polos do programa.

No Gama, a administração declarou guerra aos buracos e as equipes do Polo Sul receberam, em dez dias, 150 toneladas de massa asfáltica para acelerar o trabalho. Em São Sebastião, a meta é chegar ao buraco zero até o dia 15. Já estão quase lá, pois 90% dos serviços foram executados. “Essa é nossa principal demanda”, afirma o administrador da cidade, Alan Valim. “O GDF Presente deu um dinamismo muito grande às ações da administração. A gente vê como a cidade melhorou”.

A Administração do Gama mapeou 1.990 buracos, mas a administradora da cidade, Joseane Monteiro, moradora desde 1997, enumera outras melhorias que o GDF promoveu. “O Detran pintou faixas de pedestre, o SLU pintou meios-fios, conseguimos fazer a manutenção dos pontos de encontro comunitários (PECs), recolhemos entulho. O Gama agora é uma cidade limpa e bem-cuidada”, comemora.

Batalha contra o lixo

Em Ceilândia, a maior cidade do DF, a luta é contra o lixo. Lá, além de jogarem entulho em áreas de transbordo irregular, carroceiros e até mesmo alguns moradores despejam os volumes em qualquer terreno vazio – e também em cima das calçadas. “Fazemos operações de limpeza constantemente na cidade, cercamos lotes vazios e indicamos locais adequados para o descarte”, informa o administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí.

A dinâmica desse trabalho inclui a comunicação direta com o público. “Também fazemos ações de conscientização e de fiscalização”, conta. Segundo Piauí, a zeladoria da cidade conta com uma equipe de cerca de 40 pessoas da administração, quantitativo que, com o reforço do GDF Presente, obtém bons resultados. “A equipe sozinha não conseguiria, pois a cidade é muito grande”, diz.

Preparo para as chuvas

Nesse momento, a cerca de duas semanas do início das chuvas no DF, o GDF Presente empreende uma força-tarefa para desobstruir as bocas de lobo das cidades e evitar os alagamentos. Na última semana, os trabalhos foram feitos no Plano Piloto, em Samambaia, no Cruzeiro e em Vicente Pires. Agora, o mutirão atua na Asa Norte e em Samambaia, Estrutural, SIA, Sobradinho II e Itapoã.

A área rural tem sua própria unidade, com equipamentos da Secretaria de Agricultura (Seagri) e do Departamento de Estradas e Rodagem (DER). Em 240 dias, o Polo Rural patrolou 437 quilômetros de estradas rurais, fez melhorias em pátios de escolas e nas estradas de acesso e fez a drenagem de estradas de terra.

Conheça, abaixo, os polos por meio dos quais o GDF Presente empreende ações que levam melhorias a todas as regiões do DF.

Polo Central
Regiões: SCIA/Estrutural, SIA, Cruzeiro,  Guará, Granja do Torto e Sudoeste/Octogonal
Quantidade de equipamentos: 12

Polo Central Adjacente 1
Regiões: Plano Piloto, Lago Sul, Lago Norte, Taquari, e Varjão
Quantidade de equipamentos: 12

Polo Central Adjacente 2
Regiões: Candangolândia, Park Way, Núcleo Bandeirante, Águas Claras, Arniqueira e Vicente Pires
Quantidade de equipamentos: 9

Polo Oeste
Regiões: Brazlândia, Ceilândia, Samambaia e Taguatinga
Quantidade de equipamentos: 18

Polo Sul
Regiões: Gama, Recanto das Emas, Riacho Fundo I, Riacho Fundo II e Santa Maria
Quantidade de equipamentos: 12

Polo Leste
Regiões: Itapoã, Jardim Botânico, Paranoá e São Sebastião
Quantidade de equipamentos: 13

Polo Norte
Regiões: Fercal, Planaltina, Sobradinho e Sobradinho II
Quantidade de equipamentos: 12

Polo Rural
Quantidade de equipamentos: 24

(Agência Brasília)

 

A bacia de contenção de águas pluviais às margens da DF-440 começou a ser limpa pelo GDF Presente, em parceria com a Administração Regional de Sobradinho. Nesta quinta-feira (16), cinco toneladas de terra foram retiradas do fundo da vala próximo às comunidades do Condomínio Novo Oriente e do Núcleo Urbano Informal Dorothy Stang. Com assoreamento, a água transbordava e invadia residências. 

A limpeza é demanda frequente dos moradores. Administrador regional, Marcos Antônio Nascimento aponta que, por se tratar de uma região com população carente, o trabalho é muito importante por duas razões: “Evita presença e proliferação de vetores de diversas doenças, mas também é um trabalho preventivo e estratégico”, diz. 

“Se tratando de bacias de contenção, atuamos na seca pensando no período das chuvas. Elas atuam como uma barreira, que impede o escoamento da água para as casas que ficam nas comunidades adjacentes, protegem a vegetação próxima, além de evitar o desgaste do asfalto”, emenda o gestor.

Morador do Dorothy Stang desde a formação, o aposentado Reginaldo Conceição valoriza as melhorias feitas na região. “Eles estão trabalhando onde a água desce para o acampamento, o que melhora a nossa vida e das pessoas do outro condomínio”, observa. “Para nós é muito gratificante que vejam nossa necessidade. Já melhorou bastante”, destaca.

Planejamento  

Nesta quinta-feira (16), a Administração Regional de Sobradinho e Polo Norte do GDF Presente estabeleceram as prioridades na execução de serviços para a nova passagem do polo na cidade, menos de um mês após a última força-tarefa das equipes no local. A expectativa é que as equipes se esforcem nas ações de recuperação de vias e limpeza. 

O administrador de Sobradinho, Marcos Antônio Nascimento, reconhece que a força do polo é fundamental na cidade para realizar serviços, de pequeno a grande portes. “A demanda mais alta na cidade é de tapa-buraco. O asfalto em determinadas localizações está bem danificado. Em parceria, podemos reparar as vias”, afirma. 

As equipes iniciaram o trabalho de patrolamento em vias sem pavimentação na estrada de acesso à Pedreira Bracal, em outro ponto da DF-440. Além da laminação, foi feita retirada de areia, construção de saídas de água e alargamento da estrada. Tudo foi acompanhado pelo caminhão pipa, que reduz a poeira no local. Enquanto o GDF Presente trabalha com maquinário, a administração fornece brita, cascalho e areia. 

Outra ação essencial é o recolhimento de entulhos e lixos espalhados por vários pontos de Sobradinho. “Não podemos descuidar com o combate ao mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika [Aedes aegypti]. Estamos fazendo nossa parte e contamos com a colaboração da população”, pontua o administrador. Uma das áreas a ser enfrentada é o Polo de Cinema. A área, pública, é usada para depósito irregular de entulho. 


CONTRATOS VIGENTES

 

CONTRATO CAESB

Contrato nº 036932– RA -V

 

CONTRATO CEB

Contrato de Adesao nº 036931

 

CONTRATO DE TELEFONIA FIXA CONNEC
 

CONTRATO REAL JG SERVIÇOS GERAIS EIRELI

Contrato nº 40237/2019 – SEEC, nos termos do padrão Nº4 /2002.

 

CONTRATRO BRASFORT EMPRESA DE SEGURANÇA LTDA  (Parte 1)

CONTRATO BRASFORT EMPRESA DE SEGURANÇA LTDA (Parte 2)

Contrato nº 27/2017-SEPLAG. nos termos do padrão nº4 /2002

 

 

 

 

No dia em que completa 60 anos, Sobradinho recebeu de presente a entrega do novo Terminal Rodoviário.  Ampliada e totalmente reformada, a estação movimenta aproximadamente 28 mil passageiros por dia. Foram empregados recursos num total de R$ 6.360.677,58.

Ibaneis Rocha, governador do Distrito Federal destacou os esforços que o governo vem realizando para que a cidade não pare. “Estamos entregando e lançando obras, gerando empregos. Estamos fazendo isso para que a cidade saia com força depois da pandemia”, pontua. Antigo morador da cidade, o governador se declarou apaixonado pela cidade. “Sou apaixonado por essa cidade, aqui tem encanto. É uma imensa alegria estar aqui hoje entregando a rodoviária para a cidade e ver tudo que vem sendo feito pela melhora daqui”. O governador aproveitou a oportunidade e reforçou o desejo em iniciar as obras da construção do viaduto da entrada da cidade.

“Sobradinho ganha hoje um presente de aniversário”, comemorou o secretário de Transporte e Mobilidade, Valter Casimiro. “Para mim, morador da cidade e que sempre usou o terminal de Sobradinho, é uma satisfação entregar esse terminal. De presente, começamos operando com vários novos ônibus hoje. São mais de 200 novos ônibus que vão circular na cidade.”

Nascido cidade, o deputado João Cardoso relembrou a história de seu pai, que foi rodoviário e exaltou a importância da classe. “Fico feliz em participar deste momento. É o ponto principal de mobilidade da nossa cidade. E ao final, eu gostaria de uma salva de palmas, não para mim, mas para os rodoviários que diariamente transportam tantas vidas”.

Para o administrador de Sobradinho, não poderia ter data melhor para receber a obra finalizada. “Não poderíamos estar mais felizes e agradecidos por esse presente para Sobradinho. A cidade agora terá mais comodidade e acessibilidade para se locomover no novo terminal. Ao Governo do Distrito Federal, aos nossos secretários e deputados, minha eterna gratidão”, se emociona o administrador regional, Eufrásio Pereira da Silva.

Para realizar a entrega da estação, o administrador regional de Sobradinho recebeu o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, o vice-governador Paco Britto; o secretário de Transporte e Mobilidade, Valter Casimiro; o secretário de Governo, José Humberto Pires; o secretário de Obras, Luciano Carvalho; o diretor-geral do DER/DF, Fauzi Nacfur Júnior; o presidente da Novacap, Candido Teles; o presidente da Câmara do DF, Rafael Prudente; os deputados distritais, João Cardoso e Daniel Donizete; e a deputada federal, Celina Leão.

Com contribuições da Agência Brasília.

A partir da terça-feira, 28, os testes para detecção do coronavírus têm novo endereço: O ponto de atendimento será no estacionamento interno do Parque Jequitibás (Quadra 10/11 – ao lado do SESI). Os testes começam às 8 da manhã e finalizam às 17 horas. Os atendimentos serão no estilo drive-thru.

Para essa nova etapa, que atende as regiões administrativas há duas observações de extrema importância: é necessário que o paciente faça um cadastro no site e agende seu atendimento, para evitar longas filas; os testes são destinados às pessoas que apresentem algum sintoma da COVID-19 (gripe superior a sete dias, febre e tosse).

O novo ponto de atendimento receberá moradores de Sobradinho, Sobradinho II, Fercal e Planaltina.

O Cadastro

O cidadão deve entrar no site e fazer o cadastro. Após se cadastrar, receberá um e-mail confirmando o cadastramento, o qual deverá inserir a chave de ativação recebida. Feito isso, poderá seguir adiante com o agendamento. Um comprovante chegará, por e-mail, informando o local e hora do exame, e este deve ser apresentado no local.

Foto: Secretaria de Saúde.

Devido a pandemia causada pelo coronavírus, novas medidas foram adotadas e o isolamento social se tornou regra. Com isso, o atendimento à população passou a ser restrito e a Administração Regional de Sobradinho adotou novas formas de atendimento. Confira:

 

Protocolo:

Foi disponibilizado três canais para atendimento. Um telefone, um e-mail e um link onde você pode protocolar sua solicitação on-line. Vale ressaltar que pedidos como: podas de árvores, tapa- buracos, recolhimentos de lixos, entulhos e galhadas, denuncias, devem ser feitos via Ouvidoria Geral.

Para acessar o protocolo on-line, clique aqui.

Para dúvidas entre em contato: nuap@sobradinho.df.gov.br 

Gabinete

O atendimento no Gabinete acontece somente via telefone e e-mail.

Horário: 08 às 12h e 14h às 18h.

E-mail: gab@sobradinho.df.gov.br

Telefones: 3453-9101/9102

Ouvidoria

Solicitações, denúncia, reclamações devem ser feitas exclusivamente via Ouvidoria do Distrito Federal

Telefone: 162

Site: www.ouvidoria.df.gov.br

Diretoria de Aprovação e Licenciamento

Dúvidas sobre aprovação de projetos, viabilidade, alvarás.

Horário: 08 às 12h e 14h às 18h.

E-mail: johnattan.mata@sobradinho.df.gov.br

Telefone/Whatsapp: 61 3453-9120 e 98260-3782

Central de Aprovação de Projetos – CAP

Atendimento exclusivo on-line

Site: http://www.cap.seduh.df.gov.br/

Telefone:  61 3214-4153

Junta Militar

O alistamento militar é realizado exclusivamente pelo site: www.alistamento.eb.mil.br

Demais dúvidas, envie um e-mail para: jsm239delesp@gmail.com

Whatsapp: 61 99859-0851

Sala do Empreendedor

Micro empresários podem entrar em contato pelos contatos abaixo:

Contato: 61 99661-7367

E-mail: saladoempreendedorrav@gmail.com

Horário: 08 às 12h e 14h às 18h.

O isolamento social no Distrito Federal será prorrogado até o dia 3 de maio. A decisão consta de decreto do governador Ibaneis Rocha publicado em edição extra do Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) desta quarta-feira (1º). Segundo o chefe do Executivo, a medida visa conter a proliferação de casos de Covid-19, já que há uma previsão oficial do Ministério da Saúde de um pico nacional do número de novos registros em meados de abril.

Confira a íntegra do Decreto 40.583/2020

“No momento, o que temos para tratar a população do Distrito Federal é o isolamento social. Essa foi a medida adotada nos países onde as coisas deram certo”, avaliou Ibaneis.

A restrição no fluxo de pessoas nas ruas será ampliada também para escolas, faculdades e universidades. Neste caso, o governo optou por estender o fechamento dos estabelecimentos educacionais até o dia 31 de maio.

O novo decreto também flexibiliza o funcionamento do comércio destinado à alimentação e serviços essenciais. Os restaurantes e lanchonetes continuam atendendo apenas por serviços de delivery. Supermercados, padarias e lojas de conveniência podem comercializar seus produtos normalmente, vedado o consumo no interior dos estabelecimentos.

A grande novidade é para as feiras permanentes, que poderão reabrir a partir do dia 3 de abril para venda exclusiva de produtos alimentícios. “A gente tem de ir fazendo isto aos poucos, liberando alguns setores e reavaliando a cada momento as medidas”, destacou o governador Ibaneis.

Na avaliação dele, a quarentena está surtindo resultados muito positivos. “Agradecemos à população pela compreensão por todo o momento. Tenho certeza de que, seguindo nesse isolamento, vamos conseguir ultrapassar o segundo ciclo da doença com mais segurança”, concluiu.

Atividades suspensas até o dia 3 de maio:

– Eventos de qualquer natureza, que exijam licença do poder público;

– Eventos esportivos;

– Cinema e teatro;

– Academias;
– Museus;
– Zoológico;
– Parques recreativos, urbanos e vivenciais;
– Boates e casas noturnas;
– Shopping centers;
– Igrejas;
– Bares e restaurantes (permitido apenas delivery);
– Salões de beleza;
– Foodtrucks;
– Comércio ambulante em geral.

Funcionamento permitido, atendendo às orientações sanitárias:

– Feiras permanentes e populares apenas para venda de produtos alimentícios;
– Clínicas médicas, laboratórios, consultórios e farmácias;
– Clínicas veterinárias, petshops e lojas de medicamentos veterinários;
– Supermercados, mercearias, hortifrutigranjeiros, açougues, peixarias, comércio de produtos naturais, comércio de venda de suplementos e formulas alimentares;
– Lojas de material de construção;
– Postos de combustível;
– Comércio do segmento de veículos automotores;
– Empresas de tecnologia, exceto lojas de equipamentos e suprimentos de informática;
– Empresas envolvidas no combate à pandemia do novo coronavírus e/ou à dengue;
– Funerárias e serviços relacionados;
– Lotéricas e correspondente bancários.

Ao longo dos próximos dias, 60 moradores em situação de rua terão apoio e auxílio da ONG Villa Samaritana. A ONG conta com o apoio da Administração Regional de Sobradinho que cedeu o Ginásio de Esportes da cidade para ser o abrigo temporário dos moradores.

A iniciativa é do presidente e fundador da ONG, Gustavo Simão. Há 13 anos ele realiza um trabalho junto à comunidade de rua e se viu na linha de frente para que pudesse ajudar os moradores a também se protegerem durante a pandemia que acometeu o mundo.  “Foi quando procuramos as autoridades e fomos redirecionados à Administração de Sobradinho. O Dr. Eufrásio e toda a equipe nos atendeu prontamente e não mediram esforços para liberar o espaço para que pudéssemos realizar esse atendimento”. Gustavo ressalta que ao longo de todos esses anos de trabalho, essa é a primeira vez que recebe um apoio tão relevante. “Esse apoio da administração foi fundamental para nós. É precursor o que a Administração de Sobradinho está fazendo por nós”, elogia.

Ao chegarem ao ginásio de esportes, os moradores preenchem uma ficha com dados básicos, além de informações sobre saúde, se já estiveram internados em alguma comunidade terapêutica de combate as drogas e/ou álcool. “Nós também perguntamos se eles têm algum sonho ou projeto de vida que não foi concretizado devido ao uso excessivo de entorpecentes”, explica o presidente.

O grupo pode receber um total de 60 moradores, entre homens e mulheres. E para dormir, o limite são 40 pessoas de ambos os sexos. Ao longo do dia eles têm direito a quatro refeições, recebem uma toalha e um kit higiene para banho, além de um espaço para que possam lavar suas roupas. O grupo ainda conta com atividades como roda de capoeira, futebol de salão, filme e rodas de conversa. “Oferecemos uma programação complementar, esportiva e cultural, para que eles possam ressignificar algumas coisas da vida deles”, comenta.

Para o administrador da cidade, Eufrásio Pereira, a atitude em ceder o espaço é mais do que justa. “ Nós, como governo, temos que dar total apoio, cedendo espaço, viabilizando contatos e pedindo doações. É o correto, é uma causa justa”, fala o administrador.

Como ajudar

A ONG conta com o apoio da comunidade para que possa dar continuidade na ação. Confira a lista do que pode ser doado:

– Colchões;

– Cobertores;

– Toalhas;

– Lanches (sucos de caixinha, achocolatados, iogurte, biscoitos).

As doações podem ser feitas também para o fundo social da ONG:

Banco do Brasil

Ag: 1226-2

C/C: 77.261-5

CNPJ: 31.227.931/0001-50

Ajude!

Uma antiga solicitação dos moradores de Sobradinho foi atendida: o recapeamento da saída da quadra 02. A obra é executada pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital – Novacap em conjunto com a Administração Regional de Sobradinho. O trecho é considerado um dos principais para acesso a cidade.

Há muitos anos, a via que dá acesso a BR-020, recebia somente as manutenções com o tapa-buracos e a cada temporada de chuva, novos buracos se abriam. “Mesmo tendo as operações de tapa-buraco constantemente, a via chegou a um ponto que comprometeu a base. Estamos refazendo essa base para vir com o novo asfalto por cima”, explica o diretor de obras da Administração, André Melo.

Morador do conjunto A4 da quadra 02, o professor João Vitor Ribeiro, 25 anos, celebra a obra. “O asfalto estava horrível. Por muitas vezes, especialmente em épocas de chuva, tínhamos que desviar para a contramão para evitar os buracos, criando sempre um risco na direção e um transtorno ao utilizar a via. É uma demanda de muito tempo. Me sinto satisfeito, considerando que é uma via inevitável que utilizamos todos os dias”.

Para o administrador, Eufrásio Pereira, essa é uma importante conquista para a comunidade. “Um dos objetivos que tracei ao chegar à administração, foi o recapeamento dessa vida. Ela é importante, pois centenas de carros transitam diariamente, chegando ou saindo de Sobradinho”, comemora. O administrador celebra ainda a importante parceria e o trabalho em conjunto que as administrações vêm fazendo junto ao GDF e aos demais órgãos que compõe o governo. “É de extrema importância agradecer ao Governador e a todos os órgãos envolvidos nas ações de melhorias em nossa cidade e em especial à Novacap pela execução do recapeamento na quadra 02”, agradece.

A obra acontece de segunda à sexta-feira, das 09 às 16h30 e a previsão de término é para o dia 31 deste mês, podendo variar de acordo com as condições climáticas.

Publicado em edição extra do Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) desta quarta-feira (11) o decreto editado pelo governador Ibaneis Rocha suspendendo as aulas na rede pública e privada por cinco dias. A medida (leia a íntegra no link abaixo) é resultado da ameaça de epidemia na capital federal provocada pela disseminação do novo coronavírus, que já atingiu vários países e foi classificada  hoje como pandemia pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Leia a íntegra do decreto

No decreto, Ibaneis Rocha justifica a medida adotada pela menção da OMS divulgada nesta quarta-feira. No texto publicado no DODF, o ato governamental ressalta ainda que a “saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação, na forma do artigo 196 da Constituição da República” e que, por isso, considera que a situação “demanda o emprego urgente de medidas de prevenção, controle e contenção de riscos, danos e agravos à saúde pública, a fim de evitar a disseminação da doença no Distrito Federal”.

Além de suspender as aulas, o governador estendeu a medida para eventos que exijam licenças do Governo do Distrito Federal (GDF). Sejam eles: de qualquer natureza, que exijam licença do Poder Público, com público superior a cem pessoas. Estão relacionadas atividades educacionais em todas as escolas, universidades e faculdades, das redes de ensino pública e privada.

Além disso, os bares e restaurantes deverão observar na organização de suas mesas a distância mínima de dois metros entre elas. No fim, ele flexibiliza o prazo de vigência do decreto, afirmando que “as medidas previstas neste Decreto poderão ser reavaliadas a qualquer momento, mesmo antes do prazo estipulado”, que é de cinco dias.

A moradora do Cruzeiro Débora de Oliveira Farias, 41 anos, recebeu a notícia com apreensão. Ela é uma das 52 mil pessoas que irão fazer o concurso para escrivão da Polícia Civil do Distrito Federal no próximo domingo (21/3). “Muitas pessoas serão prejudicadas porque virão de outros estados. Mas, sinceramente, quero que adie porque estou preocupada com o coronavírus”, disse Débora.

Até o momento, o DF confirma dois casos de pacientes infectados com Covid-19. Trata-se de um casal que chegou recentemente do Reino Unido e que havia passado pela Suíça. A mulher de 52 anos encontra-se internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional da Asa Norte. O marido dela está em isolamento domiciliar.

A estrada da DF-325, localizada em Sobradinho, será recuperada pela equipe do Polo Norte do GDF Presente. A obra começou nesta terça-feira (10) e deve ser entregue esta semana. Segundo o diretor de obras da administração da cidade André Melo, devido às fortes chuvas, erosões e lama tomaram conta da pista de 3 km. 

“É uma estrada que dá acesso a uma vila. Nesse local, há crianças e jovens que estudam em escolas da região e, por isso, ônibus escolares transitam muito por aqui, além de carros de passeio, motos, bicicletas, caminhões e os próprios moradores”, comenta. 

Esse é o caso da camareira Lucilene Teixeira, 47 anos. Ela passa pela pista todos os dias para ir ao trabalho no Grande Colorado e reclama que muitas vezes acaba se sujando por causa da lama.

“Às vezes consigo carona de carro. É muito importante arrumar essa estrada porque nós que moramos aqui e passamos por ela diariamente precisamos de conforto e segurança”, reforça. 

José Araújo, 60 anos, também frequenta a região para correr e elogia a ação do governo local. “Eu dirijo muito em estrada de terra e é difícil quando há muita erosão e lama. Com certeza é necessário arrumar a pista para melhorar a nosso trânsito aqui”, disse o aposentado. 

Processo 

A obra é de responsabilidade da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap). São cerca de sete profissionais trabalhando com cinco caminhões de material, uma retroescavadeira e uma patrol. De acordo com André Melo, diretor de obras da Administração Regional de Sobradinho, a primeira etapa é tratar as erosões. 

“Colocamos um material mais pesado, como meio fio ou materiais mais grossos, para tapar o fundo da erosão. Dessa forma quando chover a água não vai levar com facilidade. Em seguida, jogamos cascalho na parte de cima, onde as pessoas e veículos vão transitar. Por último, colocamos um cascalho mais fino pela estrada”, explica. 

Para acessar a galeria de fotos, clique aqui

Fonte: Agencia Brasília 

Durante todo este mês, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) trabalha em uma série de ações alusivas ao Dia Internacional da Mulher. Na última sexta-feira (6), deu início ao projeto Grafite nas Paradas de Ônibus.

Sempre às sextas-feiras, as mulheres serão homenageadas por meio da arte gráfica urbana do grafite. Forças de segurança e outros órgãos governamentais terão divulgadas as atividades voltadas à atenção e proteção das mulheres e meninas, em especial aquelas em situação de violência.

Voluntárias de todo o DF vão produzir as artes em quatro paradas de ônibus, num trabalho que inicialmente contemplará Planaltina, Recanto das Emas, Samambaia e Sobradinho. Os locais específicos dessas intervenções urbanas foram definidos em conjunto com as administrações regionais de cada cidade, levando em consideração a proximidade com as escolas que adotaram o modelo de gestão compartilhada de ensino.

Atuação ampliada

Segundo a diretora de Resolução Pacífica de Conflitos, Marina Fernandes, a ação que homenageia as mulheres por meio das grafiteiras surgiu em razão de a atividade ser principalmente desempenhada por homens. “Queremos mostrar que cada vez mais as mulheres atuam na arte urbana, inclusive a professora de grafite da Secretaria de Segurança Pública é uma mulher”, ressalta. “Nossa ideia é demonstrar que hoje as meninas e mulheres podem e devem ser o que elas quiserem”.

O trabalho terá início sempre às 14h. Enquanto são feitas as pinturas, serão disponibilizados, nas proximidades das paradas de ônibus, haverá oferta de serviços às mulheres e divulgação de informações sobre a rede de atenção e proteção desse público.

As ações em destaque incluem a unidade móvel da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam), da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) e representantes do programa Pró-Vítima, da Secretaria de Justiça (Sejus), além de atendimentos dos núcleos jurídico e psicossocial da Defensoria Pública e o Ônibus da Mulher, da Secretaria de da Mulher.

Em Sobradinho

Em Sobradinho, a ação acontecerá na sexta-feira (13), a partir das 14 horas, conforme cronograma previsto. A parada que receberá a intervenção artística será a da quadra central, em frente ao estacionamento da Feira Modelo. “Escolhemos a quadra central, pois queremos que este trabalho tão bonito seja admirado pela comunidade. Esperamos que a população aprecie e aproveite essa oportunidade trazida pela Secretaria de Segurança Pública”, enfatiza o administrador, Eufrásio Pereira.

 

* Com informações da SSP

A Rota do Cavalo inicia um novo momento. A região, localizada em Sobradinho, recebeu, nesta sexta-feira (14), a primeira oficina que irá contribuir para o desenvolvimento e o crescimento econômico. No total, a Secretaria de Turismo irá realizar cinco oficinas de capacitação para a comunidade com o objetivo de impulsionar o Turismo. Ao final, no dia 31 de maio, acontecerá o evento de lançamento da rota estruturada com o enxoval de materiais de divulgação e sinalizações.

A Rota nasceu a quase 30 anos da força de empreendedores que se uniram para criar a atração para fortalecer o Turismo. O local abriga haras, ranchos, restaurantes com comidas típicas, lojas de artesanato, fazendas, centros de hipismo distribuídos ao longo da DF 440.

Estiveram presentes na cerimônia de abertura a secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça; Celina Leão, deputada federal; Eufrásio Pereira, administrador de Sobradinho; administrador do Itapoã, Valdermar Araújo; presidente do Serviço Social Parque Granja do Torto, Eugênio Faria; presidente da Associação Rota do Cavalo, Vera Fernandes; e o proprietário do Rancho Canabrava, José Arnaldo. Representantes de classes empresariais, empreendedores rurais, estudantes de Turismo e organizações do trade também marcaram presença.

“Desde o inicio dessa gestão temos como meta qualificar, estruturar e promocionar o Turismo da capital. A Rota do Cavalo possui uma enorme vocação turística que eleva o patamar da nossa oferta no segmento rural e pretendemos potencializar a região para se tornar o maior polo de Turismo Rural do DF”, reforçou Vanessa Mendonça, secretária de Turismo.

Vera Fernandes exaltou a iniciativa e reconhecimento da região como um produto turístico. “Temos um alto potencial que merece a atenção dos governantes. Ações como essa irão fortalecer a nossa Rota do Cavalo”, explicou a presidente da Associação Rota do Cavalo.

Para o administrador de Sobradinho, Eufrásio Pereira, a iniciativa é fundamental para promover o empreendimento rural e a geração de renda na região. O administrador do Itapoã, Valdermar Araújo, concordou e complementou: “Temos que trabalhar para movimentar a economia do setor”.

Em sua fala, a deputada Celina Leão elogiou o trabalho realizado pelo GDF. Em 2019, o governador Ibaneis Rocha instituiu o “Plano de Desenvolvimento de Turismo Sustentável da Rota do Cavalo”. O plano visa o planejamento e orientação das ações do setor público e privado para o desenvolvimento da atividade turística na região. “Uma lei sem eficácia não tem poder nenhum. Esse governo mostra que tem ações concretas e valoriza o Turismo Rural. Vocês estão planejando o futuro”, disse.

A 1ª oficina foi focada na sensibilização da comunidade, com a apresentação do Plano de Trabalho e a entrega do protótipo da placa de sinalização que será instalada na Rota do Cavalo. A 2ª oficina vai focar na Capacitação e Treinamento. Em seguida, será a vez da oficina de Sinalização e Segurança. A 4ª irá falar sobre sustentabilidade e a 5ª sobre Formatação de Experiências.

          

 

A Autorização de Funcionamento consiste na permissão para funcionamento de estabelecimentos comerciais localizados em edificações regulares e em áreas regularizadas com diretrizes urbanísticas definidas, que são válidas por 5 anos, de acordo com a Lei 5.547 de 06/10/2015. Se o estabelecimento estiver em edificações regulares, e sem habite-se a licença será válida por 12 meses.

Requisitos

É preciso cumprir alguns requisitos para receber o Licenciamento. Em primeiro lugar, o interessado deve solicitar à Administração Regional uma consulta de viabilização, na qual será informado sobre a viabilidade ou não de instalação das atividades no local pretendido.

Somente nos seguintes casos, essa solicitação é realizada na Administração:

  • Sociedade Anônima – S/A;
  • Microempreendedor Individual – MEI;
  • Empresas com matriz fora do Distrito Federal;
  • Empresas com sócio menor de idade ou estrangeiro;
  • Associações, fundações, sindicatos;
  • Pessoa física;
  • Alterações de endereço e de razão social;
  • Empresas com contrato social registrado em cartório
     

Após respondida a consulta de viabilidade pela Administração, o cidadão recebe uma lista de documentos para dar entrada ao processo na Administração.

Já em outros casos, é realizada a consulta de viabilidade pela internet no site da RLE (Registro e Licenciamento de Empresas), que são eles:

  • LTDA (limitada);
  • EIRELI (empresa individual de responsabilidade limitada);
  • EPP (empresa de pequeno porte);
  • ME (microempresa)
  • EI (empresário individual);

Obs: No site do RLE, é possível acessar o manual explicativo sobre o funcionamento do sistema.

Após respondida a consulta no site do RLE (Registro e Licenciamento de Empresas), o cidadão dá andamento na licença, nos casos descritos acima, pelo próprio sistema na Internet.

Custos

Para obtenção de Licenciamento de funcionamento, não é necessário pagamento de taxas na Administração Regional de Sobradinho. 

Somente nos casos de desarquivamento de processo, será paga taxa de desarquivamento, através de DAR (Documento de Arrecadação Avulso) – Taxa de Expediente, Código 3573, Secretaria de Estado da Fazenda do DF.

Será necessário o pagamento da Taxa de Funcionamento de Estabelecimento (TFE) – que é a taxa devida por todos aqueles que vão exercer qualquer tipo de atividade comercial com fins lucrativos ou não, no Distrito Federal. O cidadão deve procurar a Agefis (Agência de Fiscalização) ou postos do Na Hora.

OBS: Isenções do pagamento dessa taxa estão previstas na Lei Complementar nº 783/2008, artigo 19.

Prazos

De acordo com o decreto Nº 36.948, de 04 de dezembro de 2015, os prazos especificados quanto à consulta de viabilidade, às vistorias e à emissão de licenças, são contados da data do respectivo requerimento:

I – até cinco dias úteis para a Consulta de viabilidade;
II – até trinta dias úteis para as vistorias em atividades classificadas como de significativo potencial de lesividade (alto risco);
III –  até dez dias úteis para a Autorização ou Licença de Funcionamento

OBS: Caso seja verificada pendência relativa à documentação exigida para o ato, ficarão interrompidos os prazos, reiniciando a contagem a partir da resolução da pendência dos documentos.

Normas e regulamentações

A noite do dia 14 foi especial para os moradores de Sobradinho. Com a chegada do Papai Noel, o administrador regional, Eufrásio Pereira, lançou o projeto Natal na Central. O projeto consiste em fechar a rua principal do comércio da quadra Central, de 9 da manhã às 21 horas, até o dia 24 de dezembro.

“O comércio precisava de um incentivo para alavancar as vendas no fim de ano e a população merecia algo diferente no Natal. Uma decoração natalina simples, um Papai Noel para atender as nossas crianças e promoções aos clientes, são iniciativas simples, mas que fazem a diferença para a nossa população”, comenta o administrador da cidade, Eufrásio Pereira.

O projeto é uma iniciativa da Administração Regional de Sobradinho e só se tornou realidade, pois contou com o total apoio dos lojistas da quadra. Comerciante na quadra Central há 35 anos, Denizar Carajá fala sobre a expectativa do projeto. “Entramos nesse projeto pois queremos valorizar a quadra, o nosso comércio e trazer para os nossos clientes um pouco do espírito natalino”. Ele conta que já sente diferença no “clima” da avenida desde o início da montagem da decoração. “Nossa expectativa é a melhor possível, nós já conseguimos ver a diferença, as pessoas falam em Natal. Nos últimos três anos nem parecia natal nessa época. Queremos que os clientes estejam conosco, na nossa cidade”, conta com entusiasmo.

Para o gerente Gildo Neto, o evento tem tudo para se tornar cultural na cidade. “Nós preparamos tudo isso pois queremos um aumento no fluxo de pedestres aqui na rua, queremos que os moradores estejam no comércio da nossa cidade e se sintam prestigiados com o que preparamos. Assim todos teremos bons retornos”, explica.

O projeto conta com lojas em promoção, food trucks, espaço kids, além de apresentações musicais todos os dias a partir das 18 horas. O projeto foi idealizado para fomentar o comércio da cidade e despertar o interesse da população em comprar nas lojas da cidade, além de proporcionar um pouco de lazer aos moradores.  

A rodada de apresentações musicais segue com shows de Geninho (17), Luca Rodriguis (18), Simão Santos (19), Lincoln Junior (20), Rose Maria (21), Gilson Senna (22). No dia 24, véspera de Natal, não haverá show, mas as demais atrações permanecem até as 17h.

O Natal na Central vai até o dia 24 de dezembro e as lojas participantes funcionarão das 9 às 21 horas e não será permitido o trânsito de automóveis durante o período.

 

 

O primeiro semestre na Administração de Sobradinho foi destinado para atender demandas emergenciais. Eram inúmeras solicitações de tapa-buracos, recolhimento de entulhos e galhadas, troca de bocas de lobo, entre outras ações pontuais atendidas por meio da ação “Administração nas Ruas”.

Passado esse período de colocar a casa em ordem, diversas obras foram feitas. A primeira delas foi a construção de 3352,72 m² de calçadas, localizadas nas quadras 02, 06, 08 da cidade. O projeto das calçadas foi elaborado pela equipe de engenheiros da Administração e foi executada em pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital – NOVACAP.

As calçadas proporcionaram para os moradores das quadras um novo estilo de vida. "Eu cresci em Sobradinho e sempre notei a falta dessas calçadas para a população. Na cidade, temos muito trabalhadores, estudantes, crianças e idosos que precisavam de uma segurança a mais nas rotinas. Antes, os moradores precisavam passar pelas faixas verdes ou pelos cantos das pistas para circularem na região", explica o Administrador Regional, Eufrásio Pereira.

Outra obra que trouxe mais segurança aos motoristas, foi a troca do guard rail as margens da BR-020. “Foram anos com a proteção quebrada, danificada e isso tirava toda a segurança dos milhares de motoristas que passam por ali todos os dias. A troca era mais que necessária e a parceria com o DER-DF foi essencial para trazer esse benefício aos motoristas”, comenta o Administrador.

As quadras poliesportivas também estão na lista de obras. O espaço é de extrema importância para que crianças, adolescentes, jovens e adultos possam desfrutar de momentos de lazer. “A primeira quadra a ser revitalizada fica localizada na quadra Central e estão previstas as revitalizações em outras quadras da nossa cidade, temos a pretensão de revitalizar todas”, aponta.

Por fim, Eufrásio conta sobre uma das obras mais esperadas, o estacionamento da Feira Modelo de Sobradinho. “A feira foi finalizada e o estacionamento ficou pendente durante anos. Entregar o estacionamento finalizado aos feirantes e a comunidade, era um dos meus objetivos para este primeiro ano”, comemora.

 

Na terça-feira, 29, a Secretaria de Saúde apresentou aos administradores regionais e demais órgãos envolvidos, o plano de enfrentamento ao Aedes Aegypti, mosquito transmissor dos arbovírus – dengue, zika, chikungunya e febre amarela.  O “Todos Contra a Dengue no DF" tem como objetivo reduzir os casos das doenças nas regiões administrativas com um plano de contingências e de enfrentamento em parceria com diversos órgãos do GDF.

A apresentação foi feita pelo subsecretário de Vigilância à Saúde, Divino Valero, que esclareceu como serão realizadas as forças-tarefas e o plano de ação para o combate às doenças. O subsecretário afirmou que o DF é o único estado do país que possui todos os insumos básicos para o enfrentamento do mosquito.

De acordo com a Secretaria de Saúde, o Plano de Enfrentamento (2020/2023) foi elaborado em concordância com as áreas técnicas e a Sala Distrital, com objetivo de reduzir o número de óbitos provocados pelas doenças transmitidas pelo Aedes Aegypti.

Durante a apresentação, o vice-governador, Paco Britto explicou sobre o programa. “Esse plano de ações de prevenção e de proteção da população do Distrito Federal é um dever nosso. Essas ações, desenvolvidas pela Secretaria de Saúde, têm a orientação do governador Ibaneis para que seja implantado em todas as regiões administrativas, para o bem da população do Distrito Federal”, afirma.

O vice-governador falou ainda sobre a importância do alvará de autorização judicial para os agentes públicos, válido até 10 de setembro de 2020. "A população do DF precisa ficar ciente que os agentes públicos com o alvará podem ingressar em imóveis fechados, abandonados, e naqueles em que forem recusados o acesso para combate ao mosquito Aedes Aegypti. A comunidade pode nos ajudar observando e denunciando esses lugares que podem ser possíveis logradouros do mosquito", explica.

Saiba mais:

FORÇA-TAREFA – As ações visam dobrar de 40 para 80 o número de veículos para aplicação do fumacê, aumentar em mais 200 pessoas o efetivo de agentes nas ruas, usar motos para reforçar pulverização de Ultra Baixo Volume (UBV) e contar com o apoio de 1,5 mil agentes do Corpo de Bombeiros.

 O plano é organizado em cinco eixos temáticos: coordenação; assistência; vigilância; apoio logístico; comunicação, mobilização e educação em saúde. A ideia é organizar o espaço e a responsabilidade de cada órgão do DF nessa rede de enfrentamento ao Aedes aegypti.

AÇÃO – Algumas medidas já foram tomadas recentemente pela Secretaria de Saúde para reforçar o combate ao Aedes, como a Assinatura do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério da Saúde, para regulamentar a alocação de 120 servidores cedidos pelo ministério à secretaria; e a capacitação de 1,5 mil soldados do Corpo de Bombeiros.

As ações de assistência e vigilância são maximizadas e fortalecidas com a participação de diversos órgãos envolvidos no enfrentamento de arboviroses, tais como: administrações regionais, SLU, CBMDF, Defesa Civil, secretarias das Cidades, Agricultura, Educação, Comunicação, FAP, DFLegal, Novacap, Caesb, Casa Civil, Emater, Ibram e o Instituto Nacional de Meteorologia.

 

*Com informações da Secretária de Saúde
Foto da capa: Mariana Raphael / Saúde-DF

A Ouvidoria da Administração Regional de Sobradinho divulgou o balanço do último trimestre (julho a setembro), que mostra o crescimento no índice de resolutividade comparado aos meses anteriores. Ao todo foram 79 solicitações  respondidas dentro do prazo estimado, atingindo 67% de resolutividade. Se comparado ao primeiro trimestre do ano, o crescimento foi de 43%.

O documento também aponta os tipos de manifestações, os serviços mais solicitados, a forma de entrada da manifestação – se é presencial, via telefone ou internet-, índice do prazo de cumprimento, além da satisfação do contribuinte com o serviço de ouvidoria.

Das solicitações recebidas, 15 são referentes a julho, 42 em agosto e 22 em setembro. “Os serviços mais solicitados são os de tapa-buracos, coleta de entulhos, recolhimento de galhadas, manutenção das quadras de esporte e outras obras de infraestrutura”, explica a Ouvidora, Ana Maria Melo. O relatório também aponta que a maioria das manifestações foram realizadas de forma presencial, ou seja, na sala 10 da Administração Regional de Sobradinho.

Para o Administrador da cidade, o crescimento representa a dedicação com que a equipe tem trabalhado. “Diariamente recebemos solicitações via Ouvidoria, em nosso gabinete e nas ruas. Temos buscado atender e solucionar tudo que está ao nosso alcance e competência. Nosso objetivo é superar todas as metas”.

Índice de Resolutividade

Ouvidora da Administração de Sobradinho, Ana Maria Melo, explica a importância do contribuinte ficar atento ao andamento da sua solicitação e ao final dar o retorno no sistema, se sua solicitação foi ou não resolvida. "Quando o contribuinte faz sua manifestação, ele recebe por e-mail uma senha de acesso ao sistema, onde ele poderá acompanhar todo o tramite. Quando a demanda for finalizada é de extrema importância que ele dê esse retorno, basta clicar em Resolvido ou Não Resolvido. Muitas vezes a demanda é atendida antes do prazo estipulado, mas sem o retorno, não podemos contabilizar para a estatística", pontua.

Você pode conferir todos os relatórios, basta clicar aqui.

Abastecimento corre o risco de ser afetado em Sobradinho, Fercal e Planaltina entre 26 de outubro e 1º de novembro

A Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) divulgou, nesta sexta-feira (25), o Plano de Restrição para o Sistema de Abastecimento de Água em Sobradinho e Planaltina entre os dias 26/10 e 01/11. De acordo com o plano, a Caesb pode implementar medidas de restrição do abastecimento nas duas regiões administrativas, como redução de pressão na rede e interrupção parcial do abastecimento por meio de rodízio do fornecimento entre localidades de um mesmo sistema.

O plano, no entanto, somente será colocado em prática se a vazão dos recursos hídricos na Bacia do Pipiripau for insuficiente para atender à demanda de água da população de Sobradinho, Sobradinho II, Fercal e Planaltina. A Caesb atualiza e divulga o cronograma de possíveis interrupções uma vez por semana, com antecedência de 24 horas da entrada em vigor do plano.

As interrupções serão de, no máximo, 24 horas, iniciando às 8h do dia programado até as 8h do dia seguinte. Após esse período, o abastecimento será liberado. A depender do consumo da população, o sistema poderá levar 24 horas para atingir novamente seu equilíbrio. Por essa razão, recomenda-se que a população adote medidas de consumo racional, utilizando apenas o essencial, e evite estocar água além da previsão legal de armazenagem em caixa d’água para 24 horas.

A Caesb disponibilizará outros canais de atendimento à população: Central 115, escritório on-line, aplicativo para smartphone, escritórios regionais e postos do Na Hora.

Cronograma:

  • Interrupção: 26/10 
  • Em estabilização: 27/10
  • Estabilizado: 28 e 29/10

Locais: Setor Habitacional Arapoanga; Setor Habitacional Contagem (Cond. Recanto dos Nobres, Cond. Vivenda Campestre, Cond. Vivenda da Serra, Cond. Jardim Ipanema, Cond. Residencial Fraternidade, Cond. Vivendas Paraíso, Cond. Jardim América, Cond. Chácara Olga, Residencial Ipês, Cond. Meus Sonhos, Cond. Vivendas Alvorada, Cond. Halley, Novo Horizonte, Cond. Residencial Caravelo, Cond. Sol Nascente, Cond. Chácara São Francisco, Cond. Serra Dourada, Residencial Mansões Sobradinho II, Cond. Chácara Marina, Cond., Residencial Sobradinho, Cond. Chácara São José, Cond. Jardim Vitória, Cond. Serra Dourada II, Cond. Vila Rica, Cond. Residencial Planalto e Cond. Chácara Beija-Flor), Cond. Morada dos Nobres, Cond. Privê Alphaville e Cond. Vivendas Serranas; Sobradinho Q. 01 e Q. 02 Conj. A e B Setor Industrial, Vila DNOCS e Setor de Expansão Econômica Q. 01 a 06.

  • Interrupção: 27/10
  • Em estabilização: 28/10
  • Estabilizado: 29 e 30/10

Locais: Setor Tradicional, Vila Vicentina, Nossa Senhora de Fátima; Sobradinho Q. 03, 05, 07, 09, 10 e 11 e Q. 8 Conj. A, B, C e D, Sobradinho 2, Setor Oeste, Setor Habitacional Contagem (Cond. Centro Sul, Cond. Vila Verde, Cond. Vila Rosada, Cond. Residencial Mansões Sobradinho III e Cond. Residencial Versailles), Cond. Morada da Serra e Cond. Mini Chácaras de Sobradinho QMS 1A, 1B, 20 a 23, 27 a 33, 27A e 30A; Cond. Cachoeira, Cond. Mestre d’Armas II, Cond. Residencial Samauma e Núcleo Rural Bica do DER, IFB – Campus Planaltina; Vila DVO e Cond. Nova Petrópolis; Núcleo Rural Córrego do Arrozal.

  • Interrupção: 28/10
  • Em estabilização: 29/10
  • Estabilizado: 30 e 31/10

Locais: Jardim Roriz, Vila Nossa Senhora de Fátima, Setor Residencial Oeste, Cond. Caveiral, Vila Buritis Q. 01 e 02; Sobradinho Q. 14, 16 e Q. 02 Conj. C, D e E e Setor de Expansão Econômica Q. 07 a 14; Vila Buritis Q. 03, 04, 05 e 06, Buritis IV Q. 24, 25 e 26; Sobradinho Q. 13, 15 e 17.

  • Interrupção: 29/10
  • Em estabilização: 30/10
  • Estabilizado: 31 e 01/11

Locais: Buritis II e III e Buritis IV Q. 18 a 23; Setor Habitacional Nova Colina, Sobradinho Q. 18; Setor Habitacional Mestre d’Armas; Sobradinho Q. 04, 06 e 12 e Q. 08 Conj. E, F e G.

  • Interrupção: 30/10
  • Em estabilização: 31/10
  • Estabilizado: 01/11

Locais: Setor Habitacional Arapoanga; Setor Habitacional Contagem (Cond. Recanto dos Nobres, Cond. Vivenda Campestre, Cond. Vivenda da Serra, Cond. Jardim Ipanema, Cond. Residencial Fraternidade, Cond. Vivendas Paraíso, Cond. Jardim América, Cond. Chácara Olga, Residencial Ipês, Cond. Meus Sonhos, Cond. Vivendas Alvorada, Cond. Halley, Novo Horizonte, Cond. Residencial Caravelo, Cond. Sol Nascente, Cond. Chácara São Francisco, Cond. Serra Dourada, Residencial Mansões Sobradinho II, Cond. Chácara Marina, Cond., Residencial Sobradinho, Cond. Chácara São José, Cond. Jardim Vitória, Cond. Serra Dourada II, Cond. Vila Rica, Cond. Residencial Planalto e Cond. Chácara Beija-Flor), Cond. Morada dos Nobres, Cond. Privê Alphaville e Cond. Vivendas Serranas; Sobradinho Q. 01 e Q. 02 Conj. A e B Setor Industrial, Vila DNOCS e Setor de Expansão Econômica Q. 01 a 06.

  • Interrupção: 31/10
  • Em estabilização: 01/11
  • Estabilizado: 02/11

Locais: Setor Tradicional, Vila Vicentina, Nossa Senhora de Fátima; Sobradinho Q. 03, 05, 07, 09, 10 e 11 e Q. 8 Conj. A, B, C e D, Sobradinho 2, Setor Oeste, Setor Habitacional Contagem (Cond. Centro Sul, Cond. Vila Verde, Cond. Vila Rosada, Cond. Residencial Mansões Sobradinho III e Cond. Residencial Versalles), Cond. Morada da Serra e Cond. Mini Chácaras de Sobradinho QMS 1A, 1B, 20 a 23, 27 a 33, 27A e 30A; Cond. Cachoeira, Cond. Mestre d’Armas II, Cond. Residencial Samauma e Núcleo Rural Bica do DER, IFB – Campus Planaltina; Vila DVO e Cond. Nova Petrópolis; Núcleo Rural Córrego do Arrozal.

  • Interrupção: 01/11
  • Em estabilização: 02/11
  • Estabilizado: 03/11

Locais: Jardim Roriz, Vila Nossa Senhora de Fátima, Setor Residencial Oeste, Cond. Caveiral, Vila Buritis Q. 01 e 02; Sobradinho Q. 14, 16 e Q. 02 Conj. C, D e E e Setor de Expansão Econômica Q. 07 a 14; Vila Buritis Q. 03, 04, 05 e 06, Buritis IV Q. 24, 25 e 26; Sobradinho Q. 13, 15 e 17.

 

FONTE: AGÊNCIA BRASÍLIA *

Os estudantes que frequentam a Biblioteca Pública de Sobradinho já podem comemorar a aquisição dos novos ares condicionados. Recentemente, foram instalados dois novos aparelhos pela Administração Regional de Sobradinho na Biblioteca. Há alguns anos os estudantes que frequentam a biblioteca contavam com aparelhos que mal funcionavam na sala de estudos, o que gerava muito desconforto devido às alterações climáticas da cidade.

A Gerente de Cultura de Esporte e Lazer, Rosemaria Alves dos Santos, explica a importância da troca dos aparelhos na Biblioteca. “Foi excelente aquisição, os estudantes já haviam entrado com abaixo assinado para a colocação dos novos ares e eles têm lutado por essa conquista há muito tempo. É muito importante o incentivo na nossa Biblioteca. O Administrador, Eufrásio Pereira, colaborou e foi muito prestativo com a nossa causa”.

A estudante Gabriela Alves, frequenta a biblioteca há três anos e comentou o que achou da inovação. “Foi ótimo, durante a seca era insuportável para a gente estudar e com essa troca melhorou bastante a qualidade dos estudos. Todo mundo que frequenta gostou muito”, relata.

Foi criada recentemente uma comissão com os frequentadores do espaço que reivindicam melhorias na biblioteca pública. De acordo com o Administrador, Eufrásio Pereira da Silva, existem projetos para o espaço.  “Estamos trabalhando para atender as demandas e solicitações da comissão. Está na pauta da Administração de Sobradinho zelar pela biblioteca”, conclui.

SERVIÇO:

Horário de funcionamento:

Segunda à Sexta: de 08:30 às 22:30

Sábados: de 08:30 às 13:30.

Endereço: Quadra 08, área especial

Telefone: 3387-0428

 

Os moradores do Distrito Federal devem se vacinar contra o sarampo. A Campanha Nacional de Vacinação contra a doença começa nesta segunda-feira (7/10). A primeira etapa, que vai até 25 de outubro, tem foco nas crianças de seis meses a menores de cinco anos (4 anos, 11 meses e 29 dias). O Dia D de mobilização acontecerá no dia 19.

A segunda etapa acontecerá entre os dias 18 e 30 de novembro e terá como público-alvo os adultos jovens com idade entre 20 e 29 anos. O dia D desta fase está marcado para 30 de novembro.

“É preciso interromper a circulação do sarampo no país, uma doença viral aguda, que traz muitas complicações para as crianças, que são mais vulneráveis e sensíveis à doença”,  reforça o secretário de Saúde, Osnei Okumoto,

A iniciativa destina-se a atualizar o cartão de vacina com a Tríplice viral, que, além de defender contra rubéola e caxumba, também protege contra o sarampo.

“O objetivo da campanha é fazer uma busca de quem precisa se vacinar, por isso a importância de resgatar o cartão de vacina e levar aos postos. Porém, o foco é para um público mais específico, pois as crianças apresentam maior incidência e maiores complicações, como cegueira e até mesmo o óbito”, ressalta a técnica de Imunização da Gerência de Vigilância das Doenças Imunopreveníveis de Transmissão Hídrica e Alimentar, Fernanda Ledes.

A cobertura da tríplice viral, no DF, de janeiro a agosto, alcançou 86,9%. Conforme levantamento realizado pela Gerência de Imunização da pasta, de janeiro a 21 de setembro de 2019, foram investigados 175 casos suspeitos de sarampo no DF, sendo três confirmados, 133 descartados e 39 ainda em investigação.

A Secretaria de Saúde quer aumentar a prevenção contra a doença. “É muito importante que haja efetividade na cobertura vacinal da população do Distrito Federal, principalmente das crianças, tendo em vista que o vírus continua circulando no país”, alerta a gerente da Imunização da pasta, Renata Brandão.

No Dia D, os postos de vacinação do Distrito Federal estarão funcionando das 8h às 17h, ininterruptamente. Nos demais dias da campanha, a vacina estará disponível conforme a rotina das salas de vacinas do DF, que funcionam de segunda a sexta-feira em horários específicos de cada local.

Dose Zero

A primeira dose da vacina para o público infantil é chamada de Dose zero. Assim, além desta dose, a ser aplicada no dia 25 deste mês, os pais ou responsáveis devem levar os filhos para tomar a tríplice viral aos 12 meses de idade (1ª dose). Aos 15 meses (2ª dose), precisam da tetra viral ou da tríplice viral + varicela. A vacinação de rotina das crianças deve ser mantida, independentemente do planejamento de viagens para os locais com surto ativo do sarampo ou não.

Doença

O sarampo é uma doença viral aguda de alta transmissibilidade. É suspeito de ter a enfermidade o indivíduo que apresente febre, alta acima de 38,5ºC, e manchas avermelhadas pelo corpo, acompanhadas de um ou mais dos seguintes sinais e sintomas: tosse e/ou coriza e/ou conjuntivite, independentemente da idade e da situação vacinal.

Caso a pessoa apresente os sinais e sintomas da enfermidade, deve procurar a unidade básica de saúde (UBS) mais próxima e informar ao profissional sobre sua situação e dizer se teve contato com algum caso suspeito. Recomenda-se que as pessoas com suspeita de portar a moléstia evitem deslocamentos desnecessários devido à doença ser altamente contagiosa.

* Com informações da Secretaria de Saúde

Fonte: Agência Brasília

A ação Outubro Rosa tem como objetivo conscientizar as mulheres sobre a prevenção do câncer de mama e a importância da realização do autoexame e mamografia. O Governo do Distrito Federal junto com a Secretaria de Saúde lançaram nessa última quinta-feira (04), uma força-tarefa de atendimentos e exames para a campanha.

Ao longo do mês, as mulheres serão acolhidas em qualquer UBS ou policlínica, independentemente de onde resida. Cada paciente que passar por consulta terá o retorno agendado e os encaminhamentos garantidos. A expectativa é de realização de 100 mil atendimentos.

O Hospital Regional de Sobradinho (HRS), participará da campanha. De acordo com a direção geral do órgão, nesse mês serão abertas mais vagas para exames de mamografias com objetivo de atender as mulheres da região norte e cumprir a agenda do mês.

A radiologista especializada em imagens de mamas do HRS, Daniela Gusmão, explica a importância do diagnóstico. “A detecção precoce permite que a mulher tenha a menor necessidade para realizar quimioterapia e cirurgias, tendo assim uma maior taxa de sucesso para o tratamento do câncer. ”

A mamografia é o diagnóstico mais preciso para o tratamento do câncer de mama, Daniela explica. “O intuito da mamografia é identificar o câncer antes que ele se torne apalpável, assim em muitos casos permite um tratamento de sucesso. O HRS oferece um atendimento humanizado para quem procurar”. Ela esclarece que ao chegar nos 50 anos a mulher precisa procurar um especialista para realizar o exame. “Toda mulher precisa realizar o exame, é um ato de amor próprio”, conclui.

 

 Saiba mais:

O Outubro Rosa é uma ação criada no início de 1990 nos Estados Unidos, pela Fundação Susan G. Komen for the Cure. O câncer de mama é o segundo tipo mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação desordenada de células da mama. Esse processo gera células anormais que se multiplicam, formando um tumor.  Há vários tipos de câncer de mama, por isso, a doença pode evoluir de diferentes formas. Alguns tipos têm desenvolvimento rápido, enquanto outros crescem mais lentamente.

O Inca informa que o câncer de mama em 10% dos casos está associado a fatores genéticos hereditários. É possível também existir casos raros de câncer de mama em homens (menos de 1%), e em mulheres com menos de menos de 35 anos.

O diagnóstico do câncer é possível pelo autoexame e mamografia. O tratamento consiste em local: cirurgia e radioterapia (além de reconstrução mamária) e tratamento sistêmico: quimioterapia, hormonioterapia e terapia biológica. A maioria dos casos têm bom prognóstico.

 

O Ministério da Saúde oferece atendimento para prevenção do câncer de mama por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). Confira em Brasília os hospitais que oferecem atendimentos especializados de acordo com o Inca:

  • Hospital de Apoio Abrace (Cacon serviço de Oncologia Pediátrica)
  • Hospital de Base do Distrito Federal/SES do Distrito Federal (Cacon serviço de Oncologia Pediátrica)
  • Hospital Regional da Asa Norte (Cacon serviço de Oncologia Pediátrica)
  • Hospital Regional de Ceilândia (Cacon serviço de Oncologia Pediátrica)
  • Hospital Regional do Gama (Cacon serviço de Oncologia Pediátrica)
  • Hospital Regional de Sobradinho (Cacon serviço de Oncologia Pediátrica)
  • Hospital Regional de Taguatinga (Cacon serviço de Oncologia Pediátrica)
  • Hospital Sarah /Associação das Pioneiras Sociais (Unacon)
  • Hospital Universitário de Brasília/Fundação da Universidade de Brasília (Unacon com serviço de Radioterapia)

Foto: Joel Rodrigues / Agência Brasília

 

 

Os moradores da quadra 08 de Sobradinho já desfrutam de uma grande conquista: a construção das novas calçadas.  

Para o Administrador Eufrásio Pereira da Silva, as construções das calçadas são uma grande realização na cidade. "Eu cresci em Sobradinho e sempre notei a falta dessas calçadas para a população. Na cidade, temos muito trabalhadores, estudantes, crianças e idosos que precisavam de uma segurança a mais nas rotinas. Antes, os moradores precisavam passar pelas faixas verdes ou pelos cantos das pistas para circularem na região", explica002E

O coordenador de obras, Juvenal Ramos, da Diretoria de Obras da Administração de Sobradinho, explicou sobre a realização das obras. “As calçadas foram planejadas para atender as necessidades dos moradores da região. Acompanhamos todo o processo de perto e oferecemos apoio quando solicitado. É nítido perceber a alegria dos moradores com os resultados ”, conta com entusiasmo.

Os projetos das construções tiveram apoio da equipe de engenheiros da Administração de Sobradinho e a Novacap executou. O chefe de gabinete da Administração, Cícero Amaro Lima, fala sobre a parceria. “A Administração quando precisa da Novacap para resolver alguma demanda tem sempre um atendimento eficiente e o inverso também acontece”, esclarece.

As calçadas proporcionaram para os moradores das quadras um novo estilo de vida. A moradora Ana, da quadra 08, comenta. " A Administração acompanhou todo o processo de perto e tirou muitas dúvidas nossas durante a construção da calçada. Estou muito feliz pelo resultado e grata por agora conseguir realizar as minhas caminhadas com mais acessibilidade".

O Administrador Eufrásio Pereira da Silva, comenta sobre as reformas na cidade. “O Governo do Distrito Federal tem nos proporcionado muito apoio para restaurarmos Sobradinho. Tudo que estiver ao alcance da Administração, nós iremos realizar”, conclui.

Estão previstas novas parcerias para realização de obras em Sobradinho. O calendário em breve será divulgado com datas e locais para a população.

 

 

Coordenado pelo secretário de Governo, José Humberto Pires, o encontro teve o objetivo de registrar demandas e tirar dúvidas sobre o programa

Os administradores regionais do Distrito Federal se reuniram na tarde desta terça-feira (17) com representantes do governo e coordenadores dos polos do GDF Presente para registrar demandas e tirar dúvidas sobre o programa. O encontro, que ocorreu no Salão Nobre do Palácio do Buriti, foi coordenado pelo secretário de Governo, José Humberto Pires. O chefe da pasta destacou a importância da integração entre os órgãos do Executivo local.    

“O programa está maduro e o planejamento é muito bom, mas temos que continuar nos preocupando. Nosso principal objetivo é manter a disciplina no levantamento das demandas que são de interesses da comunidade melhorando a qualidade dos serviços prestados à população do DF”, comentou José Humberto Pires. 

O chefe da pasta pediu aos administradores que continuem fazendo o levantamento de todas as ações do GDF e o remanejamento do programa para aquelas áreas que ainda não foram atendidas pelo GDF Presente. Cada representante do governo esclareceu as dúvidas dos administradores e reforçaram o que cada área tem feito para dar continuidade ao programa.      

Entre os participantes da reunião estavam os secretários das Cidades, Gustavo Aires; de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Mateus Oliveira; de Obras e Infraestrutura, Izídio Santos e de Comunicação, Weligton Moraes, além dos subsecretários adjuntos da Secretaria de Governo, Marcelo Cunha; da executiva de Políticas Públicas da Secretaria de Governo, Meire Mota; do Sistema de Defesa Civil, Sérgio Bezerra e o diretor do Serviço de Limpeza Urbana (SLU), Félix Palazzo. 

Também estiveram presentes representantes da Casa Civil, da Companhia Imobiliária de Brasília (Terracap), do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e da Agência de Fiscalização do (DF Legal).   

 

Fonte: Agencia Brasília

O programa Feira Legal foi lançado na última terça-feira (03), e tem como objetivo a melhoria das estruturas físicas das feiras, sustentabilidade financeira e acesso a novas tecnologias aos feirantes, como por exemplo, a inclusão do wi-fi social.

A Feira Modelo de Sobradinho será umas das primeiras a serem contempladas pelo Feira Legal de acordo com o GDF. O Administrador Eufrásio Pereira fala sobre a importância do programa para a cidade. “A feira de Sobradinho merece uma mudança drástica. Acredito que O Feira Legal será uma excelente oportunidade para alcançarmos todas as necessidades e estimular o comércio”, conclui.

De acordo com a Secretaria Executiva das Cidades, será criado ainda, um grupo de trabalho para analisar e propor alterações na legislação das feiras. O objetivo deste grupo é verificar a legislação atual e o que deve ser atualizado, mantido, retirado ou modificado. Será coordenado pelo secretário executivo das cidades, Gustavo Aires, a quem caberá a condução dos trabalhos.

De acordo com a Agência Brasília, O Feira Legal é mais uma ação integrada entre diversas secretarias do GDF e envolve as pastas de Projetos Especiais; Ciência, Tecnologia e Inovação; Economia; e Cidades e Governo, além do Banco de Brasília (BRB).

O FEIRA LEGAL encontra-se sob a responsabilidade da Secretaria Executiva das Cidades e Subsecretaria Adjunta de Mobiliário Urbano e Apoio às Cidades. O programa é de grande relevância ao Governador Ibaneis Rocha, bem como a esta pasta, responsável pelas feiras do Distrito Federal.

O programa FEIRA LEGAL será dividido em duas etapas. A primeira baseada em estudos desenvolvidos pela Secretaria Executiva das Cidades que pontuou as seguintes feiras:

  • Feira da Torre de TV
  • Feira Modelo de Sobradinho
  • Feira Permanente do Núcleo Bandeirante
  • Feira da Guariroba
  • Feira Central de Ceilândia
  • Feira Permanente do Guará
  • Feira Permanente do Cruzeiro
  • Feira Permanente de São Sebastião
  • Feira Confecções/Utilidades de Planaltina
  • Feira Permanente do Gama

Iniciado a primeira fase esse número de feiras será ampliado por meio de regulamentação a ser elaborada pelo Governo do Distrito Federal.

*Com informações da Secretaria de Cidades e Agência Brasília

Projeto “Bumba Meu Boi Tradição e Educação” celebra o mês do Patrimônio Cultural por meio de aula espetáculo

Olhos bem atentos, expressões curiosas e muita concentração. Foi assim que cerca de 40 alunos do 6º e 7º ano do Centro de Ensino Fundamental 05, de Sobradinho, participaram na manhã desta terça-feira, 27/08, da aula espetáculo promovida pelo Centro de Tradições Populares. O objetivo? Conhecer o Bumba Meu Boi de Seu Teodoro, um dos territórios culturais mais importantes e tradicionais do DF, fundado pelo saudoso Mestre Teodoro Freire.  A atividade faz parte do projeto “Bumba Meu Boi Tradição e Educação” que comemora o mês do Patrimônio Cultural, celebrado no dia 17/08. Ao todo, 10 escolas irão participar do projeto idealizado pelo Instituto Candango de Culturas Populares com apoio da Fundação Palmares, que acontece até 30 de agosto.

“Trazer as crianças para o Centro de Tradições Populares, é trazê-las para o berço da cultura candanga. É ensiná-las a transformar o mundo pela arte e pelo afeto. É fazê-las se apropriar de um espaço tão rico, tão bonito e tão nosso”, afirma Stéffanie Oliveira, diretora do Instituto Candango de Culturas Populares.

Recepcionados com toda simpatia e ternura de Mestra Maria, Matriarca do grupo, a criançada assistiu a uma aula, ministrada por Gilvan do Vale, puxador das toadas e membro do grupo há 28 anos, sobre a história do Bumba Meu Boi. No vídeo, Seu Teodoro fala sobre a importância da preservação da cultura popular e detalha, como ninguém, as particularidades de cada um dos cinco sotaques (estilos, formas e expressões) do Bumba Meu Boi.

Aprender brincando

Depois da teoria, a prática, ou melhor, a brincadeira! Os alunos conheceram de perto os personagens e Sotaque da Baixada que compõe o grupo do Bumba Meu Boi de Seu Teodoro: o Boi, a grande estrela da brincadeira, cheio de bordados que fazem referência ao cerrado e ao Mestre do grupo, Pai Francisco, Mãe Catirina, as índias, o Cazumbá, uma mistura de homem e bicho, além dos músicos, responsáveis por dar ritmo à dança.  

Para muitos deles essa foi a primeira vez que tiveram contato com a expressão cultural vinda do Maranhão. João Victor Araújo, de 12 anos, se arriscou na matraca e aprovou a atividade. “Eu nunca tinha vindo aqui antes e achei tudo maravilhoso. Adorei os personagens e achei os figurinos lindos”, afirma.

Segundo Mestra Maria, a experiência com as crianças é muito gratificante. “Esse projeto foi pensado para que essas crianças tenham contato com a cultura do Bumba Meu Boi e levem isso para casa, para a família e multipliquem isso na cidade onde moram. Estamos satisfeitos com o resultado desse trabalho, as crianças adoram a atividade, se encantam com os personagens, tambores e figurinos, dançam com a gente. Os olhinhos brilham”, revela.

Para a professora do CEF 05, Tamatatiua Freire, filha de Seu Teodoro, é muito importante que as crianças conheçam o lugar de origem do Bumba Meu Boi de Seu Teodoro. “ Aqui as crianças veem de perto a tradição, o que se desenvolve aqui no Centro de Cultura Popular, os personagens. É a oportunidade que os alunos têm de sair da escola e participarem de uma aula diversificada, dinâmica e muito rica culturalmente. ”

Bumba Meu Boi de Seu Teodoro

O Bumba Meu Boi de Seu Teodoro foi criado, em Sobradinho (DF), em 1963, por Mestre Teodoro Freire. O grupo que é formado por várias gerações de nordestinos, foi reconhecido por seu valor histórico e artístico e declarado Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial por meio do Livro de Celebrações do Distrito Federal, em 2004. É um dos grupos culturais mais antigos da capital federal e participa de importantes eventos da cidade.

 

Fonte: La Pauta

No dia 28/08, os servidores da Administração de Sobradinho assistiram uma palestra do SEBRAE-DF sobre empreendedorismo e apresentação do novo programa Cidade Empreendedora que será realizado em todas as regiões administrativas do Distrito Federal.

O Cidade Empreendedora é um programa de transformação econômica de municípios voltado para a gestão pública e lideranças locais (administradores). Os servidores aproveitaram a oportunidade para tirarem dúvidas sobre o programa e como ele será aplicado dentro da Administração.

A servidora Karina Borges, conta o que achou do encontro. “Eu acho que foi uma excelente oportunidade para aprendermos sobre a importância do empreendedorismo e a forma como ele transforma economicamente uma cidade”, conclui.

O programa tem como foco melhorar o ambiente de negócios através da implantação de políticas públicas e ações de desenvolvimento para os pequenos negócios, fazendo com que os benefícios da Lei Geral das MPEs sejam implantados no município. De acordo com o SEBRAE-DF.

Para celebrar o início da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, a APAE Sobradinho promoveu uma caminhada que contou com a presença do Administrador de Sobradinho, Eufrásio Pereira da Silva. Cerca de 60 alunos, professores e orientadores, fizeram o pequeno percurso, saindo da Quadra Central, com destino a sede da Administração Regional.

O Administrador exaltou o trabalho dos coordenadores e professores da APAE Sobradinho que se dedicam com tanto carinho ao desenvolvimento dos alunos, além de se comprometer a trabalhar pela melhoria da acessibilidade por toda a cidade. “Hoje não temos uma cidade totalmente acessível, mas estamos trabalhando para melhorar isso. Teremos rampas de acesso, novas calçadas, faixas bem localizadas, tudo que possa beneficiar e facilitar o acesso de quem precisa”.

A Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla acontece todos os anos durante o período de 21 a 28 de agosto. O objetivo da data é abrir debates e colocar a sociedade em reflexão no dever da igualdade para inclusão.

Com base no tema: "Família e pessoa com deficiência, protagonistas na implementação das políticas públicas" a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla 2019, vem para reafirmar no contexto desse Movimento, a importância da participação da família, em todos os processos de vida se seus filhos, seja educacional, de desenvolvimento, de habilitação e reabilitação, e demais projetos como na gestão das Apaes.

Com informações da Apae Sobradinho

 

 

Para dar mais transparência ao andamento dos processos de regularização fundiária do Distrito Federal, a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh) lançou o Portal da Regularização, nesta quinta-feira (15). A plataforma permitirá a consulta on-line de todos os procedimentos mapeados pelo órgão.

A cerimônia ocorreu no Salão Nobre do Palácio do Buriti, com a presença do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha; do secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Mateus Oliveira; de integrantes do GDF; parlamentares; e de representantes do setor produtivo e do Judiciário.

Por meio do Portal da Regularização, será possível ter acesso à fase em que os processos estão, quem é o órgão ou interessado responsável pela elaboração do projeto e dos estudos ambientais necessários para que a regularização seja aprovada pela Secretaria; além das Diretrizes Urbanísticas previstas para a área.

As informações são apresentadas segundo as Áreas de Regularização de Interesse Social (Aris), as Áreas de Regularização de Interesse Específico (Arines) e os Parcelamentos Urbanos Isolados do Solo (PUIS), assim classificados no Plano Diretor de Ordenamento Territorial e Urbano do DF (PDOT), de 2009.

Consulta gratuita
A consulta é gratuita e não é necessário se cadastrar previamente para ter acesso ao banco de dados — basta clicar no botão Regularização. Estão inseridos os dados de 369 áreas em todo o território.

Desse total, 65 têm como responsável pelo projeto a Agência de Desenvolvimento do DF (Terracap); 103, a Companhia de Desenvolvimento Habitacional do DF (Codhab); e 201 empreendedores particulares. 

A plataforma é também uma ferramenta de gestão pública, uma vez que permite o acompanhamento da quantidade exata de requerimentos formalizados na Seduh, de processos em análise e concluídos e indicação de porcentagem de conclusão de acordo com as fases da regularização.

Novos parcelamentos
Posteriormente, as informações sobre novos parcelamentos serão inseridas na página virtual. Com isso, busca-se dar mais informações à comunidade sobre a criação de novos bairros, conforme previsto no PDOT.

A medida possibilita ainda que o GDF tenha condições de combater as invasões, como destacou o governador do DF, Ibaneis Rocha. “Brasília vai ser a cidade que sempre sonhamos: legal, regularizada, na qual as famílias tenham segurança jurídica para adquirir imóveis em terrenos legais”, afirmou.

Ao tornar disponíveis as informações à população e às diversas instituições que atuam na gestão do território, a Seduh pretende dar clareza nos processos e evitar a ocupação irregular de terras, como destacou o secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação. “Invasão não gera direito à regularização. Grileiros não poderão mais enganar a população”, disse Mateus Oliveira.

Compromissos
O Portal da Regularização é um dos compromissos concluídos pela Seduh nos primeiros seis meses de governo. O esforço conjunto foi reconhecido pelo governador Ibaneis Rocha. “É um novo momento no DF, temos aí uma equipe bem empenhada”, disse.

Além disso, a Secretaria também centrou esforços na regulamentação de normas urbanísticas e no desenvolvimento econômico do território com as seguintes medidas:

Legislação

– PLC do SIG: aprovado no Conplan;

– PLC do Alvará Simplificado: minuta encaminhada à Casa Civil;

– PL das Antenas: minuta encaminhada à Casa Civil;

Agilidade

– Aprovados 364 projetos de construção civil, com área total de 2.221.113,79 m², equivalente a 312 campos de futebol;

Atendimento

– 10 Postos Avançados da CAP em 10 Regiões Administrativas, com 472 atendimentos em junho;

Regularização

– Aprovada a regularização fundiária dos Trechos 2 e 4 de Vicente Pires;

Revitalização

– Projeto piloto requalifica as quadras 511/512 da W3 Sul.

*Com informações da Seduh

 

 

Fonte: Agência Brasília

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, anunciou obras importantes na Região de Saúde Norte. Entre elas, a reforma do Hospital Regional de Sobradinho (HRS) e a construção de um bloco anexo ao Hospital Regional de Planaltina (HRPL). Juntas, elas podem garantir mais 77 leitos à população. 

“Já temos em andamento um trabalho de reforma da Emergência do hospital de Sobradinho, cuja licitação está para ser liberada”, ressaltou o governador, acompanhado do secretário de Saúde do DF, Osnei Okumoto.

O chefe do Executivo local frisou, ainda, a importância da ampliação do HRPL, com a criação de um bloco com 45 leitos, sendo 10 deles para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI). 

Dessa forma, os quase 180 mil moradores de Planaltina terão reforço na estrutura de saúde. “[O novo bloco] também terá hemodiálise e aumento do atendimento ambulatorial, para suprir a rede pública com tudo o que a população precisa”, destacou Ibaneis.

Ainda em Sobradinho, o governador aproveitou a oportunidade para visitar a Clínica da Família, localizada ao lado da UPA. 

Na ocasião, ouviu os pedidos dos gestores para fazer um cercamento ao redor da unidade. “Já determinei à Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) para entregar essa obra no prazo de 30 dias”, pontuou.

Clínica médica
Estimado inicialmente em R$ 12 milhões, o edifício anexo do HRPL vai disponibilizar leitos de clínica médica, pediatria, além do serviço de hemodiálise, que não existe em Planaltina. 

“Também terá um ginásio para fisioterapia conectado ao prédio atual, justamente para dar facilidade no tratamento dos pacientes do centro-cirúrgico e de todas as alas do hospital”, informou o superintendente da Região de Saúde Norte, Ricardo Mendes.

Quanto ao HRS, o superintendente destacou que, com a reforma, a expectativa é abrir mais 32 leitos de clínica medica no pronto-socorro do hospital. “Estamos caminhando, passo a passo, para poder dar um suporte melhor tanto à população como uma retaguarda aos pacientes atendidos na UPA, para serem encaminhados ao hospital e terem seus leitos de internação garantidos”, disse.

Novacap
Atualmente, tanto a reforma no HRS quanto a construção do bloco anexo no HRPL estão em trâmite na Novacap. O órgão é responsável pelo desenvolvimento dos projetos complementares e pela planilha orçamentária.

“Os processos já foram autorizados pela Diretoria de Vigilância Sanitária e pelo Corpo de Bombeiros. Agora, estão nos trâmites para obedecerem a legislação vigente, até que seja publicada a licitação”, informou Ricardo Mendes.

A previsão é de que as licitações dos novos espaços sejam divulgadas ainda neste semestre, garantiu o superintendente. “Assim que forem publicadas, 30 dias depois devemos começar as obras”, completou.

Com informações da Secretaria de Saúde

 

Fonte: Agência Brasília

Após um ano sem funcionar, um consultório e a Sala Amarela com dez leitos da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Sobradinho foram reabertos nesta segunda-feira (12). A solenidade de reativação contou com a participação do governador Ibaneis Rocha, do secretário de Saúde, Osnei Okumoto, e do presidente do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges/DF), Francisco Araújo.

“Com a reforma das UPAs e das UBS vamos ter condições de dar um atendimento melhor à população”, destacou Ibaneis Rocha. “Aqui nós temos uma população muito grande e durante muito tempo desassistida, com grandes problemas de infraestrutura. Estamos renovando e abrindo alas que estavam fechadas e abrindo também, daqui a 15 dias, uma ala que nunca havia sido aberta. Estamos abastecendo com insumos também.”

O Iges/DF providenciou a reforma e o reabastecimento de medicamentos e insumos hospitalares, além de novos profissionais para o atendimento. Até agora, foram encaminhados à unidade 16 médicos – entre emergencistas e clínicos –, 26 enfermeiros, oito técnicos de enfermagem e quatro técnicos de laboratório. Mais profissionais devem ser contratados chegar até o próximo mês.

 “A condição é favorável para que a gente possa estabelecer melhorias e oferecer isso à população”, lembrou o secretário de Saúde, destacando que o contrato de manutenção predial permitirá o bom funcionamento da UPA. O presidente do Iges-DF endossou: “Chegar aqui hoje e [constatar que está] tudo reformado, ver a população cobrando e nós produzindo resultados, é muito gratificante”.

Estrutura

A Sala Amarela recebe pacientes que têm indicação de internação, devendo ficar em observação por, no máximo, 24 horas. Caso seja necessário ampliar esse tempo, a equipe providencia a transferência – de forma segura, em ambulância – para os hospitais que tiverem vaga.

A Sala Amarela conta com pontos de oxigênio, leitos e carrinhos de emergência equipados para atendimento em caso de parada cardiorrespiratória. O paciente é atendido por equipe multidisciplinar composta por médico, equipe de enfermagem, nutricionista e assistente social.  Também atuam na UPA bioquímicos, farmacêuticos e odontologistas.

Atualmente, a UPA de Sobradinho realiza, em média, 2,7 atendimentos mensais. Além da sala Amarela, a unidade conta com a Sala Vermelha, que possui quatro leitos para atender pacientes graves. O espaço é equipado com ventiladores mecânicos, monitores cardíacos, bombas de infusão e rede de oxigênio. Os aparelhos são similares aos de uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Na Sala Verde, há equipes de enfermagem e poltronas para que os pacientes em condição menos urgente fiquem em observação por poucas horas e recebam medicação. A estrutura conta ainda com farmácia, laboratório, sala de raios-X e consultórios que, com as reformas, passam a totalizar seis em funcionamento.

Reformas

Assim como as outras cinco UPAs do DF, a unidade de Sobradinho recebeu diversas reformas e manutenção feitas pelo Iges/DF. Entre as melhorias, foram feitos reparos na parte elétrica e hidráulica, manutenção e troca de partes do piso como o da recepção e substituição de louças dos banheiros.

Outros equipamentos receberam manutenção e chegaram cinco longarinas (bancos com quatro lugares), dez colchões novos com travesseiros, enxoval e três novas cadeiras de rodas.

Com informações do Iges-DF

Fonte: Agência Brasília

Fotos: Mirela Lopes 

A Gerência de Cultura de Esporte e Lazer, GECULT, criada em 28 de março de 2017 pelo decreto nº 38.094, tem como principal objetivo prestar apoio ao cidadão nos eventos esportivos, culturais e de lazer da cidade. Atualmente a Gerência fica situada na Galeria Van Gogh e faz parte da estrutura da Administração Regional de Sobradinho.

Rosemaria Alves dos Santos assumiu a pasta da Gerência de Cultura há mais de três meses. Rosemaria, é servidora aposentada do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – DNIT, e está presente na área cultural há mais de 50 anos em Sobradinho. A população a conhece por sempre vê-la cantando nos eventos da cidade e por distribuir simpatia por onde passa. Em sua carreira, Rose possui projetos musicais consolidados pela região, tais como o “Samba na Praça” e “Damas de Ouro”.

A intenção de Rosemaria durante a gestão é promover a cultura em Sobradinho e incentivar os artistas locais a terem mais voz dentro da cidade. “Nossa cidade precisa voltar pro eixo cultural de Brasília e estou empenhada em fazer isso acontecer. Sobradinho possui artistas incríveis que precisam ser levados para além do Distrito Federal”, enfatiza.

A Gerente explica também como o cidadão pode solicitar um agendamento para realizar um evento. “Antes de procurar a Gerência de Cultura é necessário procurar a Administração de Sobradinho para protocolar o pedido e ter as autorizações necessárias. Em seguida, o processo chegará na Gerência e vou verificar se a data para a realização está disponível para realizar o agendamento e deferir o processo”, explica.

Com o objetivo de promover a arte em Sobradinho, a Gerente de Cultura elaborou um plano de trabalho “Sobradinho é toda arte”, que irá cadastrar e recadastrar os artistas locais com o propósito de atualizar os contatos para melhor gestão. O artista pode ligar no telefone da GECULT ou mandar por e-mail os dados cadastrais (nome completo, função artística, e-mail, e telefone).

O Administrador Eufrásio Pereira da Silva, esclarece sobre como a GECULT é importante na cidade. “A GECULT é a alma da cidade e está sendo muito bem representada pela Rosemaria. A Administração de Sobradinho oferece todo apoio necessário e está sempre de portas abertas para novas oportunidades e realizações de eventos locais”, conclui.

Saiba mais sobre as atribuições e competências da GECULT pelo DEC Nº 38.094,DE 28 DE MARÇO DE 2017.                                                                                                  

Serviços Gerência de Cultura de Esporte e Lazer:

Gerente de Cultura: Rosemaria Alves dos Santos

Endereço: Galeria Van Gogh de Sobradinho – Área Reservada 05, Quadra 08.

Telefone:3387-0931

E-mail:rosimaria.santos@sobradinho.df.gov.br

 

Para aumentar a segurança e conforto dos moradores que utilizam as vias da saída norte do Distrito Federal, o Departamento de Estradas de Rodagem do DF (DER-DF) iniciou esta semana uma obra na entrada de Sobradinho, na BR-020. O órgão está construindo um retorno, sentido Planaltina-Brasília, para evitar acidentes na região, além de faixas de desaceleração e aceleração. A ação vai beneficiar cerca de 15 mil motoristas que transitam pelo local diariamente. 

Moradora de Planaltina, Andreia Abreu, 40 anos, vai constantemente até Sobradinho. Ela acredita que o novo acesso vai diminuir os acidentes que acontecem cotidianamente no local. “A iniciativa do governo é muito válida porque teremos mais tempo para desacelerar o carro e retornar para a pista”, elogia. 

O motorista Ítalo Rodrigues, 33 anos, também comemora a ação do GDF. “Acidentes acontecem quase todos os dias lá, principalmente com veículos que tentam ultrapassar pelo acostamento. Agora com as faixas de desaceleração e aceleração serão muito mais seguras para nós”, comemora o morador do Colorado.

Fluidez no trânsito

Segundo o superintendente interino de Obras do DER-DF, Mozer Teixeira, o novo acesso também vai melhorar a fluidez do trânsito na região. “Geralmente o motorista sai do comércio local e quer entrar na pista e em seguida no retorno, o que causa acidentes ou atrapalha o fluxo da via porque é pouco espaço para desenvolver o carro”, explica. 

Cerca de 12 profissionais trabalham para entregar a obra na segunda quinzena do próximo mês. Para implementar o novo retorno estão sendo feitos serviços de terraplenagem, capa asfáltica e sinalizações verticais e horizontais. Custeado pelo DER-DF, o investimento da obra foi de R$ 150 mil.

(Fonte: Agência Brasília)

 

 

No próximo dia 27 de julho, Sobradinho vai receber a campanha gratuita “Projeto Hepatite Zero”, que tem como objetivo realizar testes para identificar a Hepatite viral em maiores de 40 anos. O atendimento será realizado na Feira Modelo de Sobradinho, das 08h às 17h. Serão oferecidos 800 testes para a população da região. A ação é apoiada pela Administração Regional, Rotary Club e Faculdades Integradas UPIS.

O objetivo da campanha de acordo com o projeto, é realizar atendimento não disponível na rede pública com o intuito de prevenção contra a hepatite viral. No Brasil, mesmo com o uso de drogas e transplante são pouquíssimos os casos de recuperação do infectado após a detecção em fase terminal. O teste permite mais que um simples diagnóstico precoce, ele salva a vida daquele onde se detecta a doença, possibilitando a preservação das funções hepáticas e a cura completa da pessoa infectada.

O que é Hepatite?

A Hepatite se trata da inflamação do fígado. Pode ser causada por vírus ou pelo uso de alguns remédios, álcool e outras drogas, assim como por doenças autoimunes, metabólicas e genéticas. São doenças silenciosas que nem sempre apresentam sintomas. As hepatites virais são inflamações causadas por vírus específico. O Brasil registrou 40.198 casos novos de hepatites virais em 2017.

Formas de transmissão:

 · Contágio fecal-oral: condições precárias de saneamento básico e água, de higiene pessoal e dos alimentos.

· Transmissão por contato com sangue, por meio de compartilhamento de seringas, agulhas, lâminas de barbear, alicates de unha e outros objetos que furam ou cortam.

Porque fazer o Teste?

A Hepatite viral é uma doença perigosa que mata sem que a pessoa perceba. Quando os sintomas aparecem não há muito o que fazer pois já ocorreu o comprometimento de órgãos vitais como fígado e o baço. No Brasil, mesmo com o uso de drogas e transplante, são pouquíssimos os casos de recuperação do infectado após a detecção em fase terminal. O teste permite mais que um simples diagnóstico precoce, ele salva a vida daquele onde se detecta a doença, possibilitando a preservação das funções hepáticas e a cura completa da pessoa infectada.

 

SERVIÇOS:

Público Alvo: Maiores de 40 anos

Local de Realização: Feira Modelo de Sobradinho

Horário: de 8 às 17 horas

Dia: 27 de julho de 2019

Equipe Técnica: Professores e Alunos de Enfermagem e Farmácia da UPIS

Equipe de Apoio: Rotarianos do Rotary Club de Brasília e Servidores designados pela Administração de Sobradinho

Coordenador Técnico: Prof. Enfermeiro Oswaldo Celio Lage, da UPIS

Quantidade Mínima de Teste a serem realizados:

800 (oitocentos)

Características dos Testes:

São gratuitos, descartáveis, indolor e oferecem resultado imediato.

Agora, Unidade de Terapia Intensiva do HRS funciona 100%

 

O Hospital Regional de Sobradinho (HRS) reabriu o último leito que estava inoperante na sua Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto. Com isso, a capacidade total subiu para oito leitos, disponíveis aos pacientes em estado grave, que necessitam de hemodiálise – processo que filtra o sangue para remover as substâncias tóxicas.

 

“Agora, a UTI funciona 100%, com todos os leitos ativos. É um enorme ganho para a região e para toda a rede de saúde porque é dialítico e tem uma grande demanda. Ou seja, é mais um leito regulado à disposição da população”, afirma o superintendente da Região de Saúde Norte, Ricardo Tavares.

 

Por falta de equipamentos, o leito ficou desativado por mais de quatro meses. Para mudar esse quadro, foi necessário o trabalho conjunto de toda a rede pública de saúde. Um exemplo é o Hospital Regional de Ceilândia (HRC), que doou quatro bombas de infusão para Sobradinho. “Para abrir um leito é preciso de três a quatro bombas de infusão, porque são para pacientes graves”, ressalta a diretora do HRS, Juliana Queiroz.

 

Além disso, com o suporte do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF), foi possível conseguir um respirador da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Sobradinho para a UTI adulto. Por fim, com a renovação do contrato de manutenção no HRS, o monitor para o leito recebeu manutenção e foi arrumado.

 

ENVOLVIMENTO – “Houve o envolvimento de toda a rede. Diante do grande número de pacientes que tem esperado por uma vaga de UTI, esta é mais uma oferta à disposição e causa um impacto enorme no atendimento. Com isso, vamos aumentar o suporte para a Região de Saúde Norte e toda a rede”, ressalta a diretora.

 

Em média, 120 pacientes aguardam por um leito de UTI adulto na rede. Desses, cerca de dez precisam de hemodiálise, que são os mais graves e demoram mais tempo na unidade. “A taxa de permanência chega a ser de até 30 dias, a depender da complexidade e do tempo de espera. A maioria é de idosos e com doenças pré-existentes, como diabetes e hipertensão”, conta Queiroz.

 

Dos oito leitos na UTI adulto do HRS, seis são regulados, disponíveis por meio do Complexo Regulador da Secretaria de Saúde. Os dois restantes funcionam como retaguarda para atender aos pacientes que passaram por cirurgias eletivas no hospital. “Em geral, são pacientes com câncer, ou com fratura de fêmur, que ficam internados por até dois meses no hospital”, informa a diretora.

 

 

Leandro Cipriano, da Agência Saúde
Fotos: Breno Esaki/Saúde-DF

Podas de árvores, limpeza e retirada de entulhos, tapa buracos, roçagem, manutenção de vias não pavimentadas. Esses são alguns dos principais serviços realizados ao longo da semana, entre os dias 08 e 12 de julho, em Sobradinho. Os atendimentos aos pedidos de Ouvidoria estão sendo realizados pela Administração de Sobradinho em parceria com o programa GDF Presente.

“A atuação do programa e sua parceria com a equipe de Obras e Manutenção da Administração Regional de Sobradinho tem se mostrado muito positiva para a cidade, pois, sem dúvidas, conferiu maior agilidade no atendimento das demandas cadastradas em nossa Ouvidoria”, reforça a Chefe da Ouvidoria da Administração, Ana Maria Melo.

Francisco Carlos, morador do condomínio Uberaba desde os anos 80, elogia o trabalho que vem sendo realizado ao longo dos últimos meses na região. “Tenho que elogiar o trabalho que o GDF junto à Administração vem realizando na nossa região. Além de ter um atendimento rápido às nossas demandas, nós sempre vemos os maquinários, material de qualidade e a equipe trabalhando na manutenção das nossas vias que ainda não são asfaltadas”. Sobre as expectativas ele espera que o programa não acabe e que possa sempre atender as demandas da comunidade, que cresce a cada dia.

Outra demanda recorrente da população é a limpeza e retirada de entulhos, sobretudo nas faixas verdes de Sobradinho.  “Infelizmente é recorrente a presença de carroceiros e outros moradores nas faixas verdes despejando todo tipo de lixo e entulhos”, ressalta a moradora, Nathalia Silva. Ela conta que tem notado a presença constante das equipes nas obras e manutenções das ruas de Sobradinho. “Mas eu noto que sempre tem carros da Administração fazendo a coleta desses lixos e galhadas das árvores, além dos tapas buracos. Espero que essas ações sejam permanentes, para que possamos sempre ver Sobradinho organizada”, conta a enfermeira.

A ação atendeu ainda diversas demandas antigas de tapa buraco, manutenções e pavimentação de vias de grande circulação, como a Avenida do Contorno. “A pavimentação de alguns trechos da Avenida do Contorno e o balão de acesso a Sobradinho 2 era uma antiga demanda da nossa comunidade e finalmente conseguimos atender”, comemora o Administrador Regional, Eufrásio Pereira. “O GDF, na pessoa do nosso Governador Ibaneis Rocha, tem ido a todas as comunidades e realmente tem estado presente, trazendo mais conforto e comodidade não somente aos moradores de Sobradinho, mas a todas as regiões administrativas do Distrito Federal”, finaliza.

 

A parceria entre o Programa GDF Presente e a comunidade beneficiada têm rendido bons frutos ao Distrito Federal. Juntos, executam o reparo de todo o Ginásio de Esportes de Sobradinho, que há mais de quatro anos não era revitalizado. O trabalho conta também com o apoio da Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso (Funap), que oferece mão de obra de baixo custo, gerando economia aos cofres públicos.

O Ginásio de Esporte de Sobradinho é um dos locais de melhor estrutura para receber eventos desportivos no Distrito Federal. Mas, ao longo dos seus 31 anos de serviços prestados à população, a degradação é evidente. Por isso, observam dirigentes do DF, faz-se urgente e importante cuidar e modernizar o local para receber eventos de grande porte, oferecendo-se estrutura aos atletas que necessitam do espaço. E, consequentemente, girando a economia de Sobradinho e do Distrito Federal.

“Gostaria de frisar a importância do GDF Presente. Essa parceria está desafogando e muito as administrações, principalmente a de Sobradinho”, comemora o administrador de Sobradinho, Eufrásio Pereira da Silva. “Estamos arrumando o ginásio com um custo zero para a administração, isso é o resultado de boas ideias e de uma boa gestão”.

O Ginásio de Esportes de Sobradinho recebe, diariamente, entre 750 e mil pessoas. São oferecidas 16 modalidades de esporte de forma gratuita à população. Entre elas futsal, ginástica, capoeira, karatê, voleibol, ginastica rítmica, ninjútsu, acupuntura, kungu-fu, street dance, boxe chinês, boxe, judô, jiu-jitsu, futevôlei e dança charme. O local recebe alunos de todas as idades e classes, sem qualquer distinção.

“Eu trabalho aqui há 25 anos. Só agora vejo que está melhor, que a ajuda está vindo, e que as nossas reivindicações estão sendo atendidas”, conta Laerte César Timóteo, responsável pelo Ginásio. “A comunidade vendo que o governo está fazendo fica estimulada e os empresários nos ajudam com doações cada vez mais”, festeja.

Fonte: Agência Brasília

O Administrador, Eufrásio Pereira da Silva, visitou o Centro Especial de Sobradinho (CEE 01). Durante o encontro ele aproveitou para conversar com o diretor responsável e assistiu a quadrilha feita pelos alunos e professores.

O Centro Especial de Sobradinho foi criado em 1969, mas somente na década de 80 que começou a receber alunos especiais. Desde então, a escola tem passado por diversas reformas para se adequar ao melhor ambiente possível para receber os alunos. O diretor da atual gestão Juraci Ribeiro, explica. “Ano após ano a gente busca criar inovações no ambiente. Atualmente temos até uma horta adaptada para eles.”

Durante a visita foi possível prestigiar a apresentação de quadrilha dos alunos e professores. Para o Administrador foi uma oportunidade de conhecer o Centro Especial. “É gratificante ver que Sobradinho possui um espaço tão acolhedor para crianças e adultos especiais. A escola tem o apoio da Administração para o que precisar e estamos estudando possibilidades de aumentar a segurança no local”, finaliza.

O diretor Juraci, explica que a escola possui 280 alunos com idades de 0 a 50 anos e ao longo do dia as atividades incluem, currículo funcional, oficinas pedagógicas, educação física, estimulação com natação, horta terapêutica, teatro e entre outras.

Para realizar matrícula é necessário estar matriculado em escola regular ou, após avaliação da equipe especializada de apoio a aprendizagem (EEAA), ser matriculado no próprio Centro de Ensino Especial.

De acordo com a Secretaria de Estado de Educação, as Escolas especializadas são para atendimento complementar a estudantes com deficiência incluídos em escolas regulares e para estudantes com maior grau de comprometimento em caráter exclusivo.

 

CEE 01 de Sobradinho

Horário de Atendimento

Das 8h às 12 e das 14 às 18h

Telefone: 3901-4101

http://www.se.df.gov.br/ensino-especial/

 

 

Iniciada em janeiro, a operação Administração nas Ruas já percorreu 15 quadras de Sobradinho e ainda tem um longo calendário a ser cumprido. Idealizada pelo administrador Eufrásio Pereira a ação visa manter a cidade limpa e conscientizar a população sobre o manejo e descarte correto de seus rejeitos.

“Sobradinho há muito tempo estava abandonada. Com a Administração nas Ruas é possível cuidar da nossa cidade e mantê-la limpa, evitando até mesmo casos de proliferação do mosquito aedes aegypt”, comenta o administrador.

Os serviços prestados são recolhimento de entulhos e galhadas, coleta de lixo, roçagem, tapa buracos, terraplanagem, vistorias e desobstrução de boca de lobos, verifcação de possíveis pequenas podas, além de outros serviços pontuais. Vale ressaltar que ao longo dessa ação não são recolhidos restos de obra e outros tipos de lixos, tais como lixos orgânicos.

Os moradores podem e devem participar da ação junto com a Administração, para isso, basta registrar a manifestação na Ouvidoria, por um dos canais oficiais, que são, o telefone 162, o site da administração ou atendimento presencial, na sala 10 na sede da Administração Regional.  Conforme o último relatório divulgado, a Administração já teve 102 pedidos respondidos, entre janeiro e março deste ano, sendo que a maioria das solicitações são resolvidas pela ação Administração nas Ruas.

A Administração nas Ruas é uma ação contínua em Sobradinho. Acompanhe as nossas redes sociais, o calendário é divulgado semanalmente em nossas páginas.

 

A ação solidária teve como objetivo promover o bem estar  e união dos moradores da quadra 14

Tudo começou com a boa vontade de quatro moradores da Quadra 14 de Sobradinho. Eles se uniram para revitalizar praça abandonada com objetivo de promover o bem estar das famílias e lazer para os jovens e crianças da comunidade.

A revitalização da pracinha começou em março deste ano com Almiro Silva da Conceição, idealizador e morador da região. Ele iniciou limpando o espaço público e realizando pinturas por conta própria. Almiro conta que a comunidade ao ver o movimento dele resolveu participar. “No começo era só eu, com o passar dos dias fui recebendo apoio de mais três pessoas e de alguns comerciantes locais. Quando vi estava recebendo tintas e tendo material para continuar a reforma da pracinha”, explica.

O local antes abandonado começou a ter mais vida, a ter mais cores e receber os moradores em todos os horários e dias da semana. Almiro enfatizou a parceria que ele tem com a Administração de Sobradinho. “É muito gratificante ter o apoio do Eufrásio, Administrador, ele sempre está disposto ajudar e atende todas as nossas demandas. Para mim, reformar e cuidar da pracinha da quadra 14 é promover a verdadeira solidariedade”.

Moradora da região há mais de dez anos, Cleilda Silva, conta como tem sido frequentar e ajudar na manutenção da praça. “É como se fosse a extensão da minha casa. O espaço tem proporcionado que minha filha tenha um refúgio. Na pracinha, a gente encontra moradores e troca experiências”, relata.

Porém, os idealizadores dizem que o maior problema deles atualmente é a falta de conscientização de alguns frequentadores, pois mesmo com a praça sendo cuidada ocorre casos de vandalismos. André Castro, ajudante no movimento comenta sobre. “A gente têm as melhores das intenções em cuidar do espaço e encontramos depredações do local. A comunidade precisa entender que é responsabilidade de todos zelar pelos espaços públicos”, enfatiza.

Os idealizadores pretendem no futuro colocar projetos sociais na praça e promover mais encontros na comunidade, além de espalhar o movimento de revitalização para todas as praças de Sobradinho. O Administrador, Eufrásio Pereira da Silva, comenta sobre a iniciativa dos moradores. “A Administração de Sobradinho está de portas abertas e fica feliz de ver a comunidade cuidando do espaço público da Quadra 14. Não haverá empecilhos para os moradores que trouxeram as suas ideias e projetos. Estamos aqui para ajudar a promover a solidariedade”, conclui.

Hoje, 19/06, foi inaugurado na Administração Regional de Sobradinho o Centro de Aprovação de Projetos (CAP). A solenidade contou com a presença do Administrador Eufrásio Pereira da Silva, do Secretário de Habitação, Mateus Leandro de Oliveira, Subsecretário da CAP, Ricardo Augusto de Noronha e do Administrador Regional do Sobradinho II, Alexandre Yanez.

O cidadão terá na CAP na Administração Regional de Sobradinho, apoio administrativo, atendimento às demandas de aprovações de projetos e entrada para pedido de alvará de construção, podendo tirar dúvidas com os analistas.

De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEDUH), a descentralização do atendimento da CAP é um dos eixos de atuação do programa SOS Destrava DF, pacote de medidas anunciado pelo Executivo local em 15 de fevereiro. 

O Administrador Eufrásio Pereira, comentou sobre a solenidade. “ A equipe da Administração de Sobradinho está muito feliz por receber um Centro de Aprovação de Projetos. Estamos de portas abertas para a Secretária e ansiosos para começar a receber as demandas da comunidade.’’

O Secretário de Habitação explicou sobre o papel do CAP. “O cidadão terá agilidade com a aprovação de projetos com atendimentos personalizados e próximos. A descentralização da CAP é um reflexo da preocupação do nosso governador em querer mais resultados.  É uma grande satisfação ter um espaço na Administração de Sobradinho.”

Ao final da solenidade foi inaugurada a sala onde ficará o CAP e contou com a participação dos servidores da casa e autoridades.

 

Maior grupo esportivo feminino do Brasil, contando com mais de 5 mil mulheres entre ciclistas, corredoras e triatletas, o Brutas se prepara para a segunda edição de sua prova, o Rainhas da Montanha. A competição de mountain bike está marcada para o dia 25 de agosto, em Sobradinho, no Distrito Federal, e conta com participação de todos os públicos, desde as iniciantes no pedal até as profissionais, com percursos em três níveis: o passeio de 20 km, e as disputas de 35 km e 70 km (duas voltas no circuito).

Voltado para as mulheres e visando incentivar a participação feminina no mountain bike, o evento é dividido em categorias por faixa etária, que vai de 12 até 65 anos: as Brutinhas, Flores, Lobas, Gladiadoras, Mais Charmosas, Brutonas, Elite, as Duplas Mistas, Duplas Femininas. Neste ano terá uma nova categoria simbólica, a Perucas, na qual os homens poderão se divertir e participar, ou usando uma peruca, ou se vestindo de uniforme rosa, ou então de maquiagem.

“O Rainhas da Montanha é um ‘elogio’ recebido pelas mulheres que se desafiam em percursos de bicicleta, sendo considerada uma exaltação no meio ciclístico. Logo, nós do grupo das Brutas decidimos criar este evento para coroar todas as rainhas da montanha por meio de um evento super charmoso”, conta Jéssica Rodrigues, organizadora da prova. “A novidade desse ano é que mulheres a partir de 50 anos não pagam inscrição. As crianças também tem inscrição grátis, em que farão um percurso simbólico e ainda ganham medalha de participação”, complementa Jéssica.

A competição será realizada em Sobradinho, cidade-satélite localizada a 15 km do Planalto Central. Após a estreia em 2018, com 220 participantes e mais de 70 troféus de premiação, a expectativa da organização é de que mais de 300 atletas vão encarar novamente este desafio para se tornar uma finisher, ou seja, Rainha da Montanha. O evento conta com a liberação da Federação Metropolitana de Ciclismo e da Administração de Sobradinho, para a realização de um evento familiar com várias atrações.

Inscrições – As inscrições para a segunda edição do Rainhas da Montanha custam R$ 100,00 e podem ser feitas até o dia 22 de agosto pelo site: https://sistime.com.br/eventos/2019/rainhasdamontanha2019/.

Serviço – Rainhas da Montanha
Data: 25 de agosto
Horário: A partir das 8 horas
Local: Parque Ecológico dos Jequitibás
Endereço: Área Especial 5 – Sobradinho, Brasília (DF)
Inscrição: https://sistime.com.br/eventos/2019/rainhasdamontanha2019/

Mais informações:
Site: http://www.brutas.com.br/
Facebook: https://www.facebook.com/brutasmtb/
Instagram: https://www.instagram.com/brutasmtb

 

Fonte: Surgiu.com

O Governo do Distrito Federal lançou um programa GDF Presente que tem como objetivo realizar manutenções e reparos nas cidades.

A Administração Regional de Sobradinho recebe o programa GDF Presente na cidade entre os dias 04 e 11 de junho. Moradores que precisam registrar suas demandas, reclamações sobre tapa-buraco, limpeza de ruas e retiradas de entulho podem entrar em contato com a Ouvidoria, pelo telefone 162 ou comparecer presencialmente, na sede da Administração Regional de Sobradinho, para protocolar o pedido. Ao todo foram disponibilizadas para a região 17 equipamentos para atender a cidade.

Lembrando que o GDF Presente estará em Sobradinho uma vez ao mês, as datas sempre serão divulgadas previamente. Vale ressaltar que as demandas serão atendidas por grau de necessidade.

Confira as demandas que já foram atendidas:

  • Terraplanagem nos condomínios Uberaba, Morada Colonial e Novo Oriente
  • Reforma da pavimentação da avenida contorno
  • Manutenção Praça Teodoro Freire Quadra 8
  • Limpeza de escoamento de água no Condomínio Vila Nova
  • Limpeza nas quadras 13, 14, 15 e 17

 

SOBRE O GDF PRESENTE

O GDF Presente iniciou as atividades no dia 13 de maio. O eixo de atuação do programa está baseado nos resultados do SOS DF, que organizou forças-tarefas para solucionar de forma imediata os problemas emergenciais nas cidades. A ideia do governo agora é descentralizar as ações de forma a agilizar a solução das demandas da população e das administrações regionais.

Para cumprir o planejamento, foram criadas sete Unidades de Planejamento Territorial (UPT). Os Polos, como são chamados, receberam 122 equipamentos da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) para atender as demandas e as ações começaram nas três áreas que mais têm reclamações da população, conforme levantamentos realizados pela Ouvidoria e nas redes sociais: Polo Oeste, Polo Sul (Gama, Recanto das Emas, Riacho Fundo II e Santa Maria) e Polo Norte (Fercal, Planaltina, Sobradinho e Sobradinho II).

Outros quatro Polos serão ativados na sequência. A área rural também foi contemplada e dispõe de uma unidade própria, com equipamentos da Secretaria de Agricultura (Seagri-DF) e do Departamento de Estradas e Rodagem (DER).

O programa não tem prazo para encerrar as atividades, enquanto houver demandas das administrações regionais e não demandará mais gastos aos cofres do GDF. Segundo a Secretaria de Cidades, o contrato do maquinário já existe e os equipamentos serão apenas redirecionados para atender as necessidades de forma mais ágil, eficiente e eficaz.

SERVIÇO:

GDF Presente

Data: 04/06 a 11/06

Onde: Sobradinho, Nova Colina e Rota do Cavalo

 

Conheça os pontos de atendimento às mulheres que sofrem violência doméstica
 

Por: Kátia Karina

Com o crescimento expressivo dos casos de feminicídio, a Secretaria de Segurança Pública (SSP/DF), lançou a campanha #MetaaColher, onde convida a população a repensar o ditado popular “em briga de marido e mulher não se mete a colher”. O intuito é conscientizar a sociedade sobre a importância do cidadão denunciar e não fechar os olhos para a violência contra as mulheres.

Dados da Secretaria de Segurança Pública informam que o crime contra as mulheres no DF cresce em até 50% em um ano. Em Sobradinho, já foram registrados mais de oito casos de feminicídios apenas neste primeiro semestre de 2019.

O Administrador Regional, Eufrásio Pereira da Silva, lamenta os casos de violências. “Infelizmente temos recebido tristes notícias de crimes contra as mulheres na cidade. É necessário a comunidade ser ativa e ajudar denunciar casos de qualquer tipo de violência contra à mulher.”

Em conversa com psicóloga e assistente social Lis Arantes, do Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS, de Sobradinho, explica sobre a importância das denúncias. “Ao realizar uma denúncia é possível evitar uma agressão mais grave e até mesmo o feminicídio. A vítima pode realizar uma denúncia anonimamente e todas as providências de segurança serão tomadas. A agressão contra a mulher é um problema social grave e todos nós precisamos nos preocupar e ficarmos atentos”, enfatiza.

Lis Arantes, também explicou como identificar se um relacionamento é abusivo. “É sempre importante ficar atenta aos pequenos sinais do dia-a-dia como, por exemplo, se o parceiro restringe saídas, impõe opiniões, se tem ciúmes excessivo, se está sempre tentando controlar e oprimir, se humilha a vítima e xinga, se diminui autoestima, se força atos sexuais, se controla o dinheiro, dentre outros sinais. Se você passa por alguma situação assim seu relacionamento possivelmente não é saudável,” explica.

No Brasil, foram criadas legislações para a proteção da mulher como a Lei Maria da Penha 11340/06, que tem como objetivo enfrentar a violência contra o gênero, e a Lei do Feminicídio 13.104/15, que alterou o código penal para incluir mais uma modalidade de homicídio qualificado, o feminicídio: quando crime for praticado contra a mulher por razões da condição de sexo feminino.

Pontos de Atendimento:

Em Sobradinho, existem pontos de apoios para denunciar os casos de violência contra a mulher em qualquer delegacia, fórum, defensoria, postos de saúde e no Creas. As denúncias podem ser feitas pelas vítimas, por vizinhos, parentes, amigos e qualquer pessoa que veja uma situação abusiva contra a mulher. Os números para denunciar anonimamente são: 180,156 (opção 6) e 190.

Disque 180:

Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência – Ligue 180 – é um serviço de utilidade pública gratuito e confidencial (preserva o anonimato), oferecido pela Secretaria Nacional de Políticas, desde 2005.

Disque 156 opção 6 Mulher:

Canal de atendimento, com objetivo de trazer informações para as mulheres que se encontram em situação de violência, oferecendo instrumentos para auxiliar e solucionar dúvidas e informar locais de atendimento, facilitando e encorajando as mulheres a procurarem ajuda ou a denunciar situações de violação de direito, por meio da Central 156, opção 6.

CREAS Sobradinho:

Telefones: (61) 3387-2241 / 3387-8651

13º Batalhão de Polícia Militar  em Sobradinho:

Endereço: Quadra Central, Área Especial nº 2, Lote 02

E-mail: 13bpm.secretaria@gmail.com

Telefone: 3190-1304.

13º Batalhão de Polícia Civil em Sobradinho:

Endereço:Quadra Central, AE, Lote M

Telefones: (61)3207-7211 / 3207-7211

Defensoria Pública de Sobradinho:

Endereço: Loja 01, Quadra 13

Telefone:  (61) 3387-1626

Fórum de Sobradinho:

Endereço: St. Administrativo Quadra Central, F

Telefone: (61) 3103-3015

Promotoria de Justiça de Sobradinho – MPDFT:

Endereço: St. Comercial Central, Quadra Central, Loja 01

Telefone: (61) 3487-8900

Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam):

Plantão:  (61) 3207-6195

Endereço: EQS/ 204/205 – Asa Sul

Casa Abrigo:

É um espaço de garantia de defesa e proteção de mulheres vítimas de violência doméstica e sexual, em risco de morte, e de seus dependentes. O acesso se dá apenas por encaminhamento da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam). O endereço da Casa Abrigo é mantido em sigilo por motivos de segurança.

Centros Especializados de Atendimento às Mulheres (CEAM):

São espaços de acolhimento e atendimento psicológico, social, orientação e encaminhamento jurídico para as mulheres em situação de violência.  

Endereços e informações: http://www.mulher.df.gov.br/centro-especializado-de-atendimento-a-mulher-ceam/

Núcleos de Atendimento às Famílias e aos Autores de Violência Doméstica – NAFAVD:

Os NAFAVD são unidades de atendimento que realizam acompanhamento interdisciplinar com homens e mulheres envolvidos/as em situações de violência doméstica e familiar contra mulheres, tipificadas pela Lei Maria da Penha, a partir das perspectivas de gênero e direitos humanos, por meio de espaços de escuta, reflexão e empoderamento de mulheres em situação de violência, e o trabalho de responsabilização, reeducação e reflexão com autores de violência doméstica e familiar contra as mulheres.

Endereços e informações: http://www.mulher.df.gov.br/nucleos-de-atendimento-as-familias-e-aos-autores-de-violencia-domestica-nafavd/

 


 

 

As inscrições para os Centros Interescolares de Línguas (CILs) serão abertas no dia 05 de junho para os alunos da rede pública que estão cursando o 6º ano do Ensino Fundamental até o Ensino Médio, incluindo o 2º e 3º segmentos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) no ano de 2018. O cadastro será feito pelo site da Secretaria de Educação e se estenderá até o dia 22 de junho. As inscrições neste momento serão abertas apenas para os estudantes que ainda não estudam nos CILs. Aqueles que já são matriculados devem aguardar cronograma interno que será divulgado em cada unidade de ensino.

No ato de preenchimento, o candidato poderá escolher até quatro Centros de Línguas de diferentes regionais para os quais deseja concorrer à vaga, além de optar por turno contrário ao horário de matrícula na escola de ensino regular. É importante lembrar que os alunos que forem contemplados no mesmo turno de onde estuda não terá direito assegurado para efetuar a matrícula nos Centros. Apenas se houver disponibilidade de vagas a unidade escolar regular ou o CIL poderá oferecer vaga em turno contrário.

O candidato poderá ser contemplado somente em uma língua. Para desempate, a menor idade será o critério nos três níveis.

Aqueles que não encontrarem o nome na atual unidade escolar onde estuda devem procurar a secretaria da escola. Em caso de problemas com a inscrição, o interessado pode entrar em contato por meio do e-mail: inscricaocil@gmail.com.

A inscrição não garante vaga, apenas habilita o estudante a concorrer os pleitos disponibilizados.

SERVIÇO

Inscrições: 05 a 22 de junho

Site: www.educacao.df.gov.br

Mais informações: inscricaocil@gmail.com

 

Fonte: Secretaria de Estado de Educação

Em comemoração ao Mês do Líder Comunitário, 14 representantes da comunidade receberam das mãos do Administrador Regional de Sobradinho, Eufrásio Pereira da Silva e do Secretário de Atendimento à Comunidade, Severino Cajazeiras uma singela homenagem para agradecer pelo excelente serviço prestado à frente de suas comunidades, sendo exemplos de garra, determinação e coragem.

A solenidade realizada no dia 30 de maio, na sede da Administração de Sobradinho, contou também com a presença do Subsecretário de Ações Comunitárias, Joaquim Roriz Neto, do Presidente da Associação Nacional dos Líderes Comunitários – ANALC, Ilço Firmino e do Presidente do Instituto Nacional da Criança, Adolescente e Idoso, Nathan Rodrigues Barbosa.

O Administrador Regional, Eufrásio Pereira da Silva, abriu a solenidade emocionado ao ver os líderes presentes. "É com muita alegria que parabenizamos todos os líderes comunitários de Sobradinho. Além de serem representantes da nossa comunidade se doam diariamente para a nossa população. A Administração está de portas abertas para recebê-los". O Administrador concluiu seu discurso afirmando que acredita que Sobradinho será uma cidade de ponta se continuar a contar com os líderes que hoje a representa.

Severino Cajazeiras, Secretário de Atendimento à Comunidade, disse que o governo está à disposição para atender e resolver as demandas dos líderes comunitários. "Hoje o GDF tem como prioridade também a valorização das lideranças comunitárias. Queremos que o líder comunitário tenha voz, tenha vez e que não seja invisível”, enfatizou. O Secretário pontuou que a gestão atual tem como meta ficar perto da comunidade e atender todas as causas sociais. “Nosso Governador vê com bons olhos todas as ações realizadas pelos líderes comunitários”, completou.

Nathan Rodrigues, presidente do Instituto Nacional da Criança, Adolescente e Idoso, falou sobre o papel do líder comunitário. “Toda cidade precisa ter seus defensores, pois sem eles nenhum governo se mantém sem saber os reais problemas de uma população. Os líderes comunitários são os olhos de uma sociedade”.

Joaquim Roriz Neto, Subsecretário de Ações Comunitárias, agradeceu aos líderes o papel que eles desempenham em suas comunidades. "A Secretaria de Atendimento à Comunidade quer parabenizar todos os líderes da cidade e agradecer a Administração de Sobradinho por ter aceitado a realização do evento. Nós estamos aqui para olhar nos olhos e todos vocês e dizer tudo o que as outras pessoas esquecem de falar, um simples muito obrigado. É isso que nós temos hoje”.

Finalizando os discursos e homenagens, Ilço Firmino, Presidente da ANALC, enalteceu os líderes e seus perfis a frente de suas comunidades. “Para ser líder comunitário tem que ser que nem filho de príncipe, ter o sangue azul, ter o dom de ajudar, ter o dom de sentir na pele o que a pessoa está passando, entender a necessidade do próximo e ajudar e isso vem de dentro, vem do sangue. Não é querer ser, é ter condições de ser líder comunitário”.

A Administração Regional de Sobradinho apoia e deseja a todos os líderes, sucesso em suas jornadas.

Foto destaque: Tatiana Rehbein
Fotos Matéria: Kátia Nascimento e Tatiana Rehbein

 

Feira da Lua especial, exposição, arte na praça, hasteamento da bandeira, corte do bolo, culto, missa, passeio ciclístico e um dia todo de lazer. Essas foram as atividades que marcaram a comemoração dos 59 anos de Sobradinho, celebrado entre os dias 10 e 19 de maio. O principal objetivo foi proporcionar a população uma comemoração simples e acessível, e sobretudo, que todos pudessem participar.

A abertura aconteceu no dia 10 de maio com a Feira da Lua Especial e contou com a presença de autoridades locais, orquestra sinfônica, dança cigana e apresentações de bandas da região. Ao longo do mesmo final de semana a cidade também recebeu mais eventos como a Expo Sobradinho, Arte e Samba na Praça.

O dia 13 de Maio, data oficial do aniversário da cidade, foi marcado pela solenidade oficial, com Hasteamento da Bandeira e corte do bolo. A solenidade contou com a presença do coordenador do Pólo Área Norte, do Programa GDF Presente, do Conselho Permanente de Políticas Públicas e Gestão Governamental do GDF, Ronaldo Alves, do Diretor do Centro Universitário e Faculdades Projeção – Unidade Sobradinho, Cauê Zaghetto, a Diretora do Colégio Santa Rita de Cássia, Márcia Rezende, e o Deputado Distrital João Cardoso.

Em discurso Eufrásio Pereira, ressaltou que enquanto administrador de Sobradinho sempre pensa bastante ao tomar as decisões, pois as ações refletem diretamente no presente e no futuro da população. Ele também destacou a atuação de toda a equipe de trabalho, que não mede esforços para que o trabalho seja realizado de forma primorosa.

Sobre as comemorações, o administrador reforçou que buscou montar uma comemoração que atendesse a toda comunidade e que prestigiasse a cidade. “Queríamos uma celebração em que todos pudessem participar de todos os eventos. Por isso estivemos na Feira Lua, abrimos um espaço para a exposição do comércio e artistas locais. Quisemos ressaltar que Sobradinho só será justo se for para todos”.

A comemoração seguiu com um Culto na Igreja Manancial de Deus, uma missa na Paróquia Nossa Senhora do Rosário de Fátima. A semana de celebrações foi encerrada com um passeio ciclístico e uma manhã de lazer no Parque Jequitibás.

É prioridade no Governo do Distrito Federal garantir a manutenção das cidades. Com início nesta segunda-feira (13), o programa GDF Presente tem como diferencial descentralizar ações para agilizar soluções de demandas das administrações regionais, que, dessa forma, reforçam seu empoderamento para trabalhar. O novo eixo de atuação está alinhado aos resultados do SOS DF, que levou mutirões pela capital para solucionar de forma imediata os problemas emergenciais.

A meta é aprimorar os resultados nas três áreas de trabalho que mais provocam reclamações da população, conforme levantamentos realizados pela Ouvidoria e nas redes sociais: tapa-buraco, limpeza de ruas e retirada de entulho. Para isso, foram criadas sete Unidades de Planejamento Territorial (UPT). São polos onde serão distribuídos 122 equipamentos que ficavam no pátio da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) e que, a partir de agora, estarão disponíveis para uso de grupos compostos por até sete cidades, definidas por aproximação.

O programa começa por três áreas: Polo Oeste (Brazlândia, Ceilândia, Samambaia e Taguatinga), Polo Sul (Gama, Recanto das Emas, Riacho Fundo II e Santa Maria) e Polo Norte (Fercal, Planaltina, Sobradinho e Sobradinho II). Outros quatro serão ativados na sequência. Enquanto isso, a área rural tem sua própria unidade, com equipamentos da Secretaria de Agricultura (Seagri-DF) e do Departamento de Estradas e Rodagem (DER). 

 “O GDF Presente vai melhorar o serviço prestado, permitindo eficiência e rapidez na solução dos problemas”, explica o secretário de Cidades, Gustavo Aires. “Consequentemente, levará mais qualidade de vida à população”. De acordo com ele, uma administração funcionará como sede de cada polo, mantendo os maquinários no pátio para atender às regiões adjacentes. “A administração regional terá seu dia a dia e chegaremos, em bloco, para atuar e resolver problemas da cidade. As máquinas atuam espalhadas conforme demanda, para que não haja equipamentos ociosos”.

Na prática, as demandas são identificadas e elencadas pelas administrações regionais, que devem direcionar as necessidades à Secretaria de Cidades. A pasta é responsável por planejar o atendimento e coordenar os trabalhos diante das prioridades. Alinhado, o Conselho Permanente de Políticas Públicas e Gestão Governamental do Distrito Federal (CPPGG-DF) acompanha, monitora e apoia o planejamento das ações. No fim, a Companhia da Nova Capital (Novacap) as executa. 

“Cada administração regional tem equipamento próprio, mas, muitas vezes, [este] é subdimensionado para as demandas”, esclarece Marco Aurélio, assessor especial da Subsecretaria de Desenvolvimento Regional e Operação nas Cidades (Suder), vinculada à Secretaria de Cidades. “Então, criamos essa força-tarefa para fazer um mutirão nos locais, com rodízio de equipamentos dentro dos polos”. 

O programa não tem prazo para encerrar as atividades e não demandará mais gastos aos cofres do GDF. Segundo a Secretaria de Cidades, o contrato do maquinário já existe e os equipamentos serão apenas redirecionados para atender as necessidades de forma mais ágil, eficiente e eficaz.

SOS DF

Em pouco mais de quatro meses de atuação, o SOS DF cumpriu a missão de colocar o governo mais perto do cidadão e recuperar as regiões mais distantes e carentes. Desde que começou a funcionar, em 2 de janeiro, a força-tarefa integrada por Novacap, CEB, Detran, Caesb, DF Legal, Detran, SLU e DER contabilizou mais de 46.532 ações. Cerca de 500 pessoas trabalharam diariamente para resgatar a imagem do DF, executando serviços como roçagem e poda de árvores, Operação Tapa-Buraco, troca de lâmpadas queimadas, e limpeza e coleta de lixo.

O programa, no entanto, foi concebido com a proposta de atender, por tempo determinado, demandas pontuais das 31 administrações regionais em obras emergenciais. “Foi uma solução muito feliz, com grande assertividade e aceitação da população”, avalia o secretário-executivo do Conselho Permanente de Políticas Públicas e Gestão Governamental, José Humberto Pires. “A cidade acontece no porta do cidadão.”

Na avaliação do governador do DF, Ibaneis Rocha, mesmo com a falta de recursos e chuvas sem precedentes na história da cidade, o SOS DF deixou lições importantes. “Com o SOS DF, nós conseguimos entender o que as pessoas realmente precisam e o que elas esperam de nós, gestores, e é por isso que vamos fazer tudo que estiver ao nosso alcance para ampliar esse trabalho para atender e melhorar a qualidade de vida da nossa população,” resume o governador O GDF Presente, assim, surge como solução para continuidade dessas ações e demandas.

Unidades de Planejamento Territorial (UPT)

Polo Central

Regiões: Plano Piloto, Cruzeiro, Candangolândia, Granja do Torto, Noroeste, Sudoeste/Octogonal e Núcleo Bandeirante
Habitantes: 426.519
Quantidade de equipamentos: 18

Polo Central Adjacente 1

Regiões: Lago Norte, Taquari, Lago Sul, Varjão e Cidade Estrutural
Habitantes: 77.405
Quantidade de equipamentos: 13

Polo Central Adjacente 2

Regiões: Park Way, Águas Claras, Arniqueiras, Guará, Setor de Indústria e Abastecimento, Riacho Fundo e Vicente Pires
Habitantes: 414.352
Quantidade de equipamentos: 16

Polo Oeste

Regiões: Brazlândia, Ceilândia, Samambaia e Taguatinga
Habitantes: 1.018.666
Quantidade de equipamentos: 29

Polo Sul

Regiões: Gama, Recanto das Emas, Riacho Fundo II e Santa Maria
Habitantes: 464.047
Quantidade de equipamentos: 16

Polo Leste

Regiões: Itapoã, Jardim Botânico, Paranoá e São Sebastião
Habitantes: 244.132
Quantidade de equipamentos: 13

Polo Norte

Regiões: Fercal, Planaltina, Sobradinho e Sobradinho II
Habitantes: 367.493
Quantidade de equipamentos: 17

Polo Rural

Quantidade de equipamentos: 214

 

Fonte: Agência Brasília

 

 

 

 

No dia 23 de abril é comemorado o Dia Mundial do Livro e para celebrar a data, serão distribuídos livros em uma ação na Feira Modelo de Sobradinho. Trata-se do Projeto Leitura e Laços em Movimento, financiado pelo Fundo de Apoio à Cultura – FAC, coordenado por Gianni Puglisi, autora do livro Amando um Dependente Químico, e moradora da cidade de Sobradinho.

A ideia do projeto é valorizar o escritor local e estimular o hábito da leitura na população. Para isso, durante o encontro, além da distribuição gratuita dos livros autografados e do bate-papo com a autora, haverá a dramatização de um trecho do livro por meio da dança.

Segundo Gianni, o livro traz informações relevantes de prevenção ao uso de drogas, e de ajuda às famílias de dependentes químicos, mas também é uma envolvente história de amor e superação que vem para quebrar paradigmas e preconceitos.

No total, o projeto doará 1.500 livros em ações nas cidades de Sobradinho, Sobradinho II, Planaltina e Fercal, até junho deste ano.

Nome: Projeto Leitura e Laços em Movimento

Local: Praça de Alimentação da Feira Modelo de Sobradinho

Horário: 12h

Contato: 98230-8602 (whatsapp)

Na última, 19, sexta-feira, foi celebrada a Via Sacra de Sobradinho na arena localizada ao lado da Paróquia Nossa Senhora da Imaculada Conceição. Estiveram presentes em média de 8 mil pessoas e 500 atores na encenação. O Administrador Regional, Eufrásio Pereira, participou e ajudou na coordenação geral do evento.

A Via Sacra é uma tradição da cidade há mais de 30 anos. O público prestigiou o evento com alegria e gostou do muito do que assistiu, assim como a moradora Alessandra Silva que ficou entusiasmada com o evento. “A Via Sacra estava muito bem organizada e com uma linda estrutura, foi maravilhoso o show pirotécnico no final.”

Para o Administrador, Eufrásio Pereira, o evento foi uma oportunidade de reunir não os moradores de Sobradinho. “Foi muito bonito participar de um evento que uniu as famílias da região serrana. Estou muito contente de ter participado do elenco e ter levado uma mensagem de renovação e fraternidade”.

Foram prestigiar o evento o Administrador, moradores da região, autoridades da cidade, padres de outras paróquias e o deputado João Cardoso.

 

 

 

Na próxima sexta-feira, 19, acontecerá a 34ª edição da Via Sacra de Sobradinho. Tradicional na cidade, a encenação atrai mais de 10 mil pessoas. O evento já faz parte do calendário da cidade e do DF, sendo destacado pela Embratur como roteiro de Fé Católica no Brasil.

A Via Sacra de Sobradinho, de acordo com os organizadores busca levar ao conhecimento do  público o sofrimento da Via Crucis de Jesus Cristo através de seus atores, tendo como abertura 120 crianças que levam uma mensagem de  paz e a Campanha da Fraternidade. A encenação é realizada no teatro arena montado ao lado da Paróquia Imaculada Conceição.

Confira o roteiro da encenação:

  • Abertura com as 120 crianças;
  • Apresentação do pároco local;
  • Desfile de todos os figurantes que adentram no cenário com a entrada triunfante de Pôncio Pilatos em cima de uma biga, ladeado por dois Centuriões , os esquadrões de soldados romanos, os centuriões chefes, os pastores, as pastoras, as mulheres de Jerusalém, Barrabás e os dois ladrões;
  • Toda a encenação será representada nas 15 estações da paixão e morte de Jesus Cristo, desde sua condenação, até a sua ressurreição;
  • Cenas: no caminho para o Calvário, Jesus encontra-se com sua Mãe (Maria), a qual lhe afaga a face e lhe dá força para suportar o sofrimento. Após esse encontro Jesus Cristo muito cansado recebe ajuda de um Cirineu (Simão de Cirene) que o ajuda a carregar a cruz. Na 6ª estação, Jesus Cristo tem o rosto enxugado por uma mulher que se chama Verônica, que surpresa vê o seu rosto estampado no pano, antes de completar o percurso Jesus Cristo ainda tem o consolo das Mulheres de Jerusalém que lhes oferecem água e palavras de conforto;
  • No final, é realizado um show pirotécnico para o público;

 

Neste ano, a coordenação da Via Sacra irá disponibilizar 2.500 mudas de graviola no tamanho de aproximadamente 25 a 30 cm, no valor unitário de R$ 10,00 (dez reais). A proposta é realizar uma campanha educativa de arborização junto à comunidade e arrecadar recursos para a realização da procissão.  

O administrador de Sobradinho, Eufrásio Pereira, comenta sobre o evento. “A Via Sacra de Sobradinho é uma oportunidade de reunir o público da cidade e causar reflexão  e fraternidade em uma data tão importante”, conclui.

Serviços:

Data: 19/04/2019 (Sexta-feira da Paixão)

Local: ÁREA ESPECIAL Nº 04 DA QUADRA 15 (SOBRADINHO)

Horário: 17:00 horas

Responsável: Eufrasio Pereira da Silva / Coordenador-Geral

Telefone: 9 9985-7106

E-mail: eufrasio@senado.gov.br / eufrasiopereiradasilva@gmail.com

 

Na quinta-feira, 11 de abril, o Administrador Regional de Sobradinho, Eufrásio Pereira, esteve reunido com os demais administradores das cidades para conhecerem a nova ferramenta de gestão utilizada pela Secretaria de Segurança Pública no mapeamento de desordens e gerenciamento de índices criminais – Sistema de Gestão de Ocorrências (Sigeo). A reunião aconteceu no Centro Integrado de Operações de Brasília (Ciob).

Durante a reunião, foram apresentados os índices de violência de cada RA e também a demonstração do Sigeo. Para o secretário de Segurança Pública, Anderson Torres, “a ferramenta será um auxílio para o administrador regional na identificação dos problemas e também contribuirá na redução da criminalidade em sua região”.

O administrador de Sobradinho, Eufrásio Pereira, falou sobre a nova aplicação. “A nova ferramenta de sistema de gestão permitirá que a administração funcione de forma mais eficaz no dia-a-dia, e servirá como ponto de apoio para execução das nossas ações nas ruas.”

O encontro também apresentou os projetos de videomonitoramento em algumas regiões administrativas. Em Sobradinho, estão previstas 25 câmeras para serem instaladas, mas ainda sem prazo definido para a execução.

Estiveram presentes os administradores e representantes das regiões do Paranoá, Itapoã, Sobradinho I e II, Planaltina, Varjão e Fercal.

 

A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal – Emater/DF, comemora no próximo dia 07, 41 anos de atividades.  O escritório da Emater em Sobradinho atua desde 1979 atendendo a população rural e urbana da região com o objetivo de promover o desenvolvimento rural sustentável e a segurança alimentar, por meio de Assistência Técnica e Extensão Rural de excelência e em benefício da sociedade.

A Emater/DF está presente em todas as regiões administrativas e possui uma equipe multidisciplinar composta por profissionais das ciências agrárias e ambientais, ciências sociais e humanas, tecnologia da informação, engenharia, educação, comunicação além de outras áreas que compartilham as novidades geradas pela pesquisa, inovações e políticas públicas aos agricultores, famílias e organizações.

Gerente da unidade de Sobradinho, João Gabriel conta que os atendimentos chegam a uma média de 400 demandas mensais. “Recebemos demandas tanto do público rural, quanto do urbano, sendo que na área rural têm mais solicitações da população”. Ele ressalta que grande parte dos atendimentos são das regiões da Rota do Cavalo, Fercal e Contagem.

João aponta que as dúvidas mais recorrentes da comunidade são pedidos de informações sobre “como funcionam as produções de hortaliças, bananas, mandioca e sobre avicultura e bonovicultura”.  Para a equipe, o trabalho realizado por eles diariamente é crucial para ajudar as comunidades da região no desenvolvimento econômico e social.

A Emater de Sobradinho promove oficinas, cursos, visitas técnicas, dias de campo, reuniões entre outras atividades destinadas aos produtores cadastrados e para os não cadastrados, basta entrar em contato e solicitar a lista de atividades livres.

 

Para mais informações sobre os cursos, oficinais, eventos e reuniões acesse:

http://www.emater.df.gov.br/programacao-do-mes/

Atendimento Emater Sobradinho:

Endereço: Quadra 8 AE 03 – Sobradinho, Brasília – DF

Horário: 08 às 17h

Telefone: (61) 3591-5235

 

Escola Vivencial do Trânsito, no DF, visa conscientizar os baixinhos sobre comportamento de risco no ambiente viário

Uma boa iniciativa chega do Distrito Federal. Trata-se da Escola Vivencial do Trânsito, localizada no Parque Rodoviário do Departamento de Estradas e Rodagem do Distrito Federal (DER-DF), em Sobradinho, onde são oferecidos cursos para crianças de 4 anos a 10 anos.

De acordo com a diretora Jucianne Nogueira, diretora da Diretoria de Educação de Trânsito do DER-DF, a intenção é conscientizar os pequenos sobre a importância de evitar comportamentos de risco no ambiente viário.

Criada em 2004, a Transitolândia – como a escola é conhecida – tem uma mini-cidade onde as crianças podem vivenciar, na prática e de forma lúdica, o que aprendem no curso. Nesta entrevista, Jucianne Nogueira, diretora da Diretoria de Educação de Trânsito do DER-DF, fala um pouco mais sobre a iniciativa, que atende cerca de 20.000 pessoas por ano.

1-Como funciona a Escola Vivencial do Trânsito?

Educar para formar cidadãos conscientes nas relações de trânsito é uma das principais preocupações do Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF). Por isso, desde setembro de 2004, funciona a Escola Vivencial de Trânsito, conhecida como Transitolândia, no Parque Rodoviário do DER, em Sobradinho. O objetivo da escola é ensinar as crianças de 4 a 10 anos, de escolas públicas e particulares, como ser um cidadão consciente, que colabora com o trânsito e que não põe sua vida em risco, se tornando multiplicadores nos ambientes nos quais eles convivem, cobrando comportamentos adequados dos seus responsáveis e familiares.

As crianças são orientadas por meio de atividades lúdicas e teóricas desenvolvidas pelos Agentes de Trânsito do DER, com a colaboração de estagiários de pedagogia. Depois de aprender como se comportar no trânsito, eles seguem para a minicidade, construída na escola para oferecer um espaço de vivência dos ensinamentos, tais como travessias seguras, uso adequado do cinto de segurança e outros. Durante o passeio na minicidade, as crianças são estimuladas a responder o que deve ser feito em cada situação.

2- Quantas crianças já participaram do programa e de que forma?

São atendidas, anualmente, cerca de 20.000 crianças e profissionais. As instituições de ensino solicitam o atendimento pelo site da Transitolândia, conforme disponibilizadas as vagas. O transporte e o lanche são fornecidos por nós.

3- Como estimular a implantação de iniciativas como essa do DF em outras partes do país?

Órgãos presentes no Sistema Nacional de Trânsito e outras entidades podem desenvolver e aplicar atividades educativas voltadas para orientação da Educação no Trânsito. Tais iniciativas são de fundamental importância, visto que o trânsito é um dos maiores causadores de mortes no Brasil e no mundo. Conscientizar e educar crianças e jovens é prevenir acidentes e formar cidadãos mais responsáveis no Trânsito.

Para saber mais sobre as atividades da Transitolândia, acesse o site.

fonte: Estradas e Seguradora líder

 

Por Kátia Karina

 

Na última terça-feira, 26, a Urbanizadora Paranoazinho promoveu reunião aberta ao público para apresentação do projeto da Cidade Urbitá em sua sede no Ed. Pátio Brasil. Durante o evento, foram esclarecidas dúvidas e dadas explicações sobre o projeto. O encontro foi mediado pelo diretor-presidente Ricardo Birmann, da Urbanizadora Paranoazinho.

O projeto da Cidade Urbitá é de iniciativa privada da Urbanizadora Paranoazinho e foi aprovado em dezembro do ano passado, pelo Conselho de Planejamento Territorial e Urbano (Conplan). O local da nova cidade será a Fazenda Paranoazinho na região de Sobradinho. A primeira etapa aprovada abrigará 11 mil pessoas e a longo prazo até 118 mil. A Urbanizadora ressaltou que construção da cidade levará um tempo mínimo de quarenta anos para ser concluída.

De acordo com a Urbanizadora, a proposta para a Região Norte é ter uma área que possa ser polo de desenvolvimento regional no Distrito Federal. Ricardo Birmann, explicou que foram reunidos vários arquitetos para a criação do projeto Urbitá: “São onze anos de trabalho projetando e realizando workshops no mundo inteiro com diferentes arquitetos para a criação de uma cidade única e sustentável. ”

Moradores locais próximo à região da Fazenda Paranoazinho questionaram durante a reunião sobre a questão do fluxo de trânsito da BR-020 e regularização habitacional. A Urbanizadora respondeu a todos dizendo que o projeto da Cidade Urbitá passou por estudos de trafego de trânsito aprovados pelo GDF e que as regularizações já estão sendo realizadas.

Em homenagem à região, a primeira parte da Urbitá será chamada de Avenida Sobradinho e tem previsão de quatro anos para ficar pronta. Os primeiros lotes não serão empreendimentos habitacionais e sim comerciais. A proposta é de trazer hipermercados, escolas, cinema, áreas de lazer urbanas, lojas e restaurantes e aos poucos abertos os processos de implantação das outras avenidas. Ricardo, diz que os investimentos serão o de pelo menos R$ 300 milhões nessa primeira fase. “Não queremos que a Urbitá seja mais uma cidade-dormitório, queremos mostrar nessa primeira etapa como será o projeto e levar para o público da região inovação e entretenimento”.

O projeto da Cidade Urbitá também prevê um terminal intermodal para ônibus e BRT, dois reservatórios de água de 500 m³ e uma estação de tratamento de esgoto e parque linear. As intervenções ainda não têm previsão para começar e todos os desenhos da cidade estão sendo feitos e modulados para cumprir as exigências.

Gilberto Fernandes, arquiteto da Administração de Sobradinho, elogiou o projeto “A construção de uma cidade toda planejada por diferentes arquitetos, com intuito de sustentabilidade e inovação na Região Norte do DF, é uma oportunidade de desenvolvimento e legado para as próximas gerações e tem tudo para refletir de modo positivo nas regiões adjacentes”.

MAIS DETALHES SOBRE A URBITÁ

A Urbitá será construída em uma área entre Sobradinho 1 e Sobradinho 2, próximo à BR-020 e à DF-425;

O projeto aprovado inclui 922 hectares, dos quais 387 estão livres para receber a cidade. A gleba pertence à Urbanizadora Paranoazinho S.A. (UPSA), que, em 2007, comprou a área dos herdeiros de José Cândido de Souza, um dos maiores latifundiários da região. Desde então, a empresa trabalha para regularizar os lotes ocupados em 54 condomínios irregulares dos setores Grande Colorado, Boa Vista e Contagem. Paralelamente, a firma desenvolveu o projeto da nova cidade, que era o grande interesse dos empreendedores ao comprarem a gleba;

Terá capacidade para 118.600 moradores;

Os prédios poderão ter até 10 andares sem grades ou cercas, integrados ao espaço público e envolvidos por 3 milhões m² de parques;

A primeira etapa, aprovada no Conplan, poderá abrigar 11 mil pessoas;

A cidade terá áreas comerciais, residenciais e institucionais, com altura máxima de 37m, o equivalente a 10 andares;

A Urbitá terá 3 milhões de metros quadrados de parques lineares, que permeiam todo o empreendimento;

No último dia 23 de março, sábado, a Associação Esporte e Vida lançou no Ginásio de Esportes de Sobradinho sua Academia de Futebol. O projeto que tem como objetivos gerar empregos, retirar os jovens da ociosidade, da violência e das ruas. Presidiram a mesa do evento: o presidente da Associação Esporte e Vida, senhor Leco Campos, o representante da patrocinadora do projeto – a Companhia Siderúrgica Nacional, o senhor André Isnard, o coronel Amaro, representando a comandante da PM a coronel Sheila Soares, o deputado distrital João Cardoso que na ocasião também representou o vice-governador Paco Britto, o secretário do executivo de Futebol, Apolinário Rebelo, o chefe de gabinete da secretaria de desenvolvimento social, Rogério Ulisses, o subsecretário de administração geral da Codabh, Pedro Henrique Medeiros de Araújo, o senhor Carlinhos Autoshow representando o deputado distrital Robério Negreiros, a representante da GPS Foundation, Kátia Ferreira, o administrador de Sobradinho II, Alexandre Yanez, o presidente do Sobradinho Esporte Clube, Washington Gomes e o administrador de Sobradinho, Eufrásio Pereira.

Para o presidente da Associação Esporte e Vida o evento serviu como uma apresentação formal do projeto para as autoridades locais. “Este momento aqui hoje é a realização de um sonho que tenho desde moleque e que meu mestre seu Marinalvo Gomes de Araújo, sempre me motivou a buscar”, conta Leco, que continuou: “Assumo aqui hoje o compromisso de trabalhar pela restauração do nosso ginásio de esportes de Sobradinho”.

O administrador regional de Sobradinho, Eufrásio Pereira, aproveitou a ocasião para parabenizar a todas as mulheres, mães e atuantes no projeto pelo mês da mulher, e se colocou à disposição dos presentes: “Coloco desde já a Administração Regional de Sobradinho a disposição dos senhores, para ajudá-los no que for necessário, uma vez que o esporte é esta importante ferramenta de transformação social para nossa sociedade. Mas é importante lembrar que, somado ao talento nato de cada jovem, nós, enquanto Estado, temos que fazer a nossa parte e dar a estes talentos todos os insumos necessários para sua formação, em especial para os jovens da nossa comunidade de Sobradinho”, concluiu Eufrásio.

O evento, que homenageou personagens importantes para a Associação, como o senhor Marinalvo Gomes de Araújo, fundador do Estrela Futebol Clube, se encerrou com apresentações de karatê, dança espanhola e dança chinesa.

ACOMPANHAMENTO ALÉM DO CAMPO

Para a mãe do João Nicolas de 10 anos, senhora Alda Lima, o projeto é uma forma do filho aprender ensinamentos e ter mais disciplina. “Gosto muito deste projeto, e uma forma de ajudar as crianças da comunidade e oferecer possibilidades de crescimento e desenvolvimento educacional”.

Outra mãe satisfeita com o projeto é a Andreia Nascimento, mãe do Ítalo Rafael, de 14 anos. Para ela, um ponto super positivo do projeto é que ele oferece palestras de apoio para os pais o que ajudo muito a família na motivação. “As palestras ajudam muito o Ítalo na motivação para ser mais disciplinado e estudar”, conta.

MAIS SOBRE A ACADEMIA DE FUTEBOL

A Academia de Futebol receberá apenas alunos com boas notas e todos serão assistidos por uma equipe multidisciplinar, com acompanhamento do núcleo familiar e atendimento psicossocial, reunião com os pais, cursos, doação de cestas básicas, oficinas de costura, assistência a mães adolescentes, ações sociais, viagens e audiências públicas.

Além do patrocínio com a multinacional Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), a Associação Esporte Vida mantém parcerias com o Volta Redonda Futebol Clube e Grêmio Audax, além de contar com apoio da Lei de Incentivo ao Esporte.

—-

Informações sobre o projeto e inscrições acesse: www.esporteevida.com

O vice-governador, Paco Britto, se reuniu com secretários de governo e administradores regionais nesta sexta-feira (22/3), na Residência Oficial, em Águas Claras.

A reunião abordou a agenda dos administradores com o governador, a central de aprovação de projetos e o grupo de aplicativo de mensagens (WhatsApp) entre as assessorias de comunicação das administrações. Também foi comentada a instalação e legalidade de engenhos publicitários nas cidades, as invasões e presença de ambulantes. Os responsáveis pelas regiões administrativas também apresentaram suas demandas.

Além de um almoço para maior integração entre os presentes, os administradores acompanharam a divulgação das ações do S.O.S DF, na apresentação de José Humberto Pires, secretário-executivo do Conselho Permanente de Políticas Públicas e Gestão Governamental.

“Se nós quisermos fazer um governo voltado para o povo, temos que nos profissionalizar. O governo nada mais é do que uma empresa. Nós estamos gerindo ela, só que estamos cuidando do dinheiro público. Estamos reunidos aqui para fazer a integração necessária do governo com vocês”, afirmou Paco. A intenção do GDF é definir uma periodicidade e repetir esse encontro mais vezes.

Eumar Novacki, secretário da Casa Civil, discursou para os administradores e pediu empenho extra na solução e sugestão para os problemas. “Quero destacar a importância de termos reuniões como essa para dar o tom e padronização do governo”, disse.

Também estiveram presentes os secretários de Relações Institucionais, Vitor Paulo; de Atendimento à Comunidade, Severino Cajazeiras; o secretário-adjunto de Cidades, Gustavo Aires; o secretário-adjunto da Casa Civil, Marcelo Cunha; o controlador-geral, Aldemário Araújo; e o diretor-presidente o DF Legal, Georgeano Trigueiro.

 

Fonte: Agência Brasília

 

Por Ana Helena Araújo | Foto: Bruno Espada

 

 

Ontem, 19, a Administração de Sobradinho, em parceria com o Sebrae/DF e a Subsecretaria de Relação com o Setor Produtivo, inaugurou a Sala do Empreendedor no edifício sede. O objetivo, segundo o agente de desenvolvimento territorial que realizará os atendimentos, André Luiz Cavalcanti Júnior, é que o espaço funcione como central de informações para os empresários. Na nova sala, os empreendedores contarão com a prestação de pequenos serviços para microempreendedores individuais e cursos de capacitação, que serão realizados sob demanda para o setor produtivo da cidade. “O que se espera é que essa sala aqui na sede e de fácil acesso para todos da cidade seja um canal de aproximação dos empresários de Sobradinho com o Sebrae”, explica André.

Os eventos em comemoração ao lançamento da nova sala começaram logo pela manhã com uma palestra de apresentação da nova sala e tira-dúvidas com os empresários locais conduzido pelos consultores do Sebrae Dryan Macrini e Luís Andre Matias Pereira. Na ocasião, os consultores explicaram que além dos serviços na nova sala será possível a montagem de turma de empresários para recebimento de cursos gratuitos e oferecidos conforme demanda pelo Sebrae. “Havendo a demanda por parte dos empresários, há um rol de cursos que hoje existem e que são oferecidos pelo Sebrae que iremos conseguir trazer para ofertar na cidade”, esclareceu Macrini.

Os empresários viram com bons olhos a criação do novo espaço. “Acho a iniciativa positiva e junto dos movimentos do empresariado local que já existem como a Associação Empresarial de Sobradinho, a AES, podemos montar uma agenda única e aproximar ainda mais o empresariado local”, avaliou Márcio Portílio, presidente da AES.

Pela tarde, já com a presença das autoridades como o superintendente do Sebrae/DF, Valdir Oliveira e do subsecretário de relação com o setor produtivo, Márcio Faria Júnior o administrador de Sobradinho, Eufrásio Pereira conduziu o evento de inauguração da nova sala. "Agradecemos pela oportunidade da parceria e colocamos a Administração à disposição de todos os presentes, principalmente à classe empresarial representada aqui hoje pelos senhores e que nós sabemos bem que é quem pode, com o devido apoio, turbinar a nossa economia e gerar ainda mais empregos para nossa cidade. Como já foi dito pelo nosso governador, desde o primeiro dia de seu mandato, esta gestão terá um carinho especial pelos empresários e acreditamos que tudo começa por essa aproximação que esperamos poder fomentar ainda mais com este espaço que inauguramos aqui hoje na nossa Administração", conclui Eufrásio.

 

 

———

TELEFONE DA SALA DO EMPREENDEDOR: 61 3453 9147

E-MAIL DA SALA DO EMPREENDEDOR: saladoempreendedorrav@gmail.com

 

Caio Bonfim, atleta de Sobradinho,  bronze no Mundial de Londres 2017, conquistou, neste domingo, o oitavo título seguido na prova dos 20 km da Copa Brasil de Marcha Atlética, em Balneário Camboriú, em Santa Catarina. Caio igualou a marca da mãe e treinadora, Gianetti Sena, que é heptacampeã brasileira na marcha. O brasiliense chegou em 1h23m26s, melhor marca dele na competição, e se classificou para o Campeonato Pan-Americano de Marcha Atlética, nos dias 20 e 21 de abril, em Lázaro Cárdenas, no México. Em segundo lugar, ficou Lucas Mazzo (1:29:14) e em terceiro José Alessandro Bagio (1:30:07). Ambos também garantiram vaga no Pan da modalidade.

Caio é recordista brasileiro dos 20 km (1:19:04) e dos 50 km (3:47:02). Na expectativa de ser pai pela primeira vez – a esposa Juliana está grávida de 4 meses – ele agora se prepara para o Grande Prêmio de Rio Maior de Marcha, em Portugal, no dia 6 de abril, quando fará a estreia no IAAF Race Walking Challenge e tentará índices para os Jogos Pan-Americanos de Lima, em agosto (1:25:00), e para o Mundial de Doha, em setembro e outubro deste ano (1:22:30).

Elianay

A Copa Brasil contou com 120 atletas, representando 27 clubes, de seis estados e do Distrito Federal. No feminino, a vitória foi de Elianay Barbosa (1:40:36).também de Sobradinho. A favorita Viviane Santana Lyra, que era atual campeã do evento, chegou em segundo (1:41:48). E Paula Paz ficou em terceiro (1:47:35). As três também se classificaram para o Pan do México.

 

Fonte: Tarcísio Pádua/ blogaliastpadua.com.br

Desde 2010, a Junta de Serviço Militar funciona na Administração de Sobradinho, tendo como presidente o administrador Eufrásio Pereira. Os objetivos da Junta Militar são de atender a população e receber demandas através de atendimentos presenciais de segunda à quinta-feira das 8 às 12h e das 13 às 17h.

Na Junta Militar, os cidadãos dispõem dos serviços de alistamento militar, adiamento de incorporação, certidão de tempo de serviço, 2º via de certificado de reservista, serviço alternativo ao serviço militar obrigatório sem anulação de eximição (CDSA), certidão de tempo de serviço, 1º via de certificado de isenção para cidadão notoriamente incapaz com CID, emissão de multas e requerimento de qualquer tipo de documento e processo.

Para o administrador, Eufrásio Pereira, o atendimento realizado pela Junta Militar é uma forma de colaborar com o país “A Junta ao prestar serviços para os moradores de Sobradinho e região, garante que os cidadãos tenham a chance de acompanhar cumprir suas obrigações com a justiça militar”.

 Alistamento Militar

De acordo com a Constituição, o alistamento militar é um ato obrigatório que deve ser realizado por todo jovem brasileiro, do sexo masculino. Geralmente costuma ser no período de 2 de janeiro até o último dia útil do mês de junho do ano em que o cidadão completar dezoito anos na Junta de Serviço Militar. Confira os requisitos e documentos para o alistamento:

  • Ser cidadão brasileiro ou naturalizado, do sexo masculino, e estar completando 18 anos;
  • Documento de identidade. No caso de brasileiro naturalizado ou por opção, a prova de naturalização ou certidão do termo de opção;
  • Comprovante de residência ou declaração firmada pelo alistando ou por procurador bastante;
  • 1 foto 3 x 4; (recente, de frente e sem retoques);
  • Atenção:  São considerados documentos de identidade, conforme Lei 12.037 de 1° de Outubro de 2009 (dentro da sua validade): Carteira de Identidade, Carteira de Trabalho, Carteira Profissional, Passaporte, Carteira de Identificação funcional ou outro documento público que permita a identificação do alistado.
  • Caso o cidadão esteja residindo no exterior, deverá procurar o Consulado e Embaixada do Brasil.

 

Lembrando que o alistamento pode ser feito através do site: www.alistamento.eb.mil.br. O secretário da Junta Militar, Marco André, explica sobre o alistamento presencial “O jovem que tiver dificuldades de acesso à internet, ou que não tenha conseguido realizar o cadastro, ou que não tenha CPF pode comparecer na Administração munido com os documentos para realização do alistamento dentro do prazo”.

Etapas:

Assim que o cidadão for alistado e designado para a Seleção Geral, receberá o Certificado de Alistamento Militar (CAM). No verso, encontrará a data, local e hora de apresentação para a Seleção Geral. A servidora, Celma Santana, explica os cuidados com o documento “É recomendável guardar o CAM em casa depois que receber para não haver perdas”.

De acordo com Marco André, na Seleção Geral, o alistado será submetido à avaliação médica, onde irá realizar testes e passar por uma entrevista “Esses exames têm por objetivo verificar condições físicas e determinar as suas habilidades e preferências”, explica. O alistado durante a seleção poderá indicar sua preferência pela Marinha, Exército ou Força Aérea. No entanto, somente será atendido, caso venha a se enquadrar nos padrões previamente estabelecidos para cada Força Armada, de acordo com a disponibilidade de vagas.

Se o cidadão for dispensado, precisará retornar mais uma vez à Junta de Serviço Militar para participar de uma cerimônia de juramento de compromisso à Bandeira Nacional e receber seu Certificado de Dispensa de Incorporação (CDI).  Se for apto no processo de Seleção Geral, será designado para uma Organização Militar da Marinha, Exército ou Aeronáutica, em data e local a ser registrado no verso do seu Certificado de Alistamento Militar ou será incluído no excesso de contingente.

Geralmente o juramento de compromisso à Bandeira Nacional ocorre de uma a duas vezes em cada mês com a participação dos dispensados e servidores da Junta Militar em cerimônia presidida pelo administrador.

E atenção, o cidadão que não estiver em dia com o Serviço Militar, fica inapto a tirar passaporte, prestar concurso público, tornar-se funcionário de órgão governamental, matricular-se em instituição de ensino, assinar contrato com a administração pública, privada e candidatar-se a cargo eletivo.

Para mais informações, dúvidas e prazos acesse o portal: http://www.sobradinho.df.gov.br/2017/11/06/alistamento-militar/

 

Canais de atendimento da Junta Militar:

Internet: http://www.alistamento.eb.mil.br

Presencial: Junta Militar da Administração Regional de Sobradinho – Quadra Central Setor Administrativo Lote A                 

Segunda à quinta-feira de 8h às 17h

 

Para manifestações de ouvidoria

 

Reclamações, denúncias, sugestões, elogios e informações de caráter geral sobre serviços da administração pública, tais como horá- rios de funcionamento, números de telefone, endereços, entre outras.

 

Registre sua manifestação via internet

Você pode registrar e acompanhar suas manifestações via internet. Para acompanhamento, basta ter a senha de acesso ao siste- ma recebida no ato do registro da manifestação e número do protocolo em mãos.

Quero registrar agora. Ligue 162.

Central de atendimento do GDF gratuita para ligações realizadas de telefone fixo e pelo celular, exclusiva para assuntos de ouvi- doria, como reclamações, sugestões, elogios, denúncias e informações de caráter geral sobre serviços da administração pública, tais como horários de funcionamento, números de telefone, endereços, entre outras.

 

                         Atendimento Presencial:

                           De segunda a sexta das 8h às 12h e das 14h às 18h

                           End: Quadra Central, Setor Administrativo, Lote A, Sala 10 | Sobradinho DF

                          Atendimento telefônico – 162:

                          De segunda a sexta das 7h às 21h Sábado, domingo e feriados das 8h às 18h

                            *Ligação gratuita para telefone fixo e celular.

 

Para obter informações públicas sobre o GDF

Via internet

Busque a informação no link do Acesso à informação que está disponível em todos os sites do GDF ou acesse o Portal da Transparên- cia. Caso não encontre o quê procura que procura, faça um Pedido de Informação por meio do sistema e-SIC. Os temas e tipos de in- formação que podem ser solicitadas constam no artigo 7º da Lei Distrital de Acesso à informação nº 4.990/2012.

Quero registrar agora.

 

Atendimento presencial

Administração Regional de Sobradinho – SIC

Atendimento Presencial: De segunda a sexta das 8h às 12h e das 14h às 18h End: Quadra Central, Setor Administrativo, Lote A, Sala 10 | Sobradinho DF

Telefone: 3453-9301

 

Por Kátia Karina

No próximo dia 23 de março, a Associação Esporte e Vida irá promover um evento no Ginásio de Esportes de Sobradinho aberto à comunidade. O objetivo é que a população conheça o projeto da Associação, a Academia de Futebol Esporte e Vida, que irá disponibilizar trezentas vagas para crianças e adolescentes de 07 a 17 anos.

Em Sobradinho, a Academia de Futebol funciona como escolinha atendendo os alunos no campo sintético da Quadra 14 ao lado do Sobradinho Shopping. Myrian Silveira, uma das coordenadoras do projeto, diz que é uma ótima oportunidade para os jovens que amam futebol “Sempre estamos realizando copas, fazendo intercâmbios com outros alunos e promovendo o esporte dentro da cidade. Os garotos que têm destaque geralmente são mandados para clubes reveladores de talentos”.

O administrador de Sobradinho, Eufrásio Pereira, em reunião disse apoiar a escolinha “A Administração vê com bons olhos a iniciativa e apoia projetos sociais que incentivam os esportes para os jovens e crianças da cidade”.

A Academia de Futebol é baseada na Lei de Incentivo ao Esporte que tem como objetivos gerar empregos, retirar os jovens da ociosidade, da violência e das ruas, a Academia de Futebol receberá apenas alunos com boas notas e todos serão assistidos por equipe multidisciplinar, assim como acompanhamento do núcleo familiar com atendimento psicossocial, reunião com os pais, cursos, doação de cestas básicas, oficinas de costura, assistência a mães adolescentes, ações sociais, viagens e audiências públicas.

A Associação Esporte e Vida tem patrocínio com multinacional Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), parcerias com o Volta Redonda Futebol Clube e Grêmio Audax e apoio da Lei de Incentivo ao Esporte.

Para mais informações sobre o projeto e inscrições acesse o site: www.esporteevida.com

———–

Serviço:

Inauguração Projeto Academia de Futebol

Local: Ginásio de Esportes

Data: 23/03/2019

Horário: 10h

 

No verão é normal encontrar animais peçonhentos e casos do mosquito Aedes aegypt. No Distrito Federal, as incidências dos insetos ocorrem principalmente dentro de casas e lotes abandonados. Em Sobradinho, surgem muitos escorpiões-amarelos devido ao clima e fauna da cidade.

A Administração de Sobradinho conversou em espaço na programação cedido pela Rádio Comunitária Sobradinho FM na última sexta-feira, 01, com Israel Moreira, biólogo da Diretoria de Vigilância Ambiental do DF e com chefe do Núcleo da Vigilância Ambiental de Sobradinho, senhor Roberto Cândido. Foram debatidas questões sobre prevenção, e de controle de animais peçonhentos no verão.

Israel Moreira, biólogo, explicou como ocorre a prevenção e medidas contra os escorpiões. Confira a entrevista:

 

Administração: Quais as medidas de prevenção contra os escorpiões?

Israel Moreira: As medidas principais são: controlar as baratas que são principais fontes de alimentos dos escorpiões e aplicação de inseticida sólido nos esgotos da residência.

Outras medidas para manter os escorpiões fora da sua casa é impedir o acesso dos escorpiões na residência colocando telas nas janelas, telas nos ralos e sempre manter os moveis afastados da parede.

A limpeza constante, principalmente dos quintais, é outro fator que auxilia bastante no controle dos escorpiões

Administração: Quais os lugares que os escorpiões mais se escondem?

Israel Moreira: Os escorpiões gostam de ficar em lugares úmidos e abafados como por exemplo, frestas na parede, ralos, caixas de esgoto, sapatos e atrás de móveis.

Administração: O que fazer quando encontrar um escorpião?

Israel Moreira: Não recomendamos capturar o animal e colocar em vidros por questões de segurança. É bom manter o animal longe de crianças e se for o caso fazer a eliminação. É necessário chamar o Núcleo de Vigilância Ambiental 99523-0952 para fazer uma inspeção em todo o local.

Administração: Quais as medidas a serem tomadas após ser picado?

Israel Moreira: Ir imediatamente ao hospital e procurar por atendimento emergencial em clínica médica.

Quem encontrar algum animal peçonhento deverá entrar em contato com a Vigilância Ambiental pelo número da Ouvidoria da Saúde: 160 ou através da Vigilância Ambiental de Sobradinho: 99523-0952.

Caso uma pessoa seja picada, o socorro deve ser no máximo em uma hora. É comum sentir dor e formigamento no local da ferida. O paciente deverá procurar atendimento emergencial em clínica médica nos hospitais da rede pública. No DF, somente o Hospital de Base não está apto a receber vítimas de picada de escorpião.

—-

Durante o verão aumentam os casos de Dengue, Zika e de Febre Chikungunya causadas pelo mosquito transmissor Aedes aegyptis em todo o país. No Distrito Federal, já foram mais de 1.142 casos de dengue esse ano de acordo com a Secretária de Saúde. O diretor da Vigilância Ambiental de Sobradinho, Roberto Cândido, em entrevista explicou as prevenções contra o Aedes:

Quais as medidas de prevenção contra o Aedes aegyptis?

Roberto Cândido: Além das medidas básicas de prevenção é recomendável olhar pelo menos duas vezes durante a semana o quintal de casa, verificar se há água parada em pneus, calhas, potes, tambores, recipientes, cascas de ovos e restos de obras principalmente em época de chuva.

Vale lembrar que por causa do racionamento de água ano passado, muita gente ainda tem tambores e caixas-d ’aguas em seus quintais o que faz com que tenham muitos focos do ades, pois muitas vezes são tampados de forma inadequada.

Quais os lugares que mais favorecem a proliferação de ovos?

Roberto Cândido: Lugares abandonados, obras paradas, descarte de lixo em áreas incorretas, são os mais propícios para o aedes se reproduzir.

E sobre os lotes abandonados o que a vizinhança pode fazer?

Roberto Cândido: Quando a pessoa identificar algum lote abandonado pode fazer um comunicado à Vigilância Ambiental pelo telefone 160 para fazer inspeção e verificar se há algum criadouro do Aedes aegypt.

Estamos fazendo uma operação intensiva nas residências com os agentes de vigilância sanitária que estão identificados com coletes da cor caqui e crachás.

A Administração Regional de Sobradinho recorda que junto à SOS-DF e com a Operação Administração nas Quadras tem buscado fazer o seu papel ao recolher entulhos nas quadras tem colaborado muito na prevenção contra escorpiões e Aedes agypt. “Sabemos que ainda temos muitas ruas para percorrer em nosso mutirão, mas muito já tem sido feito e somos muito gratos ao empenho de todos os envolvidos”, recorda Eufrásio Pereira, administrador de Sobradinho.

ASCOM – Administração Regional de Sobradinho | 3453 9117

De quinta (28) a sábado (02) Sobradinho recebe a segunda etapa da SOS DF. Trabalham na cidade ao longo dos três dias, 21 caminhões, 3 pás mecânicas, 20 roçadeiras e funcionários da Novacap e SLU divididos em 4 equipes: podas altas, roçagem, limpeza e tapa-buracos.

A prioridade da equipe tapa-buracos desta vez é a região do condomínio Nova Colina. Para limpeza os pontos críticos apresentados foram a região do Curral Comunitário, subida para o condomínio RK, DF 430 e entorno do condomínio Nova Colina e região do Denocs.

A equipe de podas atenderá aos casos prioritários de podas altas listados pela Ouvidoria, que já foram incluídos no roteiro da equipe.

Em paralelo aos trabalhos da SOSDF, a equipe da Administração nas Quadras segue na limpeza da quadra 9.

ASCOM – ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SOBRADINHO – 34539117

Por Kátia Karina

 

Nessa terça-feira, 26, a Secretária de Ciência Tecnologia e Inovação (SECTI) reuniu os administradores e representantes das cidades administrativas do Distrito Federal para apresentação da implementação do Projeto Wi-fi Inteligente gratuito para a população. Presidiu a reunião o secretário adjunto da SECTI, Gustavo Alvares.

O projeto para disponibilização de pontos de internet gratuito nas regiões administrativas é uma das propostas do atual governo, que busca tornar Brasília uma Cidade inteligente conectada e acessível para todos. “Nas regiões administrativas os pontos de internet serão colocados em locais estratégicos para atender a população. A meta é a inclusão digital do cidadão ”, explicou Alvares.

A Cidade Inteligente proposta pelo atual governo além de oferecer o Wi-fi Inteligente pretende, durante a gestão, oferecer mobilidade, empreendedorismo, saúde (diagnóstico digital) e seguranças nas ruas de forma digital e conectada, afim de tornar o Distrito Federal uma referência de cidade digital.

De acordo com a SECTI, o Wi-fi inteligente terá um prazo mínimo de navegação de trinta minutos por pessoa. O acesso à internet poderá ser feito após um simples cadastro. Os administradores das RA’s poderão escolher os pontos mais favoráveis para instalação da rede como hospitais, rodoviárias e áreas públicas. Estima-se que até a metade do ano os sinais sejam colocados.

 “O Wi-fi Inteligente será uma excelente oportunidade de ajudar a população a ter mais acesso às informações e de começar uma era de inclusão digital na cidade”, avaliou o chefe de gabinete da Administração de Sobradinho, Cícero Lima.

 

ASCOM – ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SOBRADINHO – 34539117

 

Por Ana Helena Araújo

O Subsecretário de Relação com o Setor Produtivo, Márcio Faria Júnior, esteve hoje na Administração de Sobradinho, acompanhado da consultora do Sebrae, Andrea Magalhães, para tratar da reabertura da Sala do Empreendedor na cidade. A ação, que já listava como objetivo da nova gestão, terá apoio do Sebrae e da Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

No início do encontro o subsecretário aproveitou para elogiar o atendimento rápido das demandas do setor produtivo da cidade por parte da nova gestão. “Venho hoje em nome da Secretaria nos colocarmos à disposição da cidade para atuarmos juntos no fomento ao setor produtivo de Sobradinho, seja minimizando barreiras burocráticas, seja promovendo ações de capacitação”, pontuou Faria.

A consultora do Sebrae informou como se daria o apoio da entidade à Administração: “O Sebrae apoiará todo o processo de instalação e capacitação do agente de desenvolvimento territorial designado pela Administração. Após instalada, a sala será um ponto de referência e encontro para as ações de fomento ao setor produtivo da cidade. ”

O administrador de Sobradinho, Eufrásio Pereira agradeceu a disposição e parceria com as entidades e avaliou: “são novidades assim que movimentam e retomam a vida da cidade”. Eufrásio informou que o lançamento da nova sala, que ainda não tem endereço certo, será no mês de março.

ASCOM – ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SOBRADINHO – 34539117

Por Ana Helena Araújo

O presidente da Agefis, agência que em breve mudará de status e passará a ser chamada DF Legal – Agência de Fiscalização, Georgeano Trigueiro Fernandes, esteve em Sobradinho para uma conversa com membros das organizações de empresários e comerciantes da região. Acompanharam o encontro o presidente o administrador de Sobradinho, Eufrásio Pereira e o administrador de Sobradinho II, Alexandre Yanez.

O objetivo da reunião foi um tira-dúvidas de como fica a questão da regulamentação para os lojistas e ambulantes. O encontro é fruto de uma primeira conversa da Administração de Sobradinho com o grupo, que restou com muitas dúvidas e necessidade de posicionamento do governo sobre a ausência da norma para os lojistas.

Para o representante da associação empresarial de Sobradinho, Márcio Portílio, que abriu a reunião em nome dos empresários, a necessidade de uma norma clara e desburocratizada para o setor é urgente: “os empresários de Sobradinho querem deixar de sentir medo de multas e sanções por parte da Agência. Queremos que seja elaborado pela Agefis em parceria com as administrações aqui da região um checklist do que cada empresa precisa fazer para se adequar às normas e deixar de sofrer constantes sanções”.

“Vamos dar um olhar especial para a desburocratização nesse governo. Não tenham dúvidas de que vocês serão muito bem tratados nesse governo”, externou o administrador de Sobradinho II, Alexandre Yanez.

O administrador de Sobradinho, Eufrásio Pereira, colocou-se mais uma vez a disposição do grupo, ressaltou que é prioridade do governador a questão do apoio imediato e fomento ao setor produtivo, de comércio no DF e que irá revisar licenças e trabalhar junto à Agefis para a emissão de licenças assertivas e que tragam segurança à classe lojista.

 

O presidente da Agefis reafirmou o compromisso do governo com os empresários do DF e frisou que o compromisso da nova agência será de auxiliar nas demandas de regularização de cada empresário. “As cidades são organismos vivos e o comércio o termômetro de cada uma delas”, pontuou Georgeano, que seguiu afirmando que em menos de 50 dias de governo “o GDF já reduziu o grau de burocratização de muitos processos de 200 para 3%” e que muito em breve será fechada a regulamentação da Lei de Ocupação do Solo aprovada em dezembro e que trará mecanismos claros de regulamentação do uso de áreas públicas para lojistas. Georgeano enfatizou ainda que assim que publicada, a regulamentação da lei, as administrações regionais terão um papel fundamental na aplicação caso a caso da nova norma.

Ao final do encontro, ficou acertado que, enquanto a nova regulamentação não é publicada, cada administração fará uma listagem das demandas de cada comerciante, juntamente com a documentação atual de cada um, e encaminhará à Agefis, que marcará atendimentos individuais com cada empresário para estudo da regularização de cada um.

 

ASCOM – ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SOBRADINHO – 34539117

 

Por Ana Helena Araújo

A Administração Regional de Sobradinho recebeu nesta terça-feira, 19, pela manhã a vista do secretário adjunto de cidades do GDF, Gustavo Aires. O objetivo da visita, segundo o secretário foi avaliar o andamento dos trabalhos da administração e conferir de perto às demandas da cidade.

O secretário foi recebido pelo administrador regional Eufrásio Pereira, o chefe de gabinete, Cícero Lima e o major Salviano, do 13º BPM de Sobradinho, que acompanhou o grupo ao longo de toda a visita.

No encontro, o administrador apresentou ao secretário os pontos de atenção prioritários para a comunidade de Sobradinho, como obras de drenagem de água e recapeamento da avenida principal de acesso ao Nova Colina, a questão das ocupações de terra ilegais que permeiam a zona rural da cidade e a necessidade de regulação dos ambulantes. O administrador também aproveitou a oportunidade para pedir a manutenção das instalações da então rodoviária provisória após a reinauguração da rodoviária. “Queremos que a estrutura erguida pelo DF Trans seja mantida e a responsabilidade da área transferida para a Administração para utilizarmos aquela estrutura para instalação de mais postos de serviços públicos pontuais para a comunidade de Sobradinho”, solicitou Eufrásio.

Após uma breve conversa, o grupo saiu para uma visita a alguns dos pontos críticos da cidade como o estacionamento da feira modelo e passagem pelas ocupações irregulares ao longo da rota turística da cidade, a rota do cavalo. O grupo também passou para conferir de perto os trabalhos da força tarefa Administração nas Quadras, da Administração de Sobradinho em parceria com o SLU, para limpeza das ruas residenciais e faixas verdes da cidade.

PONTOS COLOCADOS PELO SECRETÁRIO

Sobre os ambulantes, Gustavo afirmou que o GDF tem o objetivo de formalizá-los em conformidade com a Lei de Uso e Ocupação do Solo aprovada em dezembro que ainda está pendente de regulamentação. “Estamos estudando junto à Agefis para começarmos a organizar esta situação. Vamos precisar muito das Administrações para fecharmos o plano de ocupação estudo de áreas viáveis”, pontuou Aires.

Acerca da concorrência desleal dos ambulantes com os lojistas, o secretário tranquilizou: “Com a regulamentação todos os comerciantes serão obrigados a se registrarem no Simples Nacional e estarão sujeitos a tributações como todos os lojistas”.

Sobre a questão do estacionamento da feira modelo o secretário informou que o GDF irá estudar com urgência uma solução para regularização da área utilizada como estacionamento que hoje é metade pública e metade privada: “Vamos estudar uma forma de melhorar este estacionamento, seja propondo uma permuta com a área privada, seja com a colocação provisória de bloquetes.”

Gustavo Aires afirmou ainda que voltará com frequência à cidade para acompanhar de perto o atendimento das demandas da cidade.

O administrador, Eufrásio Pereira, se disse satisfeito com o encontro: “Com esse acompanhamento de perto conseguimos levar nossas demandas duma forma mais rápida e concreta para o governador, que já nos prometeu e está trabalhando por mais autonomia para as administrações e encurtando processos burocráticos”, avaliou.

 

ASCOM – ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SOBRADINHO – 34539117

Fotos: João Timóteo

 

 

Por Kátia Karina

No último domingo, 17, Sobradinho reuniu mais de 400 moradores no Parque Jequitibás na Caminhada, Corrida e Treino Vip Space promovida pelo Instituto Estevão Reis. Estiveram presente no local o administrador regional Eufrásio Pereira, o secretário de turismo, Estevão Reis, patrocinadores e atletas.


O treino de corrida atraiu atletas de todas as idades e moradores de cidades próximas como Planaltina, que no próximo domingo recebe o evento. Mesmo com o clima úmido e chuvoso os participantes tiveram apoio dos patrocinadores para não desanimarem e ficaram satisfeitos com a organização do evento. Raimundo Nonato, atleta, disse que sentiu realizado com a estrutura oferecida “ Gostei muito de participar e de correr na minha cidade. Já estou ansioso para a próxima corrida.”


Para o secretário de turismo, Estevão Reis, o evento foi uma oportunidade trazer para Sobradinho novos públicos “O treino de hoje foi importante para fortalecer o turismo interno da região”, o secretário também afirmou que haverão outros eventos similares pelas regiões administrativas do DF.


Com duração de quatro horas de evento e com um público animado, o administrador Eufrásio Pereira encerrou agradecendo a todos que participaram e falou sobre o aniversário da cidade “A organização do treino de hoje é uma previa do que estamos preparando para o aniversário de Sobradinho” concluiu.

ASCOM – ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SOBRADINHO – 34539117

 

 

Por Ana Helena Araújo

Na manhã desta sexta-feira, 15, o administrador de Sobradinho, Eufrásio Pereira, recebeu os gestores de alguns dos principais serviços oferecidos à comunidade para um café da manhã na sede da Administração. O objetivo do encontro foi aproximar ainda mais os órgãos e permitir que todos se apresentassem e se conhecessem melhor.   

Participaram do evento, o coordenador da Regional de Ensino da Secretaria de Educação, Marco Aurélio; os delegados da PCDF, Dr. Laercio Alves e Dra. Agatha Braga; o coordenador dos Centros Olímpicos e Espaços Esportivos, Paulo Dubois acompanhado da senhora Lúcia do Centro Olímpico; o gerente do BRB, Valmir Carlos; o gerente da Emater em Sobradinho, João Gabriel Palermo acompanhado do também servidor da Emater, Hélcio Santos; as autoridades da Polícia Militar Tenente Coronel Paulo Cesar e Major Marcos Salviano, e os representantes da Coordenação de Trânsito do Detran que monitora 10 RAs do DF, dentre elas Sobradinho, os senhores Clever Farias, Elbio Media, Walter e Marcos Lopes.

A ideia é que estes encontros do grupo de gestores se repitam e otimizem e desburocratizem cada vez mais ações benéficas e emergenciais para a cidade que envolvam os diferentes órgãos.

ASCOM – ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SOBRADINHO – 34539117

Começa no próximo mês de março o recadastramento de servidores ativos no do Distrito Federal. O recadastramento dos beneficiários (aposentados e pensionistas) começou em janeiro deste ano. A expectativa é de que cerca de 130 mil servidores ativos deverão se recadastrar. A Secretaria de Fazenda, Planejamento, Orçamento e Gestão (Sefp) vai coordenar o trabalho dos servidores ativos. No caso dos inativos, a coordenação é do IPrev.

O recadastramento foi instituído pelo Decreto nº 39.276, republicado no Diário Oficial do Distrito Federal em 9 de agosto, e passou a ser obrigatório desde o último mês de janeiro. A regra se aplica também aos servidores da administração indireta, mesmo quando cedidos a outros entes federativos, afastados ou licenciados.

130 milé o número de servidores ativos que deverão se recadastrar

De acordo com a Portaria nº 543/2018, o recadastramento será feito por meio do módulo “Recadastramento” no Sistema Único de Gestão de Recursos Humanos – SIGRH, ou outro sistema que vier lhe substituir, no site www.seplag.df.gov.br/recadastramento.

Ativos

Para os ativos, comissionados e temporários (vinculados a empresas públicas), a renovação deverá ocorrer no mês do respectivo aniversário. A previsão é que o procedimento dure menos de 5 minutos. A norma valerá, também, para o servidor sem vínculo (comissionados) ou com acúmulo de cargo, emprego ou função pública (temporários), em cada um dos órgãos onde estiver lotado.

Não participam do recadastramento (porque recebem por outra fonte de pagamento) os integrantes das forças de segurança que recebem pela União por meio do Fundo Constitucional – exceto aqueles que estejam inscritos no sistema SIGRHNET – nem os empregados de empresas públicas não dependentes: Agência de Desenvolvimento do DF (Terracap), Banco de Brasília (BRB), Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) e Companhia Energética de Brasília (CEB).

Quem não providenciar a retificação – ou ratificação – dos dados pessoais no prazo regular (anualmente, no mês do respectivo aniversário) poderá sofrer processo administrativo e apuração por eventual responsabilidade.

Fruto de orientação do Tribunal de Contas do DF, o recadastramento visa melhorar a gestão de pessoas e o planejamento de despesas de pessoal — o último ocorreu em 2011.

Inativos

A Portaria nº 199/2018 estabeleceu os procedimentos para o recadastramento e a prova de vida dos servidores aposentados e pensionistas da Administração Direta, Autárquica e Fundacional do DF. Para os beneficiários, além da atualização dos dados, deverá ser feita a prova de vida – declaração presencial, e quem coordenará esses trabalhos será o Iprev/DF.

No dia 2 de janeiro passado, foi iniciado o recadastramento para os servidores aposentados e pensionistas, que deverão fazer o recadastramento e prova de vida no mês de aniversário. No dia 4 de dezembro, o Iprev publicou no Diário Oficial o edital nº 01/2018 de convocação dos servidores que deveriam realizar o recadastramento no mês de janeiro. A lista completa com os nomes dos servidores pode ser encontrada no endereço www.iprev.df.gov.br/censo.

O recadastramento e a prova de vida presencial deverão ser feitos nas agências do BRB e os atendimentos ocorrem de segunda a sexta-feira no horário de expediente bancário: das 11h às 16h. A relação das agências com endereço completo também está disponível no site.

Em um levantamento referente ao mês de janeiro, estimou-se que cerca de 4.900 aposentados e pensionistas deveriam ter feito o recadastramento. Foram contabilizados, porém, 2.203 atendimentos nas agências do BRB, e foram recebidas apenas 69 cartas referente àqueles que se encontram fora do DF, número bem abaixo do estimado.

Já em relação a fevereiro passado, o último levantamento, feito no dia 13/02, apontou que dos 4.555 beneficiários aniversariantes do mês, só 899 haviam realizado o recadastramento e prova de vida. Espera-se que aproximadamente 60 mil beneficiários realizem o recadastramento até o final de 2019. Quem não fizer a prova de vida sem justificativa dentro do prazo legal, poderá ter o pagamento do benefício suspenso.

Beneficiários

Os beneficiários com dificuldades para comparecer ou se locomover, mediante comprovação por meio de atestado médico, e maiores de 90 anos poderão requerer visita in loco de servidor do Instituto para fazer o recadastramento. O pedido deverá ser enviado para o e-mail agendamento@iprev.df.gov.br com nome do aposentado ou pensionista, nº do CPF, telefone, endereço completo e pontos de referência. Ainda neste ano, o agendamento estará disponível pelo App Na Hora DF, que funcionará nas plataformas Android e iOS.

O servidor designado pelo Iprev para fazer a visita deverá apresentar ao solicitante documento de identidade e credencial do instituto. Terminado o processo, será entregue ao beneficiário o comprovante da realização do recadastramento e da prova de vida. Caso o beneficiário esteja fora do DF e da Região Integrada de Desenvolvimento do DF (Ride), terá de enviar, por correspondência, a documentação autenticada além de uma declaração de vida emitida em cartório (se morar no Brasil) ou em órgão de representação diplomática ou consular brasileiro (se residir em outro país).

Pensionistas e aposentados impedidos de fazer o recadastramento e a prova de vida por cumprir sentença de reclusão devem encaminhar a documentação ao Iprev acompanhada de atestado ou declaração de permanência carcerária expedido pela instituição em que estiverem retidos. Se o beneficiário estiver internado em unidades hospitalares durante o período de recadastramento, terá o prazo postergado por 30 dias após receber alta. Nesses casos, precisam acrescentar à documentação exigida a declaração médica que ateste a internação na data.

Em casos de aposentados incapazes ou pensionistas menores de idade, é obrigatório que estejam acompanhados de representantes legais e de servidores do Conselho Tutelar ou do Ministério Público (para os menores de 18 anos). Além da documentação dos beneficiários, os tutores, guardiões e curadores devem apresentar documento original de tutela, termo de guarda ou curatela; e identidade original do representante legal.

Tira Dúvidas:

O recadastramento é obrigatório? 

Sim, segundo o Decreto nº 39.276, de 6 de agosto de 2018, todos os servidores públicos do DF aposentados e pensionistas devem se recadastrar. Além disso, a legislação federal (Lei Federal 9.717/99 e a Lei 10.887/04) também prevê a obrigatoriedade desse procedimento.

Como fazer?

Servidores aposentados ou pensionistas deverão fazer recadastramento e prova de vida presencial nas agências do BRB, no mês do aniversário. A atualização de dados será continua e deverá ocorrer todos os anos. Caso o beneficiário se encontre incapacitado para comparecer ou se locomover até ao local designado, poderá ser representado por um procurador legal, que deverá comparecer para agendar uma visita in loco ao inativo. O recadastramento para servidores aposentados e pensionistas será coordenado pelo Instituto de Previdência dos servidores Públicos do DF (Iprev/DF).

Quando devo fazer? 

Todos os anos no mês do seu aniversário.

O que preciso levar?

Aposentados:

Documentos obrigatórios:

– Documento de identificação com foto (Carteira de Identidade ou Carteira de Habilitação ou Carteira Profissional com validade em todo o território nacional e emitida por órgão de regulamentação profissional);

– CPF;

– Comprovante de residência atualizado nos últimos três meses (conta de água, luz ou telefone), ou na falta deste, declaração de residência;

– Pasep/PIS/NIT;

Desejáveis

– Título de eleitor;

– Ato de concessão e publicação da aposentadoria;

– CPF e Certidão de nascimento dos dependentes;

– Certidão de casamento.

Dependentes:

Documentos obrigatórios:

– Documento de identificação com foto (se houver), ou Certidão de Nascimento;

– CPF;

– Termo de Curatela ou Interdição, no caso de inválido.

Desejáveis:

– Laudo médico atestando incapacidade definitiva, no caso de maior inválido.

 Pensionistas:

Documentos obrigatórios:

– Documento de identificação com foto (Carteira de identidade ou Carteira de Habilitação ou Carteira Profissional com validade em todo o território nacional e emitida por órgão de regulamentação profissional);

– CPF;

– Comprovante de residência (conta de água, luz ou telefone – de um dos últimos 3 meses) ou na falta deste, declaração de residência;

Documentos desejáveis:

– Certidão de casamento e/ou nascimento;

– Certidão de óbito do instituidor da pensão;

– Número do CPF do instituidor da pensão.

E se eu não estiver no DF? 

Além dos documentos obrigatórios, é necessária uma declaração de vida emitida por cartório ou, estando no exterior, declaração oficial emitida por consulado ou embaixada brasileira no país em que se encontram. Essa regra é válida para aqueles que residem fora do DF ou que estarão fora do DF, por mais de 30 dias no período do seu recadastramento.

 

FONTE: AGÊNCIA BRASÍLIA

Hoje, 14, o administrador Eufrásio Pereira se reuniu com um grupo de contadores e empresários na Administração Regional de Sobradinho para um bate-papo sobre certificação digital. Presidiram a mesa do evento: o deputado distrital João Cardoso, o presidente do movimento empresarial Líderes do Brasil Luiz Felipe Daher, e o vice-presidente executivo do Líderes do Brasil e presidente da AMPES Virgílio Borges.

A pauta da manhã foi a ampliação da obrigatoriedade do uso da certificação digital pelas empresas em 2019 por conta, entre outros motivos, da obrigatoriedade do certificado para uso do sistema E-Social.

O mediador do encontro, Virgílio Borges, ressaltou que a partir deste ano a ampliação da obrigatoriedade do certificado se estenderá a produtores rurais e até aos microempreendedores individuais. “Inclusive o nosso ministro da Economia, Paulo Guedes anunciou a intenção do governo de criação do Documento Único Digital, via certificação digital que irá convergir em um único código o passaporte, carteira de trabalho, CPF, entre outros documentos, o que contribuirá para o processo de desburocratização do país e permitirá ao cidadão realizar procedimentos, hoje burocráticos, todos pelo celular”, explanou Borges.

Em conversa com o grupo, o administrador regional de Sobradinho, Eufrásio Pereira falou sobre as dificuldades da categoria por ele identificadas no seu cotidiano: “Existe ainda muita dúvida e demora para procedimentos simples como preenchimento da declaração do imposto de renda, por exemplo, e tudo por causa de sistemas instáveis que não conversam entre si”, pontuou o administrador que também aproveitou a ocasião para falar sobre empreendedorismo: “Para vocês esta transição tecnológica que estamos vivendo é uma oportunidade de entrar no mercado de trabalho e gerarmos emprego para nossa cidade”.

O presidente do grupo, Luiz Felipe ressaltou a importância do bate-papo “O evento ofereceu a oportunidade dos empresários e contadores conhecerem o novo administrador de Sobradinho e a possibilidade de mostrarem a utilidade e ampliação do uso da certificação digital”.

Ao final do encontro os contadores e convidados tiraram suas dúvidas com os presidentes da mesa e solicitaram demandas ao administrador e ao deputado distrital como o levantamento de um projeto antigo do Pró-DF de ampliar o setor de expansão em mais 400 lotes comerciais para sala e escritórios.

ASCOM – ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SOBRADINHO – 34539117

Entre dias 21 e 24 de fevereiro, 36 atletas da categoria de base da Escolinha de Futebol do Laerte representarão nossa cidade no Torneio Intercup de Futsal, em Anápolis, organizado pela Federação Goiana de Futsal.

Participarão do evento times de outros estados e serão premiados com troféus e medalhas os dois primeiros colocados, a defesa menos vazada e o melhor artilheiro da competição.

Para o treinador, Laerte Timóteo, são competições como essa que auxiliam na profissionalização dos atletas das categorias de base. “Batalhamos sempre para participarmos de torneios como esse, pois o que para nós pode ser só mais uma experiência, para alguns destes meninos pode representar uma grande oportunidade, até porque amplia a visibilidade dos nossos atletas”.

Para o zagueiro do time, João Lucas, de 13 anos que treina há mais de 8 anos com a equipe, as perspectivas para o torneio são altas: “A minha expectativa é muito boa, nosso time é bom e estamos bem preparados, não temos medo”.

A Escolinha de Futebol do Laerte é um projeto gratuito que existe na cidade desde 1995, que hoje conta com o patrocínio da Corretora de Seguros do BRB e apoio da Administração Regional de Sobradinho. A Escolinha recebe e treina crianças e adolescentes entre 4 e 15 anos todas as terças e quintas no Ginásio de Esportes de Sobradinho, às quartas no módulo esportivo da quadra 6 e aos sábados na quadra 1 de Sobradinho.

 

INFORMAÇÕES: Prof. Laerte – 61 98348 9264

Nesta manhã, agentes da Agefis, juntamente com integrantes do 13º BPM, da Novacap e da Administração Regional de Sobradinho, promoveram uma operação de rescaldo para derrubada de 5 barracões remanescentes às margens da BR 020, em frente ao Condomínio Alto da Boa Vista, em Sobradinho. A operação é um complemento da última ocorrida no dia 31 de janeiro que derrubou mais de 20 barracões da ocupação irregular que denominava “Dorotizinho”.

A representante dos moradores, Edna, chegou a entrar com pedido cautelar na Defensoria Pública no dia 11 de fevereiro, posteriormente ao início da ação da Agefis o que permitiu a continuidade do processo de desocupação da área.  

O auditor gerente de obras da Agefis, Poty Carvalho Lima afirma que as ocupações irregulares em todo o DF são monitoradas por equipes da Agefis diariamente por meio de câmeras de segurança e drones e que o GDF dispõe hoje de 4 equipes de 3 pessoas cada para coordenar estas ações de derrubadas ilegais em todo o DF.

 

ASCOM – ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SOBRADINHO – 34539117

O Senac está com seis opções de cursos com matrículas abertas na unidade de Sobradinho. A matrícula deve ser realizada na Central de Atendimento da unidade, de segunda a sexta-feira. Os documentos necessários para matrícula são RG, CPF, comprovante de escolaridade e comprovante dos requisitos do curso escolhido. A unidade está localizada na Área Especial 5, Quadra 4, conj. E, Sobradinho I. Para mais informações sobre esse curso e outros oferecidos pela unidade, clique aqui, ou ligue no Tele Senac: (61) 3313-8877.

 

 

 

 

 

 

Confira as oportunidades abaixo:

 

Assistente Administrativo

Início: 11 de fevereiro, das 8h às 11h35

Requisitos: mínimo 15 anos e ensino médio incompleto

Investimento: cartão de crédito em até 12x de R$ 40,66 ou boleto em até 2x de R$ 244. Valor total: R$ 488

 

Design de Sobrancelhas

Início: 11 de fevereiro, das 14h às 17h35

Requisitos: mínimo 16 anos, ensino fundamental completo e conhecimentos em depilação.

Investimento: cartão de crédito em até 4x de R$ 42,60 ou boleto em parcela única de R$ 170,4 (valor com desconto de 20%)

 

Excel Básico e Avançado

Início: 11 de fevereiro, das 19h às 22h30

Requisitos: mínimo 16 anos, ensino fundamental II incompleto e conhecimentos de informática.

Investimento: cartão de crédito em até 4x de R$ 60 ou boleto em parcela única de R$ 240.

 

Faturamento de Serviços de Saúde

Início: 11 de fevereiro, das 19h às 22h30

Requisitos: mínimo 18 anos, ensino fundamental completo e conhecimentos básicos de informática

Investimento: cartão de crédito em até 4x de R$ 79,50 ou boleto em parcela única de R$ 318

 

Maquiagem Social

Início: 11 de fevereiro, das 8h às 11h35

Requisitos: mínimo 16 anos, ensino fundamental incompleto e ser maquiador ou profissional da área de beleza

Investimento: cartão de crédito em até 4x de R$ 87 ou boleto em parcela única de R$ 348

 

Recepção em Serviços de Saúde

Início: 11 de fevereiro, das 8h às 11h35

Requisitos: mínimo 18 anos, ensino médio completo, e é desejável conhecimento de informática

Investimento: cartão de crédito em até 4x de R$ 44,75 ou boleto em parcela única de R$ 179.

 

POR FABÍOLA SOUZA/FECOMÉRCIO

Conheça e utilize os serviços da Ouvidoria da Administração Regional de Sobradinho

 

Criada por meio de Decreto em 2012, a Ouvidoria da Administração Regional de Sobradinho é o melhor caminho para o atendimento das demandas apresentadas pelos contribuintes de nossa cidade. Isto porque, ao registrar sua solicitação, elogio, sugestão, pedido de informação solicitação reclamação ou denúncia através dos nossos canais da Ouvidoria, além da manifestação do cidadão ficar registrada como dado estatístico na base de dados do GDF, a equipe da Ouvidoria tem um prazo determinado por lei para dar retorno às demandas enviadas pelos cidadãos com a geração de um número de protocolo de acompanhamento do registro feito.

Para registrar uma solicitação, elogio, sugestão, pedido de informação solicitação reclamação ou denúncia junto à Administração Regional de Sobradinho, o cidadão pode comparecer presencialmente à sala 10 da sede da Administração Regional de Sobradinho, de segunda a sexta das 8 às 12h e das 14 às 18h; ou via telefone pelo número 162 ou ainda pelo site: www.ouv.df.gov.br.

A servidora e chefe da Ouvidoria, Ana Maria Melo, conta que a equipe atende em média de 8 a 12 contribuintes presencialmente por dia, fora as demandas oriundas do registro telefônico e web. Após isso, as demandas são repassadas aos setores responsáveis pelo atendimento e via sistema a Ouvidoria tem um prazo, para os casos que não forem de denúncia, de até 10 dias para uma resposta preliminar e 20 dias, podendo ser prorrogado por mais 20 dias no caso de atendimento de deúncias, para uma resposta definitiva para retorno com o andamento da solicitação.

Ana Maria frisa ainda que é muito importante que o cidadão dê o feedback na pesquisa de satisfação no site da Ouvidoria após o retorno da solicitação. Isto porque todas as informações servem como dados estatísticos às secretarias e ao próprio gabinete do GDF. “Na era da informação como vivemos hoje, tudo serve de base para levantamentos estatísticos e as demandas que recebemos na Ouvidoria servem de base para várias decisões do governo, bem como a mensuração dos atendimentos concluídos e dos que seguem pendentes”, explica a Ouvidora.

O administrador regional de Sobradinho, Eufrásio Pereira, reitera a importância do registro das demandas pela Ouvidoria “É muito importante o registro para que o GDF e suas secretarias vejam as demandas que temos em nossa cidade e disponibilizem os recursos necessários para melhor as atendermos”.  

———————-

SERVIÇO:

OUVIDORIA DA ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SOBRADINHO

Atendimento Presencial:

De segunda a sexta das 8h às 12h e das 14h às 18h End: Quadra Central, Setor Administrativo, Lote A, Sala 10 | Sobradinho DF

Atendimento telefônico – 162:

De segunda a sexta das 7h às 21h Sábado, domingo e feriados das 8h às 18h *Ligação gratuita para telefone fixo e celular.

 

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros