16 de setembro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
7/08/17 às 8h59 - Atualizado em 7/08/17 às 8h59

BIENAL DE ARTE URBANA DE TONINHO DE SOUZA

COMPARTILHAR

BIENAL DE ARTE URBANA DE TONINHO DE SOUZA 2017

O renomado artista brasileiro Toninho de Souza, lança sua primeira Bienal de Arte Urbana nas ruas, galerias e museus da região norte da Capital Brasileira em homenagem aos 57 anos de Sobradinho e 60 anos de Brasília. A Bienal vai ter início em 23 de junho e encerra em 31 de dezembro de 2017. 

Realizar uma Bienal não é novidade para este baiano que chegou em Brasilia com 6 anos de idade, já rabiscando sacos de cimento vazio da parede da Cantina de sua mãe no canteiro de obras da construção de Brasilia em 1958. Seus pais que moravam na Vila Amauri, inundada pelo Lago Paranoá, foram transferidos para Sobradinho em fevereiro de 1960.

Foi em Sobradinho, em 1969, que Toninho de Souza realizou sua primeira mostra pública com pinturas de guache sobre cartão em uma coletiva de artes visuais no Ginásio de Sobradinho que fica na Quadra 4. Mas, sua fama começou em 1981, quando ficou conhecido como pintor das "Melancias" quando criou a linguagem artistica da "Melanciacultura" depois de receber o primeiro prêmio de um Salão de Artes Visuais da Capital brasileira no início da década de 80 e levar suas melancias para vários estados brasileiros e também para o México, França, Inglaterra e Iraque.

Porém, a comunidade de sua cidade só veio conhecer o artista, depois que uma ideia de sua criação foram transformadas em Arte Urbana nas Paradas de ônibus de Sobradinho em 1991 envolvendo inicialmente oito artistas da cidade.  Quem acompanhava a trajetória deste artista inquieto, sabia que ele não tinha limites para produzir suas obras de artes que se encontrava espalhada por mais de vinte países do planeta, mas, um de seus objetivos era de levar a arte aonde o povo está… nas ruas da cidade.  Um ano antes do projeto das paradas de ônibus que se espalhou por todo DF, o artista já tinha realizado a pintura de um mural de 294 metros quadrados  em um tapume de obras no centro da Capital Brasileira em janeiro de 1990, além de vários muros de escolas, clubes sociais e praças públicas de Taguatinga.

Toninho de Souza é um dos precursores da Arte Urbana no DF. Na década de 80, a sua experiencia com divulgação jornalística começou em 1988, utilizando o muro externo e o telhado de sua residencia na Quadra 8 de Sobradinho com suas exuberantes araras, tucanos e melancias. Quem conhece, ou já subiu na intervenção urbana da "Melancia de Pedra" ao lado do Tribunal Eleitoral de Sobradinho produzida por este artista? Ou recentemente, em 2016,  produziu 50 metros de Arte Urbana para registrar o maior mural da história da Construção de Brasilia que está aberto à visitação pública no CONIC?

Este artista baiano, candango não se limita à Arte Urbana, é um premiadíssimo artista dos principais salões de artes do Brasil, com sua arte do Melantucanarismo, ganhou um prêmio de Viagem à Europa, em um concurso no Rio de Janeiro, visitando dez países Europeus. O Melantucanarismo é uma linguagem artistica essencialmente brasileira  lançada em uma Bienal de Arte Contemporânea no DF em 1993, cujas obras se encontram em acervos de museus, fundações, residencias de governadores, embaixadores, adidos culturais,  diplomatas, empresários brasileiros e internacionais que colecionam sua obra e também está disponíveis em seu atelier aberto ao público.  

Na atualidade, Toninho de Souza é objeto de estudo em diversas escolas, faculdades e universidades  públicas e privadas de todo país, defende a Arte Pós Contemporânea de sua criação, lançada em  janeiro de  2016, no Espaço Chatô, cujas imagens virtuais se encontram no Museu Nacional de Arte Pós Contemporânea – MNAPC. As primeiras pesquisas começaram vinte anos atras. Com esta categoria de arte digital,  o artista foi convidado para representar o Brasil na Bienal Internacional de Arte Contemporânea de Chapingo, no México em 2008 e faz parte da Evolução das Artes Visuais, de Eduardo Becker.

O artista possui na internet um site www.toninhodesouza.org.br  e  um Blog do Toninho de Souza – Um artista universal para divulgar sua trajetória nacional e internacional.  Para quem deseja conhecer ou colecionar suas obras, ele mantem um atelier aberto na Quadra 8 de Sobradinho, ou pode visitar um ponto de venda no Setor Hoteleiro Norte, na SQUARE, no  Hotel Athos Bulcão.

A Bienal de Arte Urbana de Toninho de Souza 2017, será composta de pinturas, realizadas em muros, prédios, lojas, paradas de ônibus na região norte do DF.

Quem tiver interesse em participar voluntariamente da Bienal deverá manifestar através do e-mail disponível no Blog do Artista para obter as informações necessárias à participação.

A BIENAL DE ARTE URBANA DE TONINHO DE SOUZA 2017, será composta também de duas exposições internas, sendo uma na Galeria Vincent Van Gogh de Sobradinho que será aberta ao público do dia 23 de junho à 31 de agosto  de 2017 e também no Museu Histórico de Planaltina com data a ser divulgada posteriormente.

TONINHO DE SOUZA é um museu vivo da arte brasileira que pode ser  visitado virtualmente de qualquer parte do universo através da Internet ou conhecendo suas obras em museus, galerias e vias urbanas do DF.

 

Fonte: Andrea Pires e Antonio Alves

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros